Exclusivo!

2º dia da 1ª Fecultarte teve dança, vídeo e teatro

A 2ª noite da 1ª Fecultarte foi dominada pela dança e pelo teatro (foto: Landisvalth Lima) O Colégio Estadual José Dantas de Souza – C...

Novidade

sábado, 23 de setembro de 2017

Cheio de Arte: A nova Califórnia

Cheio de Arte: A nova Califórnia. Clique aqui e veja  o vídeo produzido pelos alunos do 1º A do CEJDS sobre o conto homônimo de Lima Barreto, exibido na 1ª FECULTARTE.

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

2º dia da 1ª Fecultarte teve dança, vídeo e teatro

A 2ª noite da 1ª Fecultarte foi dominada pela dança e pelo teatro (foto: Landisvalth Lima)
O Colégio Estadual José Dantas de Souza – CEJDS – da cidade de Heliópolis-Ba, realiza a sua 1ª Fecultarte – Feira de Cultura, Ciência, Arte e Tecnologia. Nesta quinta-feira (21) foram exibidos vídeos das disciplinas de LPLB, Espanhol e Teatro. Pela manhã e pela tarde foram exibidos os trabalhos dos alunos para avaliação em Língua Portuguesa e Literatura Brasileira – LPLB. Alunos do 3º ano A matutino exibiram uma reportagem sobre Drogas e ostracismo na vida da juventude de Heliópolis. Ainda como reportagem, os alunos do 2º ano apresentaram trabalho sobre a Evasão escolar. Também foram feitas adaptações para o cinema. O conto A nova Califórnia, de Lima Barreto, foi uma concepção dos alunos do 1º ano A. O 3º ano A adaptou Clara dos Anjos, também de Lima Barreto, e os alunos do 2ª ano filmaram Memórias de um Sargento de Milícias, de Manuel Antônio de Almeida, e O Seminarista, de Bernardo Guimarães. 
No horário noturno foram apresentadas as produções de dança e teatro. O 2º ano adaptou o romance Dom Casmurro, de Machado de Assis. Na dança, apresentaram Ritmos urbanos. O 1º ano A fez um espetáculo dançante em torno da Tropicália. A noite foi encerrada com a apresentação de uma espécie de estrogonofe de ritmos patrocinados pelo 3º ano A, que foi do tango ao forró. As apresentações foram encerradas somente às 23 horas e valiam como nota da disciplina de LPLB da 2ª unidade. O professor Landisvalth destacou muitos talentos entre os alunos e disse que, além de profissionais das áreas mais cobiçadas, o CEJDS poderá revelar atores, atrizes, jornalistas, poetas e professores da área de humanas. E afirma que este ano, apesar de tantos problemas de última hora, os alunos, em sua maioria esmagadora, pisaram nas dificuldades e sempre encontravam uma solução criativa. “É como no teatro. Sempre dá certo e ninguém sabe por quê. É um mistério!”, finalizou.
Para ver mais fotos do evento, dê um clique AQUI.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

1ª Fecultarte leva bom público ao CEJDS

A farsa de Inês Pereira encerrou o primeiro dia da 1ª Fecultarte do CEJDS (foto: Landisvalth Lima)
O Colégio Estadual José Dantas de Souza – CEJDS – da cidade de Heliópolis-Ba, realiza a sua 1ª Fecultarte – Feira de Cultura, Ciência, Arte e Tecnologia. Nesta quarta-feira (20) foram feitas as exposições em torno do tema Heliópolis e seus periféricos. As salas trataram de petróleo, literatura, música, comunicação, alimentação, biomas, economia, meio ambiente, esporte, história, gastronomia e outros diversos temas relacionados direta ou indiretamente ao município.
Além disso, a 1ª Fecultarte recebeu o apoio dos trabalhos do ECCA, evento de Língua e Literatura, e o Transformaê, realização da Secretaria Estadual de Educação. Foram exibidos durante o dia vários vídeos sobre temas da atualidade, exemplo foi a questão do preconceito. Também foram feitas adaptações de clássicos das literaturas brasileira e Portuguesa, caso de O Seminarista, de Bernardo Guimarães, A nova Califórnia, de Lima Barreto, bem como vários clips relacionados, por exemplo, à disciplina de Espanhol.
O encerramento do primeiro dia se deu às 20 horas, com a exibição da peça teatral A farsa de Inês Pereira, de Gil Vicente, montada pelos alunos do 1º A do turno matutino. O evento segue nesta quinta-feira (21), com a exibição de novos vídeos e outros eventos. Pela noite estão previstas duas apresentações de dança e mais uma peça de teatro. O evento contou com a presença de várias escolas da cidade e também de alunos e professores do Colégio Estadual Professor João de Oliveira, de Poço Verde-Se.

Para ver mais fotos do evento, dê um clique AQUI.

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Garota é filmada sendo espancada

Garota foi espancada em Eunápolis (foto: reprodução)
Estamos doentes seriamente. Não é comum vermos cenas como a que mostra o vídeo do Canal 64, onde uma jovem está sendo espancada por outros igualmente jovens. O portal Bahia Notícias divulgou hoje que os policiais de Eunápolis, na Costa do Descobrimento, procuram um grupo de jovens acusados de espancar uma jovem. As cenas de selvageria foram filmadas por um comparsa dos agressores em um sítio, no bairro Alecrim. Segundo a Polícia, via Radar 64, a suspeita é que os agressores, e a vítima, são de uma das facções do tráfico de drogas da região. Não se sabe o que motivou o espancamento da jovem. No começo da gravação, dois homens desferem socos e chutes na garota. Depois, eles usam pedaços de pau para espancá-la. Dois outros acusados assistem ao espancamento, um incentivando as agressões e outro filmando a tortura com um celular.  A Polícia informou que qualquer informação sobre os acusados pode ser repassada, sem necessidade de identificação, para o número (9090 73) 98196-3666. Ainda segundo o site, a jovem teve diversos ferimentos, mas não corre risco de morte. O vídeo foi retirado do YouTube e a política já tem pistas dos nomes dos espancadores. Lamentável é saber o fato de que quanto mais descem a ladeira os índices negativos da nossa educação, mais sobem os índices de violência entre os jovens provocados pelo uso e comercialização das drogas.

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Resumo de Lula em depoimento: Ataques a Palocci, MP e Globo

Estiagem em 173 municípios da Bahia. E Heliópolis?

O açude de Heliópolis secou, mas já está bem cheio. (foto: Landisvalth Lima)
O Diário Oficial do Estado da Bahia publicou nesta quinta-feira (14) uma lista de municípios em situação de emergência por estiagem com decreto reconhecido pelo governo estadual. O total é de 173 cidades. Até aí, nada demais. Todos nós sabemos que a época é realmente de lamúria para vários municípios baianos. O lago de Sobradinho, por exemplo, está com menos de 6% de sua capacidade e a vazão foi reduzida para 550 m3. A surpresa é ver o nome de Heliópolis e outros municípios de nossa região. Todos sabem muito bem que nosso inverno foi muito chuvoso e nunca tivemos um mês de setembro com tanta chuva e frio. Se ampliarmos a região, o município que menos choveu na primeira semana de setembro foi Uauá, com 18,8 mm3, segundo dados do Inema. Jeremoabo alcançou índices de 68,8 e Olindina, que não está na relação, chegou a históricos 75 mm.
É de se estranhar, portanto, o nome de várias cidades desta região na lista. Ou é incompetência dos responsáveis pelo setor ou a velha e imortal politicagem, os conhecidos afagos do governo para conquistar prefeitos. Mais estranho ainda é saber que há outras necessidades urgentes para estes municípios, que vão desde recuperação de estradas até melhoria de escolas, e clamam por recursos do governo. O tempo passa e as velhas práticas típicas da era dos coronéis continuam vivas na nossa velha e querida Bahia de Todos os Santos. Segue abaixo a lista dos municípios que, conforme o decreto, terão todos os órgãos estaduais participantes de ações com o objetivo de buscar soluções para restabelecer a normalidade e preservar o bem-estar da população. 
São eles: Abaíra, Abaré, Adustina, América Dourada, Andaraí, Anguera, Antas, Antonio Gonçalves, Aracatu, Araci, Barra do Mendes, Biritinga, Boa Nova, Bom Jesus da Lapa, Bom Jesus da Serra, Boninal, Boquira, Botuporã, Brejões, Brotas de Macaúbas, Brumado, Caetanos, Caém, Cafarnaum, Caldeirão Grande, Campo Alegre de Lourdes, Campo Formoso, Canarana, Candeal, Cândido Sales, Cansanção, Capim Grosso, Caraíbas, Carinhanha, Casa Nova, Castro Alves, Caturama, Central, Cícero Dantas, Cipó, Conceição do Coité, Condeúba, Contendas do Sincorá, Cordeiros, Coribe, Encruzilhada, Érico Cardoso, Euclides da Cunha, Fátima, Filadélfia, Feira de Santana, Gavião, Gentio do Ouro, Glória, Guajeru e Guanambi, Heliópolis, Iaçu,, Ibiassucê, Ibicoara, Ibipeba, Ibiquera, Ibirapuã, Ibitiara, Ibititá, Igaporã, Ipecaetá, Ipirá, Ipupiara, Irajuba, Iramaia, Iraquara, Irecê, Itaberaba, Itaguaçu da Bahia, Itaquara, Itarantim, Itatim, Itiruçu, Ituaçu, Iuiú, Jacaraci, Jacobina, Jaguaquara, Jeremoabo, Juazeiro, Jussara, Jussiape, Lafaiete Coutinho, Lagoa Real, Lajedinho, Lamarão, Licínio de Almeida, Livramento de Nossa Senhora, Macajuba, Macaúbas, Mairi, Malhada de Pedras, Malhada, Mansidão, Marcionílio Souza, Miguel Calmon, Milagres, Mirangaba, Mirante, Morpará, Morro do Chapéu, Mortugaba, Mucugê, Mulungu do Morro, Mundo Novo, Muquém do São Francisco, Nova Fátima, Nova Itarana, Nova Redenção, Nova Soure, Novo Horizonte, Novo Triunfo, Oliveira dos Brejinhos, Ourolândia, Palmas de Monte Alto, Palmeiras, Paramirim, Pedro Alexandre, Piatã, Pilão Arcado, Pindaí, Pindobaçu, Pintadas, Piripá, Planalto, Poções, Ponto Novo, Presidente Dutra, Quijingue, Quixabeira, Rafael Jambeiro, Retirolândia, Rio de Contas, Rio do Antônio, Rio do Pires, Rodelas, Santa Bárbara, Santa Brígida, Santa Inês, Santaluz, Santanópolis, São Félix do Coribe, São Gabriel, Sao José do Jacuípe, Saúde, Seabra, Sebastião Laranjeiras, Senhor do Bonfim, Sento Sé, Serra Preta, Serrolândia, Sítio do Quinto, Sobradinho, Souto Soares, Tanque Novo, Tanquinho, Tremedal, Tucano, Uibaí, Umburanas, Urandi, Valente, Várzea da Roça, Várzea do Poço, Várzea Nova, Wagner e Xique-Xique.

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Da teimosia como doença

                                        Landisvalth Lima
A teimosia pode virar uma doença crônica
Hoje, após uma audiência de um processo movido pelo vereador Giomar Evangelista contra mim, percebi que há certas coisas que não têm cura. Uma delas é a teimosia. Ela é uma doença, que uma vez instalada nas profundezas de um ser, é devastadora. Pode ter consequências inimagináveis. Não é exagero dizer que, em casos extremos, ela pode ser fatal. A teimosia é tão forte que a sua única cura é ela mesma. Isso me fez ver que só Giomar curará o próprio Giomar. Trata-se de um ser único. Espécie rara na face da terra.
O processo que ele moveu contra mim alega que eu cometi injúria, calúnia e difamação em uma postagem aqui publicada no Landisvalth Blog, em 20 de julho de 2017. Para que o leitor tenha ideia do que estou falando, ou não se lembre da postagem, dê um clique AQUI. Na verdade, foram duas postagens. Para ler a outra, dê um clique AQUI.
Isso mesmo. O vereador Ronaldo Santana (PSL) e a vereadora Ana Dalva (REDE) entraram com duas denúncias contra o vereador Giomar Evangelista (PTB). Alegaram fatiamento de compras para evitar licitação, também contratação de empresas da cidade de Itabuna e pagamentos irregulares. Os processos foram protocolados no Ministério Público da Bahia e no TCM – Tribunal de Contas dos Municípios. Um deles já tem decisão no TCM e ele vai ter que pagar multa de 1 mil reais. Saiu barato. Os do MP ainda aguardam julgamento. Como ele não pode fazer nada contra os colegas, encontrou um jeito de promover sua teimosa vingançazinha: processou a mim.
Antes de mais nada, estou consciente que só noticiei o que estavam nos respectivos processos. Está claro que tal notícia é negativa para sua carreira política. Se é assim, caberia a Giomar, se realmente quisesse mostrar que ele estava sendo vítima de uma falsa notícia, ou uma notícia fabricada, exigir o seu direito de resposta. Logo em julho de 2016, entrou com um processo para contra o Landisvalth Blog e contra a vereadora Ana Dalva e exigiu a retirada da postagem e o pagamento de multa eleitoral num período em que ainda nem mesmo havia sido deflagrada a campanha política. Foi arquivado.
Achando que as leis foram feitas para satisfazer suas vontades, o atrapalhado vereador entrou com processo crime contra mim, defendendo minha prisão, numa peça jurídica que pareceu ter sido coisa feita por estudante no primeiro semestre de Direito. Se achando mais inteligente que todo o resto do mundo, o boquirroto vereador usa o processo judicial como forma de encurralar aqueles que ele tem por adversário. É o mesmo Giomar que mudou um trecho do Regimento Interno da Câmara Municipal para justificar o não pagamento constitucional da vereadora Ana Dalva e ainda usou isso como argumento. Também é o mesmo que não seguiu a determinação do juiz da Comarca de Cícero Dantas e desafiou o TCM. Saiu da Câmara Municipal sem pagar a mesma vereadora e sente orgulho ímpar do que fez.
A teimosia do nosso personagem infeliz marcou presença também na audiência. O juiz foi o dr. José Brandão, de reputação inatacável. Um juiz no sentido detalhista da palavra. Explicou o magistrado que aquilo poderia acabar ali mesmo. Sugeriu retratação, pagar cesta básica, direito de resposta. Eu, com todo respeito ao dr. José Brandão, não aceitei retratação ou pagar cestas básicas porque tinha a consciência de que não cometi crime algum, mas daria espaço para que o vereador pudesse se defender das acusações. Estão achando que eu fui teimoso? Giomar não aceitou nada, mesmo diante de argumentos calmamente colocados pelo juiz. O dr. Brandão voltou-se para mim e insistiu no pagamento de cestas básicas para arquivar o processo. Fiz ver a ele que Giomar utilizaria tal fato para espalhar aos quatro cantos que havia me condenado e que ele seria uma espécie de Superman.
Enfim, o processo continuará e a minha advogada, dra. Leidivalma Lima, já está tomando as providências. O processo foi enviado ao Ministério Público para análise, onde se encontrará com os dois dedicados a ele pelos vereadores Ronaldo e Ana Dalva. Ou seja, graças à teimosia de um vereador mimado, um juiz, um escrivão, dois advogados, um promotor, sem contar as duas partes envolvidas, estão sendo ocupados para satisfazer a vaidade teimosa de um vereador que acha ter sido vilipendiado em sua honra. A Justiça já está empanturrada de processos e não merece protagonizar tal capítulo. É muito desperdício.
E não adianta ninguém tentar mudar o que está na cabeça de Giomar Evangelista. A doença está em sua fase avançada e o mundo tem que atendê-lo. É o ápice. É a teimosia crônica, quando o paciente acredita em suas próprias mentiras.

sábado, 9 de setembro de 2017

Esquerda uruguaia dá lição ao PT

Raul Sendic é forçado a renunciar no Uruguai (foto: El País)
Não vamos aqui relatar as diferenças entre o Mojica e o Lula. Elas são óbvias em todos os aspectos, desde como liderança política até como administrador. Também não há necessidade aqui de dizer que o ex-presidente uruguaio continua com o mesmo carro, o mesmo sítio e com a mesma simplicidade. Ya por cá, nosotros hacemos de cuenta que el hombre no es dueno de lo sitio de Atibaia.
Só que hoje ficamos sabendo que o vice-presidente do Uruguai, Raul Sendic, renunciou em meio às alegações de corrupção do tempo em que era chefe de petróleo da estatal ANCAP. Sendic anunciou sua renúncia neste sábado (9), após seu partido político determinar que ele pode ter se envolvido em "uso inaceitável de recursos públicos". Vejam bem, foi o partido que forçou a renúncia dele. Isto é o que faz um partido comprometido com sua nação. E não ficou só por aí. O partido o acusou de mentir em defesa própria.
Los Hermanos petistas, de ayer y de hoy, necessitan de oir y leer esto! As denúncias surgiram em junho deste ano, quando a publicação semanal Busqueda noticiou que, entre 2010 e 2013, Sendic usou cartões de crédito corporativos para a compra de joias, eletrônicos, móveis e outros itens em lojas de departamento. Dois jornalistas também publicaram cópias das faturas dos cartões de crédito. Sendic não conseguiu explicar as compras durante seu julgamento e disse que pareciam "estranhas". Ou seja, os jornalistas não foram acusados de representantes do imperialismo americano, nem taxados de golpistas. No Uruguai, político roubou, tem que se afastar imediatamente dos cargos. Aqui, querem novos mandatos para ele.
Viva el pueblo uruguaio. Viva la isquierda de los Hermanos del sur! LLegará el dia em que haremos igual! Asta luego!