Exclusivo!

Juiz recebe 500 mil de salário. Direito ou privilégio?

Mirko Vincenzo Giannotte recebeu 503 mil em salários. Direito ou privilégio? A pressa em divulgar uma notícia pode levar um jornalista ...

Novidade

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Pameh aprovado pela Câmara

O programa de ações e metas da educação de Heliópolis para os próximos três anos – PAMEH – foi aprovado na sessão desta segunda-feira, por unanimidade, pela Câmara Municipal de Heliópolis. Só não teve o voto de todos os vereadores porque o vereador Doriedson (PCdoB) passou mal e teve que ficar em observação no Posto Médico local. A aprovação no dia de hoje só foi possível porque a vereadora Ana Dalva solicitou a aprovação de duas Sessões Extraordinárias em sequência, com a concordância de todos da casa. Agora segue para sanção e poderá já ser colocado em prática na 2ª unidade em todo o município.
Escola Castro Alves
Um mau cheiro insuportável obrigou a diretora da Escola Castro Alves a suspender as aulas na última sexta-feira (25). É que uma fossa aberta resolveu incomodar além do que já fazia. Nesta segunda-feira, o local começou a ser entupido e outra já foi providenciada pela Secretaria de Educação. As aulas já voltaram ao normal. A Escola Castro Alves será a primeira a ser contemplada com atividades em turno único ainda este ano. A professora Josinete Batista aguarda apenas as reformas solicitadas ao prefeito Ildinho. Ela espera que tudo seja iniciado depois da Copa do Mundo.
No pós operatório
O vice-prefeito Gama Neves está em absoluto repouso desde a última quinta-feira (24), quando foi operado de um problema na vesícula. O problema já vem de longas datas, mas ele sempre adiava a solução definitiva. Agora não teve jeito. Por causa da demora, sua recuperação será longa. Gama Neves está usando um dreno e ficará com ele até a próxima sexta-feira (2). Dia 5 de maio estará de novo no batente.
Recuperada
Quem também esteve mal foi a vereadora Ana Dalva. Ela teve um estiramento na bacia e foi atendida no Posto Médico Municipal. Ficou horas em repouso e só agora se recuperou quase que totalmente. Depois de Ana Dalva, Doriedson e Gama Neves, já é sabido também que a doença passou pela Prefeitura Municipal. O Secretário Beto Fonseca andou se batendo com cálculos nos rins, mas está melhor. As pedras não servem nem mesmo para ajudar em algumas obras da cidade.
Marina Silva e Eliana Calmon
As pré-candidatas à vice-presidência da República e ao Senado pelo PSB, Marina Silva e Eliana Calmon, estarão em Salvador nesta terça-feira (28) para participar da assembleia do comitê da Organização das Nações Unidas (ONU) que monitora a violência urbana na América Latina. Eliana é secretária-geral do colegiado e será homenageada durante o encontro, realizado a partir das 11h no hotel Bahia Othon Palace, em Ondina. O comitê da ONU, instalado em outubro do ano passado, é presidido pelo vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski. O grupo trabalha para mapear as tendências comuns no fluxo de criminalidade nas diferentes regiões latinas e identificar o impacto da violência na família e na comunidade. (Bahia Notícias)
Advogada ameaçada de morte em Crisópolis
A primeira audiência do caso da advogada Iva Caroline, ameaçada de morte pelo vereador Denycarlos Nicolau dos Santos, presidente da Câmara de Vereadores de Crisópolis, no nordeste baiano, será nesta quarta-feira (30), no Fórum de Olindina. A advogada é ameaçada por atuar em um processo judicial que envolve o edil e que já dura quatro anos. Iva, que trabalha no distrito judiciário de Crisópolis, cuja sede é em Olindina, só entra ou sai dos dois municípios com escolta da Polícia Militar. Segundo a defensora, no dia 10 de fevereiro ela recebeu um recado ameaçador de Denycarlos, através do vereador Dei Delfino, que, “se ela queria briga, teria briga”. O recado ainda frisava que Denycarlos havia acabado de sair da casa de um cigano, e que “a partir daquele momento, o assunto seria tratado pelo cigano”. Iva relata que a ameaça foi feita depois que o vereador recebeu uma intimação da Justiça para pagar R$ 70 mil. Ela prestou queixa à policia. O vereador nega as acusações. O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Bahia (OAB-BA), Luiz Viana, junto com a advogada, participou de uma reunião com o secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, e com o procurador-geral de Justiça, Márcio Fahel, para pedir empenho e celeridade na investigação. A Policia Civil já concluiu o Termo Circunstanciado de Ocorrência e o caso agora está na Justiça. (Bahia Notícias).