Novidade

domingo, 29 de julho de 2018

Célia, Itamário e Chico são os nomes da Rede para implantar a nova política na Bahia

José Itamário (Vice), Célia Sacramento (Governadora), João Gonçalves (2º Suplente),
Francisco José (Senador) e Ana Dalva (1ª Suplente) formam a chapa majoritária da Rede Sustentabilidade.

(Foto: Landisvalth Lima)
A Rede Sustentabilidade da Bahia confirmou em convenção partidária a chapa que tentará mudar o modo de se fazer política na Bahia ao longo de décadas. O evento partidário aconteceu na sala de reuniões do Centro Empresarial Iguatemi, neste último sábado (28), em Salvador. Para a missão renovadora foram confirmados os nomes de Célia Sacramento, ex vice-prefeita da capital baiana. Seu vice é o empresário de Vitória da Conquista José Itamário. Para disputar o Senado, foi escolhido Francisco José – O Chico da Rede. Ele terá como 1ª suplente a vereadora Ana Dalva, de Heliópolis, e como 2º suplente o ex-secretário da Prefeitura Municipal de Irecê, João Gonçalves de Souza. Todos fizeram questão de mostrar a importância da eleição de Marina Silva, para presidir o Brasil a partir de 2019, como marco importante para a implementação de uma nova plataforma política no país.
Além disso, a Rede lançara cerca de quinze candidatos a deputado estadual e mais vinte e um nomes para disputar vagas em Brasília, na Câmera Federal. Para isso, oficializaram uma coligação com o Patriota – antigo PEN, que deve trazer 42 nomes para deputado federal e próximo deste número para deputado estadual. O puxador de votos da coligação para federal será o atual deputado Erivelton Santana – Patriota – que obteve cerca de 75 mil votos em 2014. A outra vaga para o senado estava certa com Iaraci Dias, mas a coordenador da Rede Bahia disse que não é pouca coisa administrar uma eleição. Embora conte com ajudas primordiais do coordenador Diego Cunha e de Júlio Rocha, há muito o que fazer. Não havia como conciliar tudo isso com uma candidatura. Daí a opção da Rede em lançar apenas um nome, o de Francisco José.
Além do deputado federal Elivelton Santana, marcou presença ainda a deputada estadual do PSB, Fabíola Mansur, mais para prestigiar que para tentar algo como uma coligação. O PSB já optou por ficar com o governo. Em conversas de bastidores as contas não param. Falam em dois nomes eleitos para a Câmara Federal pela coligação Rede/Patriota. Um seria Erivelton Santana e outro da Rede. Para eleger um deputado federal na Bahia, cada coligação tem que fazer, no mínimo, 180 mil votos. Para eleger um deputado estadual, esse número cai para 110 mil votos. Quem pode surpreender é a vereadora por Irecê, Meire Joice, a Meirinha. Ela já conta com apoio em mais de trinta municípios. Para a chapa majoritária, o Patriota não fez coligação, mas manifestou apoio. Com o pouco tempo de televisão, os candidatos vão invadir a rede de computadores. Para a Rede Sustentabilidade isso é o de costume.
     Para os que desejarem baixar fotos da convenção dê um clique AQUI e AQUI.