Novidade

domingo, 13 de janeiro de 2013

Família de Joilson Costa manifesta crença na Justiça

Joilson Costa

A família do radialista Joilson Costa, a esposa Edinalva e os filhos Fausto Borges, Flávio e Fernanda, publicaram postagem no blog do próprio Joilson manifestando crença na justiça e dizem ter certeza, como determina a lei, que o agressor Zelitinho será condenado de três meses a um ano de prisão, mais multa, como diz artigo no qual foi enquadrado. Isto no processo crime, pois Zelitnho também será denunciado em processo cível.
Segundo a a postagem, a expressão “Não vai dar em nada, ele é irmão de Marcão e cunhado de Jailma Gama, ex-prefeita do Banzaê” é frase que mais se ouviu em Ribeira do Pombal, Banzaê e outras cidades da nossa região nos últimos dias. Estão se referindo à agressão covarde, traiçoeira, gratuita e premeditada sofrida por Joilson Costa, vindo de Zelitinho, na sexta-feira, 4 de janeiro, ás 10 horas e 15 minutos, após o mesmo sair da Rádio Pombal FM, ao terminar de apresentar o Programa Pinga Fogo com Marck Viana. A agressão aconteceu na Rua João XXII, entre a residência do ex-vereador José Augusto e o fundo da Madereira Gama.
Diz ainda a postagem que, passado todos estes dias, o agressor Zelitinho, apesar do irmão Marcão ter sido comunicado, quando esteve acompanhado de Dedé de Manelinho na delegacia para conversar com o delegado Dr. Equiber a respeito do fato acontecido, de que o mesmo teria que depor na terça-feira, 8 de janeiro. Só que até sexta-feira, 11 de janeiro, o agressor não se fez presente perante o delegado.
Segundo Dr. Equiber, em conversa com o advogado do Joilson Costa, Dr. Alessandro Brito, alguém da família teria informado a autoridade policial de que o agressor estaria em procedimento médico em Salvador. Convém ressaltar que o Promotor João Paulo comunicou ao delegado de que a audiência do fato já esta na pauta de segunda-feira, 28 de janeiro, sendo portanto necessário o término dos tramites na delegacia para que a denúncia de injúria com agressão seja enviado ao Fórum local.
E notório e público que esta afirmação de “procedimentos médicos em Salvador” é uma tremenda mentira, pois Zelitinho foi visto por diversos pombalenses nos locais que costumeiramente frequenta, inclusive o próprio Joilson Costa na sexta-feira, 11 de janeiro, registra na nota “o desprazer de ter visto o seu agressor, perto de meio dia, na área do Posto Pombal, na Avenida Oliveira Brito”.
Quanto á questão de que a família do Senhor Zelito do Riacho, município de Heliópolis, não comunga com o ato insano praticado por Zelitinho, é de estranhar a tal afirmação, pois até o momento nenhum contato com familiares do agredido e muito menos uma nota publica houve na discordância do fato. “Mensagens através de terceiros de que sentem muito, e de que Zelitinho foi incentivado por politico pombalense que não gosta do Joilson Costa, não pega bem. Além do mais, por iniciativa própria ou incentivado por terceiro, não diminui a gravidade do crime por ele cometido. Se andam insinuando de que alguém incentivou Zelitinho, venham de publico dizer quem foi o mesmo”.
Do blogue do Joilson Costa.
Nota do Landisvalth Blog. Todos os jornalistas, radialistas e blogueiros da região devem ficar atentos. A apuração do fato é absolutamente necessária. Havendo culpado, que se puna. Se este episódio passar em branco, se não houver apuração, jornalista vai passar a ser saco de pancadas dos políticos que não estão acostumados ao contraditório. Toda força e apoio ao Joílson Costa e seus familiares.