Novidade

quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

CEJDS adere ao Novo Ensino Médio e terá cursos técnicos

CEJDS em 2019 poderá ter cursos técnicos

O Colégio Estadual José Dantas de Souza passará por ampla modificação a partir deste ano. A direção da instituição já aderiu ao Novo Ensino Médio e terá em sua grade curricular uma base de 1200 horas nas turmas iniciais. Isso significa um acréscimo de 200 horas aula, sem contar com as aulas do Ensino Médio Técnico, que terá outras 400 horas anuais. Embora ainda não haja uma manifestação da Secretaria de Educação da Bahia nesse sentido, a escola já recebeu a primeira parcela da adesão pelo PDDE-Qualidade, no valor de 28.646,00. Até o final da implantação total da nova modalidade, o CEJDS receberá cerca de 140 mil reais.
A nova grade curricular ainda não foi aprovada pelo Conselho Estadual de Educação, mas deve ser bem próxima daquilo que a escola planejou. A disciplina de Língua Portuguesa poderá ser dividida em três: Gramática, Literatura e Redação com Interpretação de textos, perfazendo um total de 6 horas aulas por semana. Matemática poderá ter 4 aulas semanais e as outras disciplinas deverão manter mais ou menos a carga horária atual. Para tudo isso acontecer, as aulas passarão a ser de 6 horas por turno, começando meia hora mais cedo e terminando meia hora mais tarde, ou seja, de 7:00 às 12:20 (manhã), 12:40 às 18:00 (tarde) e 18:20 às 22:30 (noite).
Na parte do Ensino Médio Técnico, três cursos foram enviados para a Secretaria Estadual de Educação – SEC, para implantação este ano. São eles: Curso Técnico em Enfermagem, Fruticultura e Informática para Internet. Estes cursos serão ministrados em turno oposto, sempre manhã ou noite, e terão um total de 1.200 horas, 400 em cada ano escolar. Poderão fazer estes cursos os alunos já matriculados no 1º ano ou aqueles que já concluíram o antigo ensino médio e precisam da qualificação técnica. Ainda está em estudos a possibilidade da participação dos alunos matriculados na 2ª e 3ª séries este ano. Certo é que o Novo Ensino Médio começará firme no 1º ano agora em 2019. As outras séries devem concluir o antigo ensino médio.
Todas estas mudanças estão ainda em estudos e podem sofrer modificações porque elas afetam até a relação entre o governo do estado e as prefeituras. Haverá alteração significativa na questão do horário do transporte escolar. Também já está mais ou menos definido o início do ano letivo de 2019 para o dia 11 de fevereiro, com um recesso escolar, em julho, de 15 dias, no período do São Pedro de Heliópolis. Com a quantidade mínima de feriadões, o ano letivo se encerrará totalmente no dia 20 de dezembro.
A direção do CEJDS já enviou o calendário escolar deste ano para adequação com o calendário municipal de Heliópolis. Como a Secretaria Municipal de Esporte, Cultura e Lazer do município está em recesso, só a partir de 7 de janeiro haverá definição do início efetivo das aulas. Espera-se que este ano não haja nenhum problema para iniciar o ano escolar mais cedo, sem sábados letivos e com maior descanso no recesso. Tudo passa pela questão de um bom planejamento. A educação agradece.