Exclusivo!

Polícia Militar faz cerco a veículos irregulares

Sargento PM Cunha palestra no CEJDS (foto: Landisvalth Lima) O comandante do destacamento da Polícia Militar de Heliópolis, Sargento C...

Novidade

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Que tal pensar no futuro?

A sessão da última segunda-feira, na Câmara Municipal de Heliópolis, foi um verdadeiro terror para quem quer pensar no futuro do município. Começou logo com um erro do vereador Giomar Evangelista, que não iniciou a sessão, dando palavra ao público, como seria normal. Em seguida, seria lida a ata da sessão anterior e iniciado o pequeno expediente. Daí em diante, tudo poderia acontecer, inclusive o debate em torno das questões municipais, porque convidados estavam o ex-secretário municipal de educação, professor José Quelton, o atual secretário da pasta, professor Dênis, e o consultor administrativo Uclériston Menezes. Estavam presentes todos os vereadores, exceto Zé do Sertão, de licença médica. Outras autoridades marcaram presença: o secretário de administração e finanças, Beto Fonseca, e o secretário de ação social, Renan Vieira. Na verdade, o que seria uma sessão ordinária virou uma audiência pública. 
Qual, então, a utilidade de um debate? Melhorar comportamentos e ações para projetar um futuro melhor. A sessão da Câmara foi uma verdadeira lavanderia de roupas sujas. Só debatem o passado, e tudo sem objetividade. O lema é mostrar que o erro do outro é maior ou “não aponte os meus erros com seu dedo sujo”. Pensar no futuro de Heliópolis? Bem, aí a coisa é mais embaixo. Isso não dá voto. Quanto mais picuinha, melhor!