Exclusivo!

Vereador é multado e devolverá mais de 13 mil à Câmara de Heliópolis

Giomar Evangelista recebeu subsídios indevidamente e vai ter que devolver  Bem que ele poderia ficar calado, mas, boquirroto e falastrã...

Novidade

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Heliópolis poderá ter uma UFNB a menos de 30 quilômetros

O Núcleo Diretivo e Colegiado do Território Semiárido II, liderado pelo ex-vice-prefeito de Cícero Dantas, Gilmar Santos, fez reunião na última terça-feira (06), no Centro Diocesano de Cícero Dantas, para traçar diretrizes e finalizar o projeto de criação da Universidade Federal do Nordeste da Bahia. Tudo começou em Maio de 2012. Um grupo formado pela advogada Maria Andrade, pelo ex-vereador de Cruz das Almas Josoaldo Santana, pelo bioquímico Noedson Cruz Lima, pela vereadora de Heliópolis Ana Dalva (PPS) e pelo professor Landisvalth Lima, sonhava com a criação da Universidade Federal do Sertão Nordestino – UFSN. Também as regiões do Sisal e do Litoral Norte e Bacia do Jacuípe sonhavam com a criação de um centro de nível superior. A união dos quatro projetos acabou por viabilizar a UFNB.
Agora, entram em cena os políticos. É certo que muitos já se aproveitaram da ideia e não vai faltar quem queira aparecer como pai da criança, mas agora eles são fundamentais. Tanto que o prefeito de Ribeira do Pombal, Ricardo Maia, e o de Cícero Dantas, Helânio Calazans, chegaram a um acordo que acabará beneficiando Heliópolis. Ribeira do Pombal disputou candidatura conjunta com Cícero Dantas e um dos Campi da UFNB terá que ficar a 15 quilômetros das duas cidades. Pelo acordo entre os prefeitos Ricardo Maia e Helânio, Pombal será responsável por 60% do custeio da desapropriação dos 50 hectares do terreno necessário para instalação da UFNB e Cícero Dantas ficará com os 40% restante. Para uma localização privilegiada, a UFNB tem que ficar às margens da BR-110. Tudo indica que ficará próximo ao povoado Segredo, a menos de 30 quilômetros de Heliópolis.
Outro campus será instalado em Jeremoabo e a prefeita Anabel Sá, também presente ao encontro, arcará com toda as despesas de desapropriação. Além destes campi, outros serão instalados no Litoral Norte, Entre Rios e Esplanada devem disputar, e na Região do Sisal, com muitas opções, inclusive Serrinha. Em seguida, o projeto segue para a sua conclusão, para posterior envio ao Congresso Nacional, após apresentação aos Territórios. Nesta quinta-feira (08) aconteceu na cidade de Serrinha, no Território do Sisal, a última Audiência Pública para finalização do projeto, com a unificação das deliberações de cada Território.
A principal dificuldade é a falta de recursos para a comissão que vem elaborando o projeto da UFNB. Por conta disso, os membros criaram uma conta para doações de qualquer valor. Quem apoia e pode colaborar com a conclusão do projeto deve fazer sua doação de qualquer valor através da conta conjunta da comissão: Caixa Econômica Federal, em nome de JOSÉ GILMAR ALVES SANTOS e TONI CARVALHO. Agência: 0077, operação 01, conta: 24189-8. 
Com informações complementares de Joilson Costa e da Pombal FM.