Exclusivo!

Polícia Militar faz cerco a veículos irregulares

Sargento PM Cunha palestra no CEJDS (foto: Landisvalth Lima) O comandante do destacamento da Polícia Militar de Heliópolis, Sargento C...

Novidade

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Chuva prejudica 550 mil pessoas em Santa Catarina

     Uma pessoa morreu em Guabiruba; quatorze cidades estão em situação de emergência
     Foto: Julio Castro/AE – Reportagem: Priscilas Trindade - estadão.com.br

     A chuva continua a castigar Santa Catarina e até a manhã desta sexta-feira, 9, mais de 20 mil pessoas tiveram de deixar suas casas. Levantamento da Defesa Civil aponta que 20.945 moradores estão desalojados (em casas de amigos e parentes) e 1.623 estão desabrigados (em abrigos). No total, 558.772 mil pessoas foram afetadas pelas enxurradas e tempestades. Uma pessoa morreu no município de Guabiruba, em consequência das chuvas. Valdemiro Carminatti, de 66 anos, estava trabalhando no telhado de sua casa, na Rua São Pedro, no centro da cidade, quando este desabou. Outras três se feriram, sendo duas em Ascurra e uma em Ilhota. 
     As 14 cidades que estão em situação de emergência desde quarta-feira, 7, são Angelina, Bocaina do Sul, Brusque, Caçador, Correia Pinto, Ituporanga, Leoberto Leal, José Boiteux, Navegantes, Pouso Redondo, Rio das Antas, Rio dos Cedros, Tijucas e Witmarsum. Entre os locais mais prejudicados está Blumenau, com 280 mil moradores atingidos e 15 mil desalojados. Em Brusque já são 105.495 afetados e Gaspar com 58.869 pessoas prejudicadas. 
     Estradas. As rodovias federais também registram problemas causados pelo mau tempo. A BR-470 tem risco iminente de queda de barreira, com precipitação já atingindo o acostamento, nos km 114 e 115, em Ibirama. Na BR-116, no km 304,8, na Serra do Pelotas, também há o risco iminente de queda de barreira. A precipitação já atinge o acostamento. Na BR-282, quedas de barreiras atingem parte do acostamento, mas sem nenhuma obstrução da pista. Já a BR-280 o trânsito está totalmente interrompido devido a queda de barreiras na altura do km 91 e 93, em Corupá. Na BR-116 o tráfego permanece interrompido por queda de barreira no km 108,3, na Serra do Espigão. Não há previsão de liberação das pistas. 
     Uma queda de barreira no trevo de Laurentino também impede o trânsito no km 149,7 na BR-470. Além disso, a via tem uma lâmina de água de aproximadamente 10 cm sobre a pista em Agronômica, no km 153, e iminência de queda de barreira no km 148. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os locais devidamente sinalizados e o trânsito totalmente interrompido, sem previsão de liberação. Na BR-116 tem inundação e cerca de 100 cm de lâmina de água sobre a pista numa extensão de aproximadamente 50 metros de comprimento, no Km 99,5, em Monte Castelo. Também existe água sobre a pista na BR-470, nos km 96, em Apiúna, e 90, em Ascurra, e nos km 53 e 56, em Blumenau, e no km 45. Na BR-282 houve queda de barreira e o trânsito está totalmente interrompido no km 80,5, em Alfredo Wagner.