Novidade

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Assassinos de "João Boquinha" e “Santo Bola” estão presos em Cícero Dantas


Além da prisão dos assassinos, delegacia de Cícero Dantas promoveu vacinação dos presos contra gripe.
Da esquerda para Direita: Romário Alves de 
Oliveira, Irlan Melo Santos e Eduardo de Jesus.    
(foto: Polícia Civil e TV Nordeste Bahia)
A agilidade do delegado de polícia de Cícero Dantas com sua equipe desvendou em tempo recorde dois crimes que aconteceram no município. O primeiro ocorreu no dia 16 de Maio de 2013. A vítima foi o Sr. João Francisco dos Santos, 67 anos, morador da fazenda Limeira, que foi atacado em sua residência à noite por homens encapuzados. Os bandidos usaram requintes de crueldade. Espancaram, torturaram e atingiram o senhor João Francisco, conhecido por João Boquinha, com um tiro. A vítima foi socorrida e levada para Aracaju, aonde veio a falecer. Segundo informações, João Boquinha tinha guardado em sua casa certa quantia em dinheiro, falam em algo em torno de 15 mil reais, fruto de uma negociação de venda de gado. Supostamente, alguém do convívio familiar sabia da quantia guardada em sua residência e isso chegou aos ouvidos dos bandidos. A polícia fez uma investigação minuciosa e prendeu os marginais em poucos dias de investigação. Os suspeitos são Eduardo de Jesus, vulgo “Eduardo Dedinho”, natural de Ribeira do Pombal/BA, nascido em 26/05/1986 de residência atual desconhecida – Romário Alves de Oliveira, conhecido por “Romário do Candeal”, nascido no dia 22/04/1995, com endereço na Comunidade Candeal, em Cícero Dantas/BA – e Irlan Melo Santos, o “Irlan do Candeal”, nascido em 26/06/1994, também residente na Comunidade Candeal, mas no município de Fátima/BA, já que é região de tríplice fronteira entre Cícero Dantas, Fátima e Heliópolis. Os três homens invadiram a casa de João Boquinha e exigiram que fosse entregue todo o dinheiro. João recusou e os assassinos então acabaram tirando a vida daquele trabalhador. Levaram ainda 700 reais, segundo informações de populares e de membros da família. No meio da violência, um dos assaltantes chegou a gritar o nome da vítima, dando a entender que o conhecia. O delegado de Cícero Dantas, Dr. Osório Miguel, já tem os suspeitos sob custódia. Estão presos com mandado de prisão temporária de 30 dias, renováveis por mais 30. Findo estes prazos, o delegado pedirá prisão preventiva.
“Gordinho”, assassino de “Santo Bola”, foi capturado
Rafael Carvalho santana conhecido por "Gordinho"
(Foto: Polícia Civil e TV Nordeste Bahia)
O Dr. Osório Miguel e sua equipe também solucionaram mais um caso. Trata-se do assassinato de “Santo Bola”, ocorrido no dia 18 de maio passado. Informações dão conta que a vítima, José Santos Martins, o “Santo Bola”, ajudante de pedreiro, natural de Cícero Dantas/BA, nascido no dia 23/11/1963, residente na Fazenda Baiacu, Cícero Dantas, estava bebendo e se divertindo com seu amigo Rafael Carvalho Santana, conhecido pela alcunha de “Gordinho”, montador de estrutura, natural de Nova Soure/BA, nascido no dia 05/08/1993, residente a Av. ACM, nº 1182 – Cícero Dantas/BA. Os dois frequentavam as noites e, segundo a versão do Rafael, o motivo do crime foi a bebida, mas, numa segunda versão, o assassino informou que “Santo Bola” devia uma certa quantia em dinheiro e que, na discussão dessa negociação travada no dia do crime, alterados pela ação da bebida, ocorreu o assassinato. O crime aconteceu de forma cruel e brutal. “Santo Bola” foi vítima de várias perfurações nas diversas partes do corpo por cacos uma garrafa de bebida. Preso em flagrante delito, “Gordinho” foi autuado por latrocínio, ou seja, roubo seguido de assassinato. Rafael está custodiado e à disposição da justiça.
Presos são vacinados contra gripe 
32 presos foram imunizados contra gripe
(foto: Polícia Civil)
Na última quinta-feira (23), os presos da carceragem da Delegacia de Polícia Civil de Cícero Dantas foram imunizados contra a gripe. A meta faz parte do grupo de prioridades da Secretaria Municipal de Saúde levando aos detentos a vacina. A campanha finda neste fim de mês. O departamento da vigilância epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Cícero Dantas vacinou contra gripe 32 detentos que ficam na carceragem daquela delegacia de polícia. Poucos presos não aceitaram ser imunizados. Os plantonistas e servidores da Secretária de Segurança Pública da unidade aproveitaram também e foram vacinados. O momento da vacinação foi autorizado pelo delegado titular desta unidade de segurança pública Dr. Ozório Miguel Ramos, que a tudo acompanhou. A vacina é assegurada por lei aos presos para evitar epidemia da doença na carceragem, O objetivo é conseguir vacinar até o dia 31 de maio cerca de 100% do público alvo. Os idosos, crianças (6 meses a menores de 2 anos), gestantes, mulheres que ganharam bebê nos últimos 45 dias, trabalhadores de saúde e portadores de doenças crônicas. Em toda Cícero Dantas a vacinação já foi cumprida em mais de 85% de sua meta, e tem até o dia 31 de maio para cobrir a meta de 100%. É o que espera a coordenadora da vigilância epidemiológica de Cícero Dantas.
Informações da Delegacia Territorial de Cícero Dantas e da TV Nordeste Bahia.