Exclusivo!

Presidente do OAB-SP critica lentidão da Justiça

'Temos juízes com férias de 60 dias e outros que não trabalham de segunda e sexta', diz presidente da OAB-SP sobre lentidão da Just...

Novidade

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

MEC divulga escala de notas mínimas e máximas registradas no Enem 2011


Na prova de matemática foi registrada a pontuação mais alta: 953. A nota mais baixa foi 252,6, registrada na prova de ciências humanas
O Ministério da Educação divulgou na tarde desta quinta-feira (22) as notas mínimas e máximas tiradas pelos alunos nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) realizadas em outubro. Em ciências humanas e suas tecnologias, a pontuação mínima foi de 252,6, e a máxima de 793,1. Em ciências da natureza e suas tecnologias, a nota mínima foi 265 e a máxima 867,2. Nas provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, a menor nota registrada foi 301,2 e a maior, 795,5. Em matemática e suas tecnologias, a nota mínima foi 321,6 e a máxima, 953. Em redação, as notas variaram entre 0 e 1.000, o mínimo e o máximo possíveis. Segundo o MEC, não há uma nota média e as 95 instituições de ensino superior que usarão o Enem no Sistema de Seleção Unificada (SiSU) usarão o resultado de forma autônoma. No entanto, para fazer as inscrições ao Programa Universidade para Todas (ProUni) é necessário ter tirado pelo menos 400 pontos, na média geral das quatro notas (somando as notas e dividindo o valor por quatro). A consulta individual do resultado do Enem 2011 foi aberta na quarta-feira (21). Os estudantes podem ver as suas notas no site do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), informando seu CPF e senha. A nota das provas objetivas é calculada utilizando a Teoria de Resposta ao Item (TRI), que permite a comparabilidade entre provas diferentes e divide as questões entre diferentes graus de dificuldade. Por isso, o número de acertos na prova não serve de referência para a nota final, já que a pontuação de cada questão é calculada de maneira distinta.
Mais de 108 mil vagas
Os candidatos poderão usar o resultado do Enem 2011 para se inscrever no SiSU em 2012. De acordo com o ministério, o sistema será divulgado na próxima segunda-feira (26) apenas para consulta, e as inscrições terão início à zero hora do dia 7 de janeiro. No total, segundo o MEC, 95 instituições de ensino superior de 26 estados brasileiros (com exceção do Distrito Federal), por meio do sistema, oferecerão 108.552 vagas em 3.327 cursos . O ministério afirmou que o número de vagas é 30% maior que na seleção realizada em 2011. Na edição de 2012, o SiSU ficará no ar 24 horas por dia, entre 7 e 12 de janeiro, para receber as inscrições dos candidatos. A primeira chamada será divulgada no dia 15 de janeiro, e os candidatos aprovados terão entre 19 e 23 de janeiro para efetuar sua matrícula. Segundo o MEC, "o candidato aprovado na primeira opção de curso será automaticamente retirado do sistema. Caso não faça a matrícula na instituição para a qual foi selecionado, perderá a vaga". No dia 26, o SiSU divulgará a segunda chamada, com matrículas entre 30 e 31 de janeiro. Entre 26 e de janeiro e 1º de fevereiro, quem não passou na primeira e na segunda chamada pode se inscrever na lista de espera, que será divulgada em 4 de fevereiro. A partir daí, a seleção será feita gradativamente até o dia 2 de março de 2012.
As informações são do G1 e do CORREIO.