Exclusivo!

Polícia Militar faz cerco a veículos irregulares

Sargento PM Cunha palestra no CEJDS (foto: Landisvalth Lima) O comandante do destacamento da Polícia Militar de Heliópolis, Sargento C...

Novidade

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Responde processo, mas recebeu 52 milhões


O Ministério do Turismo assinou três contratos com a ONG de um empresário que responde processo por improbidade administrativa. O Instituto Brasileiro de Hospedagem (IBH), dirigido por César Gonçalves, recebeu R$ 52,2 milhões. Afastado há três anos da Brasiliatur, estatal que coordena ações do turismo no Distrito Federal, ele deixou o cargo após denúncia de malversação de verbas durante a administração do ex-governador José Roberto Arruda. Os contratos tinham como fim a promoção de cursos à distância para mensageiros, recepcionistas e gerentes para a Copa do Mundo de 2014. Segundo matéria do jornal Extra, dois convênios foram firmados na gestão do ex-presidente Lula e um na administração da presidente Dilma Rousseff. A última, de R$ 25,5 milhões, foi aprovada após somente 30 minutos de análise. O plano de trabalho foi enviado por Gonçalves ao ministério às 16h14 do último dia 6. Às 16h19, a proposta entrou em análise e, às 16h34, já estava aprovada.
Informações do Bahia Notícias e do Jornal Extra.