Exclusivo!

Poucas & boas 2017.1

Brasil sem honoris causa! O título de Lula foi além do que devia (foto: Marlene Bergamo/Folhapress) Sem conseguir derrubar na Justiça...

Novidade

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Financiadoras de campanha receberam 1 bilhão!

          As empresas que financiaram o caixa de campanha do Partido da República nas eleições do ano passado conseguiram, através de contratos com o Ministério dos Transportes, R$ 986,2 milhões. Toda esta verba foi empenhada em 2010, ano da disputa eleitoral.  O ministro Alfredo Nascimento, presidente do PR, é acusado de comandar um esquema de propinas através das construtoras com contratos com Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e da Valec, estatal que cuida das ferrovias, órgãos vinculados à pasta dos Transportes. As empresas que mais foram beneficiadas foram Queiroz Galvão, Sanches Tripoloni e Andrade Gutierrez, que juntam doaram aos cofres do PR quase R$ 6 milhões em 2010. Em algumas das obras tocadas pelas empreiteiras, o Tribunal de Contas da União (TCU) verificou indícios de  sobrepreço.
       Informações de O Globo e do Bahia Notícias.