Exclusivo!

Vereador é multado e devolverá mais de 13 mil à Câmara de Heliópolis

Giomar Evangelista recebeu subsídios indevidamente e vai ter que devolver  Bem que ele poderia ficar calado, mas, boquirroto e falastrã...

Novidade

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Faxina geral no Ministério dos Transportes


O governo exonerou, nesta quarta-feira (20), mais três servidores do Ministério dos Transportes (MT). Afilhado do deputado e secretário-geral do PR, Valdemar Costa Neto (SP), Eduardo Lopes deixou a pasta, além de Cleilson Queiroz e Pedro Ivan Guimarães Rogedo, que saíram da Valec (estatal de ferrovias). Ao todo, já somam 15 as demissões por causa das denúncias de superfaturamento e pagamento de propina que envolvem o ministério, a Valec e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Segundo o MT, as demissões fazem parte do processo de reestruturação do setor, que enfrenta uma crise por conta das denúncias de corrupção há 18 dias. Nesta terça (19), já tinham sido demitidos cinco funcionários ligados ao PR e um ao PT.