Exclusivo!

Racismo estrutural: Vidas negras importam?

Novidade

quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Walter Rosário condenado pelo TCE

Walter Rosário terá que devolver 30 mil
(foto: Arildo Leone)

Quando o Landisvalth Blog divulgou os desvios praticados na Prefeitura Municipal de Heliópolis, pelo ex-prefeito Walter Almeida Rosário, o Waltinho, muitos disseram que era exagero ou politicagem. Este blogueiro foi processado inúmeras vezes. Agora, além da Operação 13 de Maio, começa a chegar a conta da corrupção. A Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado da Bahia, veja bem: TCE-BA, decidiu nesta quarta-feira, 1º de agosto, multar o ex-prefeito de Heliópolis, Walter de Almeida Rosário. Ele terá que devolver R$ 30 mil aos cofres públicos, valor que deverá ser atualizado monetariamente até a data do pagamento. É uma merreca diante do volume de desvios promovidos nos seus lamentáveis quatro anos de pseudoadministração, mas é um começo.
A questão envolve um convênio com a Bahiatursa. O TCE-BA desaprovou a prestação de contas de um convênio firmado pela prefeitura de Heliópolis com a Empresa de Turismo da Bahia, órgão vinculado à Secretaria de Turismo do Estado da Bahia. Na decisão ficou claro que o prefeito não comprovou a aplicação dos recursos conveniados nem a realização dos eventos aos quais a verba se destinava: O Forró na Roça. O voto do relator do processo, conselheiro Inaldo da Paixão Santos Araújo, foi aprovado por unanimidade. Além disso, há outras irregularidades. Se o TCE e o TCM mexerem um pouco mais, vão encontrar uma lavada de problemas. Vale dizer que Walter Rosário é do PCdoB e sua péssima administração serviu de inspiração para a escrita do romance A Esquerda Bastarda, do professor Landisvalth Lima.