Exclusivo!

Vereador é multado e devolverá mais de 13 mil à Câmara de Heliópolis

Giomar Evangelista recebeu subsídios indevidamente e vai ter que devolver  Bem que ele poderia ficar calado, mas, boquirroto e falastrã...

Novidade

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Caso da banda New Hit: Secretária lamenta habeas corpus

Lúcia Barbosa lamentou possível soltura dos membros da banda

     A secretária estadual de Políticas para as Mulheres (SPM), Lúcia Barbosa, lamentou, nesta quarta-feira (3) a possibilidade de soltura dos jovens, diante da concessão de habeas corpus pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ). Lúcia acredita que “o caso merece atenção especial, uma vez que o ato possui características de crime hediondo, com participação de mais de um autor, contra vítimas que não puderam e nem conseguiriam esboçar qualquer reação de defesa”. A secretária disse que realiza articulações no acompanhamento do caso, através de contato com o procurador-geral da Justiça, Wellington César Lima e Silva, além de diálogo com a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa. Também tem discutido o assunto com o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (CDDM), que emitiu nota de repúdio sobre o episódio. “Acreditamos que a Justiça dará os encaminhamentos necessários para a responsabilização dos acusados. O importante é não deixar este episódio impune. É preciso que o caso sirva de exemplo para a sociedade, evitando a possível sensação de impunidade. Esta é uma oportunidade de reafirmar que as mulheres baianas têm direito a uma vida sem violência”, defendeu. Na segunda-feira (2), o Ministério Público do Estado (MP) denunciou os integrantes da banda, além do policial militar Carlos Frederico de Aragão, acusado de conivência no crime. O MP informa que os atos estão comprovados por depoimento de testemunhas e laudos periciais que apontaram, ainda, a presença de espermatozoides nas roupas dos acusados, além de sangue e sêmen nas roupas das vítimas.
     Informações do Bahia Notícias.