Exclusivo!

Poço Verde nega título a Lula. E daí?

A cegueira ideológica impede a transformação real da sociedade (foto: porvir.org.) Dizem que o Brasil está tão dividido que é preciso ...

Novidade

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Polícia Civil divulga balanço de operação em Pombal. Há 11 foragidos


                 Informações da Ascom/PC
     Mais de 17 quilos de maconha e certa quantidade de crack e cocaína, duas armas, seis veículos e cinco motocicletas apreendidos em Ribeira do Pombal, onde também foram cumpridos 22 mandados de prisão temporária e efetuados quatro flagrantes. Este foi o resultado final da operação Ato de Valor, deflagrada pelo Ministério Público Estadual (MPE), em conjunto com as polícias Rodoviária Federal, Civil, Militar e Técnica na sexta-feira (17) e encerrada neste final de semana, com o objetivo de combater o tráfico de drogas e outros crimes na região. O produtor rural Alan Jobard Almeida e Silva, 56 anos, está entre os 22 presos por determinação judicial, tendo os policiais localizado em sua fazenda, 17,3 quilos de maconha escondidos num brejo.  Segundo informou o delegado Jorge Figueiredo, diretor do Departamento de Narcóticos da Polícia Civil (Denarc), a droga estava misturada a uma grande quantidade de semente e acondicionada em diversos sacos, aparentando ter sido preparada para o plantio. Catorze porções de crack e certa quantidade de cocaína foram apreendidas na casa de Paulo Ricardo Reis dos Santos, o “Neném”, 23 anos, e cinco porções de maconha estavam em poder de Paulo Renildo de Jesus Santos, o “Sula”, 23, ambos com prisão temporária decretada e autuados em flagrante por tráfico. Jacson Naziozeno Santos Oliveira, flagrado com um revólver de calibre 38, com três munições, e Ubirlan Barbosa dos Santos, encontrado com um revólver calibre 32, com cinco munições, foram autuados por porte ilegal de arma. A operação Ato de Valor resultou ainda na apreensão de um Fiat Uno, um Santana, dois Gols, um Fiat Pálio e uma caminhonete S-10, bem como cinco motocicletas. As investigações indicaram que os seis veículos e as cinco motos, cuja origem está sendo apurada, eram utilizados para transportar drogas. Aparelhos eletroeletrônicos, celulares e computadores também foram apreendidos em Pombal.
     Helicóptero

     Sessenta e duas equipes das cinco instituições, totalizando 235 profissionais, participaram da operação de combate ao narcotráfico, deslocando-se em 62 viaturas. Um helicóptero da PRF sobrevoou a região, tendo sido cumpridos todos os 33 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça, sem que os policiais deflagrassem sequer um tiro ou empregassem o uso da força. Desde março deste ano, após denúncias da comunidade ao MPE sobre a intensa movimentação do tráfico em Ribeira do Pombal, o Denarc passou a intensificar as investigações. Um prédio municipal, ao lado da DT local, funcionou com base de apoio operacional, onde foi feita a triagem dos presos, bem como a lavratura dos flagrantes. Peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) realizaram no local exames de corpo de delito nas pessoas conduzidas, bem como a perícia do material apreendido, emitindo imediatamente os laudos. Além de Alan Jobard, Paulo Ricardo, Paulo Renildo, Jacson  Naziozeno e Ubirlan, foram cumpridos mandados de prisão contra José Lucas Matos Silva, Émerson Scott dos Santos de Santana, Marcos Roberto Linhares Araújo, José Ailton dos Santos, Ricardo Oliveira Gama, Humberto Gonçalves da Gama (Humberto Som), Roniclei Santos de Jesus, Marcelo Rocha Góis, Alexsandro Santos de Castro, Givaldo de Jesus Reis, Roberto Matos, José Édson dos Santos Tavares, José Flávio Santos de Oliveira, Tamiris Medeiros Gama, Belonaide Maria de Jesus, Jicélia Souza dos Santos e Roberta Alcâncara de Souza. Outras 11 pessoas, que também tiveram a prisão temporária decretada, permanecem foragidas.