Exclusivo!

Polícia Militar faz cerco a veículos irregulares

Sargento PM Cunha palestra no CEJDS (foto: Landisvalth Lima) O comandante do destacamento da Polícia Militar de Heliópolis, Sargento C...

Novidade

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Sede da ASPRA é lacrada e mulher que amamentava é assassinada


Segundo informações da assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), a sede da Associação dos Policiais, Bombeiros e dos seus Familiares do Estado Bahia (ASPRA), que comanda a greve dos policiais militares, localizada na Rua da Forca, Edifício Barão de Cotegipe, 5º andar, sala 501, foi lacrada nesta sexta-feira, 3, por determinação da Justiça.
A ação foi realizada em cumprimento à decisão da juíza Janete Fadul de Oliveira, do Plantão Judiciário, que deferiu pedido feito pelo Ministério Público.
Com a determinação, fica proibida a realização de assembléias e reuniões entre os integrantes da ASPRA. O oficial de justiça responsável pela comunicação da ordem, Marcus Alexandre Moreira Araújo, do Plantão Judiciário do 1ª grau, encontrou a associação vazia no momento da apresentação da certidão, o que não impediu o isolamento do local.
A ação contou com o apoio da Polícia Civil. De acordo com o oficial de Justiça, a solicitação do Ministério Público visa à garantia da ordem em Salvador e no interior do Estado, abalada a partir da declaração da paralisação, iniciada dia 1º deste mês.
Moradora de rua morta
Um homem foi ferido e uma mulher foi morta, na noite desta sexta-feira, 3, na Praça da Piedade, em Salvador. De acordo com a assessoria da Polícia Civil, dois homens desceram de um carro, de modelo ainda não informado, e saíram atirando a esmo.
Uma moradora de rua, que amamentava uma criança, foi atingida por vários disparos e morreu na hora. Um outro homem, que corria na região durante o tumulto, também foi atingido pelos tiros e foi encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE).
Este foi o segundo ataque contra moradores de rua registrado nesta sexta, 03, em Salvador. Nesta manhã, por volta das 5h, quatro deles foram mortos no bairro do Imbuí.
     Informações de A TARDE.