Exclusivo!

Polícia Militar faz cerco a veículos irregulares

Sargento PM Cunha palestra no CEJDS (foto: Landisvalth Lima) O comandante do destacamento da Polícia Militar de Heliópolis, Sargento C...

Novidade

sábado, 5 de novembro de 2011

Ministério do Esporte joga fora 753 mil


Pista de atletismo móvel. Ideia furada e dinheiro jogado fora.
     O Ministério do Esporte aplicou em vão R$ 753 mil, em 2009, para construir uma pista de atletismo móvel com borracha reciclada em Feira de Santana (foto), a 108 quilômetros de Salvador, conforme notícia do Estado de São Paulo. De acordo com a reportagem, que esteve na segunda maior cidade da Bahia na última quinta-feira (3), a área de 15 mil metros quadrados está abandonada, bem como o material – pneus velhos – que seria utilizado na obra. A pasta teria abraçado uma ideia pioneira do professor de capoeira e presidente da Fundação de Apoio ao Menor de Feira de Santana (Famfs), Antonio Lopes Ribeiro, que, por meio dos programas Pintando a Liberdade/Cidadania e Segundo Tempo – o mesmo apontado em denúncias de corrupção que culminaram na queda do ex-ministro Orlando Silva –, já conseguiu captar R$ 60 milhões nos últimos oito anos. Com o discurso de pioneirismo, Ribeiro explicou o seu projeto. “Tive uma ideia de botar uma lona embaixo e sair colando as plaquinhas de borracha. A duração é de 400 anos. Sou meio professor Pardal, fico inventando as coisas. E a pista tem a aprovação da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt)”, exaltou. Segundo o Estadão, ele é alvo de dois inquéritos do ministério por irregularidades no uso de verbas da pasta.
     Informações do Bahia Notícias. Foto: jornalescanteio.com.br.