Exclusivo!

Racismo estrutural: Vidas negras importam?

Novidade

sábado, 13 de abril de 2019

Só teremos eleições em 2022?


Enquanto todos nós ficamos preocupados com as atrapalhadas do presidente Jair Bolsonaro, e de alguns dos seus ministros, ou nos divertimos com os discursos ultrapassados da oposição, completamente perdida e sem um defunto para chamar de seu, corre nos corredores de Brasília uma proposta que pode mudar completamente o cenário político nos municípios de todo o Brasil. O deputado federal Rogério Peninha Mendonça (MDB-SC) protocolou nesta quarta-feira, 10, a proposta de Emenda Constitucional 49/2019. Ela simplesmente prorroga os mandatos dos atuais prefeitos, vice-prefeitos e vereadores, unificando as eleições municipais às estaduais e federal para 2022.
Ou seja, num só dia elegeríamos o vereador, prefeito, deputado estadual, deputado federal, senador, governador e presidente. Ao todo seriam 7 votos e, quando for época da eleição de dois senadores, serão 8 escolhas num só dia. Além disso, há outras propostas que sugerem mandatos de 5 anos para todos os cargos, sem reeleição para o executivo, e com limitação de mandatos para o legislativo. Nada está aprovado. É apenas uma proposta, mas vejam no vídeo do Youtube a reação dos prefeitos. Alguma dúvida de que ela pode ser aprovada rapidamente?