Exclusivo!

Presidente do OAB-SP critica lentidão da Justiça

'Temos juízes com férias de 60 dias e outros que não trabalham de segunda e sexta', diz presidente da OAB-SP sobre lentidão da Just...

Novidade

segunda-feira, 3 de julho de 2017

A casa nova do São Pedro de Heliópolis

O novo espaço é amplo e confortável na Praça Isabel Ribeiro (foto: Landisvalth Lima)
       O tradicional São Pedro de Heliópolis será realizado nos dias 7, 8 e 9 de julho. Este ano, a maior atração da festa é o novo calçadão na Praça Isabel Ribeiro. A casa nova tem dois níveis de piso e uma arquibancada entre eles. Quem não quiser dançar vai poder assistir aos shows sentado. Para os que não gostam de ficar parado, o espaço é generoso e pode abrigar 20 mil pessoas. A Prefeitura Municipal de Heliópolis já está com quase tudo preparado e no primeiro dia o forró será animado com atrações de peso.
     Logo na Alvorada, o arrastão começa com Forró dos Plays. Na noite da sexta-feira, Adelmário Coelho e Wallas Arrais. Completam o primeiro dia Wesley Nascimento, Paixão Ardente, Leandro da Pisadinha e Oz Mallas. No sábado, a animação fica por conta de Daniel Vieira, Kinho Chefão e Samyra Show. Completam a noite Alaelson do Acordeon, Amor A2 e Forró Kaliente. No domingo, a animação ficará por conta do Forró das Gringas, Cavalo de Pau e Mastruz com Leite, além de Império da Sofrência, Prisioneiros do Arrocha e Gilberto Alves. 
      O palco ficará num lugar bem adequado, exatamente em frente ao mercado abandonado. Serão dois palcos, o que garantirá a ausência de intervalos longos. O local já está sendo completamente preparado e, ao contrário de anos anteriores, haverá sete entradas e saídas, facilitando o vai-vem de pessoas. Na entrada principal, na rua que faz ligação com a avenida que segue para Poço Verde-Se, as barracas já estão sendo armadas. Só dois senões foram verificados, o que não chega a atrapalhar a festa: dois vãos de cada lado das arquibancadas, que deveriam ter plantado grama, e uma das ruas de acesso, que está sem calçamento. De resto, tudo vai ficar perfeito. Para dançar, o piso é o mais adequado. Só está faltando é animação e, no dia, isto não faltará no maior São Pedro do Nordeste da Bahia.