Exclusivo!

Tiroteio, morte e sequestro em Heliópolis

João José (esquerda) morreu no tiroteio. Mateus (direita) está desaparecido A violência em nossa região está tão grande que é preciso a...

Novidade

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Poço Verde tem Superação como exemplo

Projeto Superação é exemplo de ação nota dez
Vivemos a era da cólera. Intolerância, preconceito e egocentrismo dominam as relações humanas nesta segunda década do século 21. Esquerdistas se colocam como solução para tudo, desde que se exterminem tudo aquilo que eles considerem ligados ao imperialismo americano. A direita responde com ideias inconsistentes para um mundo já pós-moderno, pregando um mínimo de estado e o máximo de um liberalismo que só resolve os problemas da própria direita. Artistas, pensadores, professores, profetas e outros formadores de opinião levantam bandeiras perpetuando um lado ou outro. Enquanto os problemas perduram, um agrupamento humano, aqui e ali, pratica ações que, de fato, são importantes para a evolução da sociedade. Em Poço Verde, o Projeto Superação é um exemplo disso.
Nascido há dois anos, o Projeto Superação foi criado pela minha ex-aluna Amanda Coelho, que estudava no Colégio Estadual Professor João de Oliveira. Enquanto praticamos nossa individualidade doentia, Amanda e mais 18 voluntários saem por aí levando alegria àqueles que já tinham a solidão como sua companheira quase inseparável. No dia 21 de dezembro último, por exemplo, o Superação esteve no Asilo Santo Antônio, em Lagarto-SE. Foi um dia de alegria para as chamadas crianças idosas. E a satisfação com as brincadeiras e com os presentes não era só dos velhinhos e das velhinhas. Os voluntários do Superação pareciam tomados pela contaminação do amor ao próximo.
No dia seguinte, o Superação já estava em Poço Verde e foi visitar populares no povoado Lagoa do Junco. Mesmo com o sol a pino, com dificuldade para conseguir transporte, os voluntários fizeram a alegria da garotada e de várias famílias do povoado. Contaram com a colaboração fundamental de Negão  da São José Calçados e do vereador Jaci de Silvino. Foram distribuídos brinquedos tanto em Lagoa do Junco como em Cedro e em todas as casas da estrada até a sede de Poço Verde. Também sortearam cestas básicas para diversas famílias da localidade.
Com apenas 2 anos e 2 meses de existência, Amanda Coelho se orgulha do muito que já fez, admitindo que ainda precisa fazer muito mais. Para isso, conta com seus bravos voluntários e espera que o grupo cresça cada vez mais. 
Num fim de ano marcado por meses de um pacote completo de maldades: corrupção, miséria, desamor, desemprego, dívidas, injustiça e outras misérias, a vitalidade do Projeto Superação é um lenitivo para nossa região. Enquanto alguns pensam que a solução está na matança de nossos jovens, ou em outras atividades práticas violentas que eliminam o livre arbítrio e o livre pensar, Amanda Coelho e seus voluntários dão exemplos poetizados por Drummond: só de mãos dadas poderemos remover as pedras no meio do caminho. Caso contrário, um dia bem próximo, restará apenas a opção de, sem destino, perguntarmos a nós mesmos: e agora?
Para ver mais fotos do Superação, dê um clique AQUI.   (Landisvalth Lima)