Exclusivo!

Poucas & Boas 2017.3

2020 já começou? Alguns políticos de Heliópolis precisam saber que 2020 só começa após 2018. Ou seja, os resultados de 2018 podem in...

Novidade

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Tudo sobre a Greve da PM: A Bahia está um caos!


     Ministro fala de guerra psicológica
Cardozo com Wagner: Guerra psicológica
(foto: Manu Dias/Secom)
O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse neste sábado (4), em reunião com autoridades em Salvador, que as ações criminosas sofridas na capital baiana e no interior após a deflagração de greve por parte da polícia militar, tem ocorrido também em outros estados brasileiros. “Isso faz parte de uma guerra psicológica, uma estratégia dos movimentos. As providências estão sendo tomadas, a lei e a ordem serão cumpridas”, considera. Ele afirmou que já pediu a reserva de vagas em dois presídios de segurança máxima para transferir, se for preciso, os policiais que cometeram atos contra a Lei. Segundo Cardozo, a presidente Dilma Rousseff decretou, nos termos da legislação em vigor, a Operação de Lei e Ordem, o que significa a possibilidade de mobilização da Força Nacional, da Polícia Federal e das Forças Armadas sob o comando do Ministério da Defesa. “Isso nos permite trazer para a Bahia o maior contingente operacional que já se fez em situações dessa natureza. São mais de três mil homens, somando as Forças Armadas e o Ministério da Justiça em estreita relação com o Governo do Estado da Bahia”, disse. Cardozo destacou que a vinda à Bahia, junto com o chefe do Estado Maior das Forças Armadas, é uma orientação da chefe de Estado. “Nós estamos dando ao Governo da Bahia todo o apoio incondicional para que seja possível cumprir a missão na defesa da ordem e do estado de direito", assegurou.
     José Eduardo Cardozo pede reserva de vagas em presídios
O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou neste sábado (4), durante reunião com autoridades em Salvador, que já pediu a reserva de vagas em dois presídios de segurança máxima para transferir, se for preciso, os policiais militares que cometeram atos criminosos. Cardozo disse que a Polícia Federal já está orientada para que transgressões à lei sejam apuradas e punidas com o máximo rigor. O titular da Justiça ressaltou que depredações e ataques a equipamentos que estão submetidos à Operação de Lei e Ordem configuram crime federal. “Portanto, a Polícia Federal poderá investigar, apurar e submeter as ações ao Ministério Público Federal, para que as medidas corretas sejam tomadas, sem prejuízo das sanções no âmbito do Estado e nas ações que o Ministério Público Estadual deve adotar”. O presidente da Associação de Policiais e Bombeiros do Estado da Bahia, Marco Prisco, negou que os grevistas tenham sido responsáveis pelos atos de vandalismo vividos em Salvador desde que a paralisação foi deflagrada. Ele disse que, por iniciativa espontânea do movimento, as 16 viaturas trazidas por grevistas para frente da Assembleia Legislativa serão devolvidas. Ainda assim, a Justiça determinou no final da manhã deste sábado (4) a reintegração de posse dos veículos apreendidos ilegalmente pelos manifestantes.
Policias aderiram à greve em Itabuna
     Atos de vandalismo chegam a Vitória da Conquista
O vandalismo em estabelecimentos comerciais atinge também Vitória da Conquista, no sudoeste do estado, onde a polícia militar aderiu à greve. De acordo com informações do Blog do Anderson, na Travessa Justino Gusmão, próximo ao terminal da Avenida Lauro de Freitas, a loja Baratão dos Calçados teve uma das suas vidraças destruídas e em seguida quatro pessoas invadiram o local.  Dois deles fugiram e levaram produtos. Um agente da Tecnoguard, responsável pelo sistema de monitoramento da empresa, esteve no local e acionou a Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE), que registrou a ocorrência.
     Policial civil assassinado
Um policial civil foi assassinado por volta das 10h deste sábado (3) na Avenida Antônio Carlos Magalhães. De acordo com a assessoria da Polícia Civil, João Carvalho Filho, 48 anos, foi morto com cerca de 15 tiros na região do tórax. Ele havia levado a mulher ao médico e aguardava dentro do carro do casal, quando foi abordado pelos criminosos. Segundo a 6ª Delegacia (Brotas), o policial foi executado próximo ao Hiper Posto, no bairro do Itaigara. A polícia não informou se o policial reagiu ou se foi morto após os bandidos descobrirem que ele era policial. Os criminosos também roubaram a pistola do civil antes de fugirem do local . Ele foi socorrido por uma viatura da PM para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos e morreu depois de dar entrada na unidade médica. O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
     Vídeo mostra loja sendo saqueada em Pirajá
“A casa vai ficar bonita para o carnaval”, ironizou o cinegrafista amador que filmou o arrastão na loja Selfshop Eletro, no bairro Pirajá, em Salvador, em meio à greve dos policiais militares na Bahia às vésperas da festa momesca. A loja de produtos eletrônicos localizado na Rua Oito de Novembro sofreu o atentado por volta das 15h. O vídeo postado no Youtube mostra geladeiras, televisores, móveis, produtos ainda na caixa que foram levados por saqueadores muitas vezes nas costas.
Justiça determina reintegração de posse
A Justiça determinou no final da manhã deste sábado (4) a reintegração de posse das viaturas apreendidas ilegalmente pelos manifestantes ligados à Associação dos Policiais, Bombeiros e dos seus Familiares do Estado Bahia (Aspra), em um dos acessos à Assembleia Legislativa da Bahia, localizada no Centro Administrativo. A Secretaria de Segurança Pública ordenou que a decisão judicial seja cumprida imediatamente no início desta tarde. Os manifestantes, além de apreender as viaturas, furaram os pneus dos veículos.
     Em outros estados PMs podem também entrar em greve
A greve de cerca de um terço dos policiais militares baianos, iniciada na noite de terça-feira (31), poderá provocar um movimento nacional, segundo informações do A Tarde. Conforme o secretário da Associação Nacional de Entidades Representativas de Praças Militares Estaduais (Anaspra), Roberto Caetano, que visitou os PMs baianos amotinados na Assembleia Legislativa, há uma possibilidade de a categoria do Rio de Janeiro aderir à paralisação. A informação foi confirmada pelo coronel Almir Rosa, comandante do policiamento militar carioca. Segundo ele, haverá, na próxima sexta-feira (9), uma reunião na Cinelândia do Rio de Janeiro, para discutir se haverá greve. Se acatado, o movimento no Rio começa no dia 10 de fevereiro. O motivo da mobilização é a busca de melhorias de condições de trabalho da categoria. Caso o comando da PM carioca decida entrar em greve, haverá a solicitação do apoio das polícias militares de outros estados brasileiros. Para tentar conter a ameaça de greve, o governador do Rio, Sérgio Cabral, enviou uma mensagem na abertura dos trabalhos na Casa Legislativa do Estado, que já altera as regras dos reajustes previstos para a categoria. Segundo o novo modelo, em fevereiro será concedido 10,15% de aumento.
Exército chegando para dar reforço
     Polícia afirma que muitas notícias sobre saques são boatos
Os rumores de arrastões e saques em diversos pontos da capital baiana têm gerado insegurança na população local, mas, segundo a Central de Polícia, muitas situações não passam de boatos gerados pelo clima de instabilidade. No bairro de Cosme de Farias, notícias de que o supermercado da rede Todo Dia havia sido invadido por saqueadores foram desmentidas pela polícia. Segundo informações da 58ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), uma viatura foi deslocada ao local, mas não constatou nenhum tipo de anormalidade. Na Ribeira, próximo ao campo de futebol do bairro, rumores de que homens encapuzados e armados circulavam pela região causaram pânico na população, mas não foram confirmados pela polícia. Também não foram ratificadas as informações de onda de assaltos na Avenida Silveira Martins, no Cabula, e na Avenida Lima e Silva, na Liberdade, onde os comerciantes fecharam as portas no final da manhã.
     Ricardo Eletro e Cesta do Povo arrombadas
As lojas da Cesta do Povo, no bairro do Comércio, e da Ricardo Eletro, na Baixa dos Sapateiros, foram arrombadas e saqueadas na madrugada deste sábado (4), em Salvador. Segundo informações da Central de Polícia, o estabelecimento da Cesta do Povo teve a janela lateral danificada e diversos produtos roubados. Já na Baixa dos Sapateiros, suspeitos ainda não identificados arrombaram a porta principal da Ricardo Eletro e levam vários produtos, entre eletrodomésticos e eletroeletrônicos. Os dois estabelecimentos encontram-se fechados neste sábado. Nos dois casos, o Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi acionado para realização de perícia. Nenhum suspeito foi identificado ou preso até o momento.
     Roubaram até doações para Iemanjá
Criminosos invadiram a Colônia de Pescadores do Rio Vermelho, na manhã deste sábado (4), e roubaram as doações em dinheiro para Iemanjá que estavam guardadas em um cofre. “Nós limpamos a casa ontem [3], coletamos todas as ofertas colocadas dentro da gruta de Iemanjá e guardamos dentro desse cofre. Só que enquanto eu esperava um caminhão-pipa passar por aqui, alguém arrombou a nossa casa, quebrou as janelas e levou o cofre”, contou o presidente da Associação de Pescadores, Marcos Souza. A estimativa é de que tenha sido roubada uma quantia de aproximadamente R$ 600 em moedas. O cofre foi encontrado vazio por um pescador pouco depois, na praia do Rio Vermelho. “Quem quebrou o vidro da janela e arrombou a colônia conhecia o local, conhecia a nossa rotina, sabia que eu estava fazendo a limpeza na casa e que o cofre estava ali dentro”, denuncia. O roubo foi registrado na 7ª Delegacia (Rio Vermelho), que ficará responsável por investigar o caso. Informações do jornal Correio.
     58 carros roubados em 24 horas
Cinquenta e oito carros foram roubados em Salvador e Região Metropolitana (RMS) nesta sexta-feira (3), quarto dia de greve de parte do efetivo da Polícia Militar (PM) na Bahia. Os números foram divulgados no site da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-BA). A Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV) conseguiu recuperar outros 17 veículos roubados no mesmo período. Os bairros campeões em número de ocorrências foram Brotas, com seis automóveis roubados, e Itapuã, onde foram registradas cinco ações deste tipo. Neste sábado (4), mais um carro foi levado por bandidos, dessa vez no bairro do Imbuí.
      Informações do Bahia Notícias.