Exclusivo!

Tiroteio, morte e sequestro em Heliópolis

João José (esquerda) morreu no tiroteio. Mateus (direita) está desaparecido A violência em nossa região está tão grande que é preciso a...

Novidade

sábado, 25 de janeiro de 2014

Revista ISTOÉ revela o esquema de Lupi para liberar criação de sindicatos


Segundo a empresária Ana Cristina Aquino, Manoel Dias,
 atual ministro do Trabalho, deu prosseguimento à criação de
sindicato pleiteado por ela
"Levei R$ 200 mil para o ministro Lupi". A empresária Ana Cristina Aquino diz que pagou propina para o ex-ministro Carlos Lupi e que esquema para criação de sindicatos no Ministério do Trabalho permanece na gestão de Manoel Dias
por Izabelle Torres – da ISTOÉ.
A empresária mineira Ana Cristina Aquino, 40 anos, é uma conhecedora dos meandros da corrupção no Ministério do Trabalho e desde dezembro do ano passado vem contando ao Ministério Público Federal tudo o que sabe. As revelações feitas por ela tanto aos procuradores como à ISTOÉ mostram os detalhes da atuação de uma máfia que age na criação de sindicatos – setor que movimenta mais de R$ 2 bilhões por ano – e que, segundo a empresária, envolve diretamente o ex-ministro e presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e o atual ministro, Manoel Dias. “Levei R$ 200 mil para o ministro Lupi numa mochilinha da Louis Vuitton”, diz a empresária. De acordo com ela, o ministro Manoel Dias faz parte do mesmo esquema.
E o esquema continua 
Segundo a empresária Ana Cristina Aquino, Manoel Dias, atual ministro do Trabalho, deu prosseguimento à criação de sindicato pleiteado por ela. Ana Cristina é dona de duas transportadoras, a AG Log e a AGX Log Transportes, e durante três anos fez parte da máfia que agora denuncia. A Polícia Federal em Minas Gerais já tem indícios de que suas empresas serviam como passagem para o dinheiro usado no pagamento das propinas para a criação de sindicatos. Em apenas 24 meses, entre 2010 e 2012, a empresária trocou as dificuldades de uma vida simples pelo luxo de ter avião particular, helicóptero, uma mansão em Betim (MG) e até cinco carros importados na garagem. Para ela, o esquema começou a ruir depois que ISTOÉ revelou, em outubro do ano passado, que seu enriquecimento era alvo de uma investigação da PF. “Os antigos parceiros me abandonaram. Estou sendo ameaçada, mas não vou pagar essa conta sozinha”, diz Ana Cristina.
Leia a reportagem completa clicando aqui

Municípios do semiárido recebem equipamentos do PAC2

Foram entregues máquinas do programa federal do PAC2 e aconteceu a assinatura de ordem de serviço para construção de via de acesso ao aeroporto de Feira de Santana
José Ronaldo, Zé Neto e Otto Alencar na assinatura da
ordem de serviço para melhorar Aeroporto de Feira.

foto: Elói Corrêa/GOVBA
O governador em exercício e secretário de Infraestrutura, Otto Alencar, entregou nesta sexta-feira (24), em Feira de Santana, 262 equipamentos, sendo 70 caminhões-pipa, 116 pás-carregadeiras e 76 caminhões-caçambas, a municípios do semiárido baiano. “Os equipamentos irão ajudar os municípios da região, principalmente os que mais sofrem com a estiagem”.
A ação é uma forma de ajudar municípios do semiárido que não têm condições sequer de alugar os equipamentos. É um número de maquinário suficiente para ajudar os prefeitos a realizar diversas obras, principalmente na zona rural, com várias tecnologias visando acumular água, possibilitando que os moradores produzam mais e vivam melhor nos períodos de estiagem.
Ordem de serviço
Também nesta sexta, o governador em exercício assinou a ordem de serviço para a construção de uma via que vai interligar o Aeroporto de Feira de Santana à Avenida Contorno, trecho da BA-503. São quase seis quilômetros de estrada que irão facilitar também o acesso a cidades como Coração de Maria e Conceição do Jacuípe. 
Atualmente, o aeroporto passa por reformas e, até o final desde ano, deverá receber voos regulares, de acordo com informações de Otto Alencar, que visitou as obras. Segundo ele, ainda não há previsão do número de voos ou se vão ser diários ou semanais. “Vai depender da análise da demanda, mas Feira de Santana e as cidades localizadas ao redor possuem mais de um milhão de habitantes, o que valida a necessidade de um aeroporto que faça jus à região”.

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Por que a Finlândia tem a melhor educação do mundo?

                                    Do portal TERRA
Ministra finlandesa explica os pilares da educação no país. 98% da população tem acesso à educação gratuita na Finlândia, e todos professores têm mestrado. A ministra da Educação e Ciência da Finlândia, Krista Kiuru, conversou por e-mail sobre questões relativas ao sistema educacional do seu país.
Krista Kiuru - Ministra da Educação e Ciência da Finlândia
(foto:www.mtv.fi)
Líder do PISA (Programa Internacional de Avaliação de Alunos, na sigla em inglês), ranking internacional de avaliação da educação, a Finlândia chama a atenção da comunidade pedagógica pela eficiência do seu modelo educacional. O país nórdico conseguiu desenvolver uma educação gratuita e de qualidade, sustentada pela valorização do professor em um sistema igualitário e de acesso universal. Mesmo sem uma grande avaliação nacional, o governo finlandês consegue manter uma qualidade homogênea em todas as regiões do país.
Em passagem pelo Brasil no ano passado, quando participou do Bett América Latina Cúpula de Liderança (evento que ocorre nos dias 31 de outubro e 1º de novembro, em São Paulo), a ministra da Educação e Ciência da Finlândia, Krista Kiuru, 39 anos, conversou por e-mail sobre questões relativas ao sistema educacional do seu país. Representante do Partido Social Democrata, de centro-esquerda, Krista trabalhou no Ministério do Transporte e Comunicações entre 2011 e maio de 2013, quando assumiu seu atual posto. A ministra estudou filosofia, teologia e sociologia, na Universidade de Turku. Atuou como professora de Filosofia, Religião e Artes na escola secundária. A seguir, confira a entrevista exclusiva feita por e-mail pelo Terra.
Terra - Como a Finlândia atingiu um nível tão bom na educação, liderando o ranking do PISA?
Krista Kiuru - Nós estamos muito felizes e honrados com os bons resultados conquistados no último ranking do PISA. Mas também somos um pouco modestos para explicar as razões por trás do nosso sucesso. Não há um simples truque ou uma resposta fácil para essa pergunta. A sociedade finlandesa valoriza a civilização e a educação e, portanto, tem uma atitude muito positiva em relação à educação. Qualquer mudança na política de educação cria sempre um debate público intenso, que reflete o forte compromisso com o assunto na Finlândia.
Para destacar três elementos em nossa educação, menciono os bons professores, a qualidade uniforme na educação e também um claro compromisso com a igualdade. O investimento na formação de professores levou a uma situação em que as diferenças na qualidade do ensino são muito pequenas entre 'uma região e outra. No ensino fundamental, todos os alunos têm acesso garantido à escola mais próxima.
O foco hoje em dia é colocado muito na tecnologia moderna, mas eu gostaria de lembrar a importância da leitura, fundamental para a aprendizagem. Na Finlândia, temos uma rede de bibliotecas de alto padrão, em que nenhuma taxa é cobrada para empréstimo ou uso das coleções. O índice de quase 100% de alfabetização garante o sucesso em diferentes disciplinas e nos diferentes estágios da educação.
Eu tenho enfatizado a boa educação de qualidade uniforme, mas eu gostaria de mencionar também as necessidades individuais. As necessidades dos alunos desempenham um papel importante no currículo nacional. Muita atenção tem sido destinada em apoiar individualmente o aprendizado e o bem-estar dos alunos.
Terra - Como a senhora acha que a tecnologia deve ser usada em sala de aula? É essencial introduzi-la nas escolas?
Krista - A tecnologia é parte da vida das crianças mesmo antes de entrar na escola, de modo que, às vezes, elas são mais experientes com a tecnologia do que os seus professores! A tecnologia moderna pode ampliar tantas possibilidades na sala de aula que não podemos nem mesmo reconhecê-las ainda. Ela é principalmente uma ferramenta para aprender vários assuntos. Sinto-me honrada em dizer que, na Finlândia, temos alguns desenvolvimentos interessantes, como jogos educativos móveis criados com base em pesquisa acadêmica.
A habilidade de usar a tecnologia da informação é essencial para a sobrevivência no mundo de hoje. As escolas desempenham um papel importante para levar as mesmas possibilidades para todas as crianças.
Terra - A Finlândia provou que é possível ter educação gratuita e de qualidade. Como foi esse processo?
Krista - Desde o início do século XIX, a educação popular tem sido uma parte fundamental do projeto de identidade nacional. No século XX, os movimentos políticos compartilharam amplamente esta atitude positiva para a educação. Serviços básicos bons e gratuitos são o coração da sociedade de bem-estar finlandesa. De acordo com este pensamento, todas as pessoas têm o direito a ter serviços de qualidade, não importando a sua origem familiar ou o local de residência. A educação de qualidade desde a educação infantil até o nível universitário é uma parte importante desses serviços básicos.
Há ainda um forte consenso na Finlândia sobre educação gratuita; este valor é amplamente compartilhado pela população e por todos os partidos políticos finlandeses. Como os recursos naturais do nosso país são limitados e localizados longe das principais áreas de mercado, a boa educação das pessoas e o investimento no capital humano são prioridades.
Terra - Como vocês fizeram para formar bons professores e valorizá-los?
Krista - Historicamente, os professores têm sido altamente valorizados na sociedade finlandesa. A profissão de professor ainda é muito popular, por isso as nossas universidades que formam professores podem escolher o melhor entre os melhores candidatos. Nossos professores têm uma formação acadêmica baseada em pesquisa e todos têm mestrado. A formação inclui vários períodos de práticas pedagógicas, por isso mesmo os jovens professores têm experiência no ensino logo que graduados. Eles conhecem o assunto e são pedagogicamente bem treinados.
Como os professores são altamente qualificados, confiamos neles e há total independência para organizarem o seu trabalho. Acho que confiar no seu profissionalismo é a melhor maneira de mostrar o apreço. Por exemplo, os materiais didáticos não são inspecionados em nível nacional (esta prática foi abandonada no início da década de 1990), então as escolas e os professores têm a liberdade de escolher o material que desejam utilizar, bem como os métodos de ensino.
Terra - Qual é o papel do governo na educação? As escolas são absolutamente livres para decidir como ensinar e avaliar os alunos?
Krista - Nosso sistema educacional se baseia em autogestão das escolas, currículos escolares desenhados a partir de metas nacionais e auto avaliação. Flexibilidade na governança quer dizer que a responsabilidade pela educação repousa nas autoridades locais, ou seja, muito perto dos jovens e de suas famílias.
O governo determina os objetivos gerais da educação e a distribuição de horas de aula. O Ministério da Educação e Cultura elabora a legislação e decisões relativas à educação. O Conselho Nacional de Educação estabelece os objetivos concretos e conteúdos fundamentais do ensino nas diferentes disciplinas e é responsável pelo currículo nacional. As autoridades locais são responsáveis pelo arranjo prático de escolaridade e por compor o currículo municipal. Cada escola, em seguida, escreve o seu próprio currículo baseado tanto no currículo nacional quanto no municipal.
Terra - Que medidas implantadas na educação finlandesa poderiam ser aplicadas para um país com uma realidade diferente como o Brasil?
Krista - É sempre bom aprender com as experiências de outros países - isso é o que há de melhor na cooperação internacional. Mas dar conselhos ou copiar algo não é a abordagem correta. Cada sistema de ensino reflete a cultura e a história de seus países - é por isso que boas experiências e práticas não podem ser transferidas diretamente de um país para outro. Mas o que pode ser dito é que o compromisso com a educação como um direito humano básico à disposição de todos, a igualdade entre os alunos - o que significa que você deve ver o potencial de todas as crianças -, a escolaridade como um serviço público e professores altamente qualificados têm funcionado bem na Finlândia.
Desejo encorajar o Brasil a ter um debate nacional forte e aberto sobre a política de educação, e, com base nesta discussão, dar passos determinados na aplicação das reformas que são consideradas necessárias. Fico feliz que o Brasil e a Finlândia estejam tendo uma cooperação tão intensa na educação, para que possamos compartilhar nossos pensamentos e trabalhar em conjunto para uma melhor educação em ambos os países.
Fonte: Cartola - Agência de Conteúdo - Especial para o Terra.  

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Concursos abrem 11.400 vagas de servidor federal com salários de até R$ 13 mil

Uma das 58 mil vagas que podem ser abertas em concursos este ano pode ser sua. Confira dicas para estudar, concursos com previsão de abertura e vantagens de ser um servidor
Victor Longo – do CORREIO
O estudo constante e metódico ainda é a melhor saída para os concurseiros
(foto: Robson Mendes/Correio)
Se você pretende colher todos os benefícios de se tornar um servidor federal, não faltarão oportunidades em 2014. Isso porque, segundo previsão do governo federal, até 58 mil vagas para provimento em concurso público poderão ser abertas ao longo do ano. Esse número é bem maior que o do ano passado, quando a previsão era que 49 mil vagas fossem abertas. Até o momento, pelo menos 11.474 vagas já foram oficialmente autorizadas pelo Ministério do Planejamento. Somente esta semana, um novo concurso foi autorizado e um edital foi publicado.
A previsão do provimento de mais de 58 mil vagas é da Lei Orçamentária Anual (LOA), publicada no Diário Oficial da União de anteontem. A maioria das vagas previstas (47.112) é no Poder Executivo, que inclui a Presidência da República, os ministérios e seus órgãos. As outras 11.093 vagas divididas entre o Legislativo, o  Judiciário e o Ministério Público da União. Segundo o Ministério do Planejamento, se todas as vagas do Executivo forem ocupadas, os gastos extras serão de R$ 2,053 bilhões anuais, no caso de novos quadros, e de outras R$ 224,9 milhões, para substituição de terceirizados. No entanto, a LOA determina um número máximo de vagas e nem todas têm obrigatoriedade de ser abertas. No Poder Executivo, por exemplo, havia a previsão de abertura de 40,8 mil vagas no ano passado, das quais 28,1 mil foram preenchidas.
Estudos
Dê um clique para ampliá-la
Para abocanhar uma das vagas, professores de cursinhos recomendam muita dedicação e persistência. O especialista Charles Peterson dá algumas dicas para quem pretende se preparar. “É preciso observar a forma de estudar, se programar, ter um método que funcione, de acordo com suas possibilidades de tempo”, orienta. O primeiro passo, segundo ele, é colocar um esquema no papel. “Não se deve estudar só de cabeça, é preciso ter um planejamento escrito”, afirma. Para ele, o candidato deve considerar o peso das matérias e a importância que cada matéria tem na prova. “O correto é dar maior ênfase às matérias mais importante nas provas e àquelas que você tem mais dificuldade”, recomenda. “É preciso ter um momento para estudar todos os dias, pois o nível dos concurseiros tem aumentado cada vez mais”, acrescenta a professora de Redação da Casa dos Concursos, Graça Souza. Ela lembra que, hoje, cerca de 90% dos concursos incluem a redação. “Em algumas provas, a redação é classificatória. Em outras, só os primeiros candidatos têm as redações corrigidas”, observa. Segundo ela, é importante fazer um esquema para organizar as ideias (planejamento de redação) antes de começar a escrever; escrever o rascunho e corrigi-lo antes de passar a limpo.
Determinação
No final de 2013, a pedagoga Lílian Dantas, de 47 anos, estabeleceu uma nova meta para sua vida: tornar-se uma servidora pública. “Infelizmente, o mercado tem certa resistência a contratar pessoas com a minha idade, então há uma dificuldade muito grande em achar emprego, mesmo tendo conhecimento e experiência”, explica. Em dezembro, ela se matriculou num cursinho para tentar uma vaga no concurso do Branco do Brasil, com prova já marcada, e para o da Caixa, com edital previsto para este semestre. “Agora, estou tendo aula todos os dias, das 8h às 18h”, conta. Lílian ainda arruma tempo para revisar o conteúdo antes da aula. “Entrou na chuva é para se molhar”, brinca. Mesmo com dificuldades por ter ficado muito tempo sem estudar, ela promete dedicação máxima. E se não passar? “Vou tentar de novo. Não vou desistir”, assegura a pedagoga.
Cursinhos em Salvador custam até R$ 5 mil
O investimento para quem pretende se tornar um servidor público federal é variável. Na Casa dos Concursos, na Pituba, os pacotes para concursos específicos custam de R$ 1,5 mil a R$ 5 mil. É possível fazer matérias isoladas. Outros cursinhos em Salvador são o Juspodivm, Ímpar e Acerte.
Ministério da Saúde terá concurso de 583 vagas em C&T para o Inca
Em portaria publicada no Diário Oficial da União de ontem, sob nº 15/2014, a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, autorizou a realização de concurso público para preenchimento de 583 cargos da carreira de Ciência e Tecnologia (C&T) pertencentes ao quadro de pessoal permanente do Ministério da Saúde. Ao longo deste ano, outras 1.917 vagas ainda podem ser abertas para o mesmo ministério, segundo previsão da lei que aprovou o orçamento federal. As funções que já tiveram autorização ontem foram: pesquisador (25 vagas), tecnologista (276), analista em ciência e tecnologia (76), assistente em ciência e tecnologia (32) e técnico (174), e visam atender as necessidades de pessoal do Instituto Nacional do Câncer (Inca).
A prévia autorização do Ministério do Planejamento é requisito para o provimento de vagas e está condicionado à existência de vagas na data da nomeação. A autorização também depende de previsão anterior na Lei Orçamentária Anual (LOA) e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias, demonstrando a origem dos recursos a serem utilizados. O prazo para a publicação do edital de abertura de inscrições para o concurso público será de até seis meses, contado a partir da publicação da portaria.
Agricultura divulga edital: salários podem chegar a quase R$ 13 mil 
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicou, anteontem, o edital do concurso com oferta de 796 oportunidades para nível fundamental, médio, técnico e superior, distribuídas por todo o país. Do total de vagas, 246 são para o cargo de fiscal agropecuário, com salários de R$ 12.912,38 e auxílio- alimentação. Estão aptas a concorrer ao cargo de fiscal agropecuário pessoas com formação superior em cinco diferentes áreas. São elas: Agronomia (84), Veterinária (116), Química (24), Farmácia (14) e Zootecnia (8). Também há vagas para o nível médio. Os cargos, nesse caso, são de agente de inspeção sanitária e industrial de produtos de origem animal (105). Para esse mesmo nível, ainda há 74 oportunidades para auxiliar de laboratório, com remuneração de R$ 4.102,44. Quem tiver nível técnico pode concorrer a dois diferentes cargos - o de agente de atividades agropecuárias (53) e o de técnico de laboratório (194). O salário dos três últimos são de R$ 6.223,79. As inscrições começam daqui a uma semana e meia, a partir de 3 de fevereiro, e vão até o dia 6 de março, através do site da Consuplan, organizador do concurso. O endereço é www.consulplan.net. As taxas de inscrição variam de acordo com o nível: R$ 38,50 (médio), R$ 50 (técnico) e R$ 71 (superior).

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Saiu o resultado parcial do Concurso de Heliópolis

     Já está no portal do SEPROD o resultado parcial do Concurso 01/2013 da Prefeitura Municipal de Heliópolis, inclusive com os resultados dos recursos sobre as questões. Também há a lista com o total obtido por cada candidato, tudo dividido entre as provas feitas pela manhã e pela tarde. Dê um clique aqui e confira.

Desbravadores pombalenses conquistam título sul-americano

Entre clubes de 8 países Sul-Americano, o clube pombalense é classificado como “Clube Destaque do Campeonato”
Diretor Messias levantando troféu de Clube Campeão
Com uma comitiva de 36 desbravadores, o Clube Arco-Íris de Ribeira do Pombal deixou a cidade no dia 05 de janeiro para participar do IV Campeonato Sul-Americano que aconteceu entre os dias 07 a 12 de janeiro na cidade de Barretos-SP. Após meses de muita luta, preparação, planejamentos, investimentos e campanhas, o sonho tornou-se realidade. Acumulando 8 títulos de Clube 5 estrelas (padrão ouro) e considerado um dos melhores Clubes da Região Central da Bahia, o Clube de Desbravadores Arco-Íris de Ribeira do Pombal, foi selecionado entre os mais de 6 mil clubes de desbravadores do território da Divisão Sul Americana que envolve 8 países para participar do IV Campeonato Sul-Americano, ou “Campori” na linguagem dos desbravadores, o maior encontro de desbravadores já organizado na América do Sul.  O evento que acontece a cada 10 anos reuniu desta vez, na cidade de Barretos-SP, 35 mil desbravadores dos diversos países da América Latina como Argentina, Equador, Chile, Peru, Paraguai, Uruguai, Bolívia e Brasil, além de representantes dos EUA, Canadá, México, da Europa, África e até da Ásia.
Desbravadores Cinco Estrelas a nível Sul-Americano
Prof. Juscelino Miranda, total apoio aos desbravadores
Foi neste universo cultural, representando exitosamente a cidade de Ribeira do Pombal e os clubes da região que não puderam participar do evento, que o clube Arco-Íris competiu, retornando Campeão entre os clubes da América do Sul e com o tão merecido título de “Clube 5 Estrelas”. E para a alegria ser completa, o clube foi informado que atingiram 1.422 pontos além do necessário para a conquista do título. Por conta disso a organização do evento classificou o Clube Arco-Íris como “Clube Destaque do Campeonato” e todos os desbravadores pombalenses foram condecorados com uma comenda de honra.
O evento foi notícia nos principais veículos de comunicação do País. O Jornal Nacional, da TV Globo, telejornal de maior audiência no Brasil, veiculou uma reportagem de pouco mais de dois minutos na noite de sexta, 10 de janeiro. No sábado, a Folha de São Paulo, jornal com maior circulação no Brasil, também destacou o acampamento internacional. Para alegria do Clube Arco-Íris, a desbravadora pombalense, Ariel Gama, participou de uma reportagem feita pela TV Novo Tempo (canal 14 da Sky).
CLASSIFICAÇÃO: 5 estrelas com destaque

Educadores Sociais do Clube: Compromisso com a juventude
O Clube de Desbravadores em Ribeira do Pombal, existente há 28 anos, é instituição voltada ao atendimento de crianças e adolescentes que segundo o Prof. Juscelino Miranda, Diretor Associado, “todos os finais de semana o clube se reúne para que menos crianças e adolescentes se envolvam com crime, drogas, prostituição, oferecendo oportunidades para que supram de forma sadia suas necessidades e o título Sul-Americano é uma maneira de demonstrar quão importante o clube é na formação de valores na nossa sociedade”, afirmou. 
Pode participar do Clube de Desbravadores qualquer criança de 10 a 15 anos, independente de sexo, classe social, cor ou fé religiosa. O grupo se reúne sempre aos domingos, das 9h às 12h, no CEB (Colégio Evência Brito). Os interessados podem se dirigir ao local a partir do Mês de março, no referido dia e horário. Parabéns aos desbravadores campeões Sul-Americanos, aos pais, aos colaboradores, patrocinadores e a todos que confiam e acreditam no trabalho do Clube. (Dê um clique nas fotos para ampliá-las)

Mulher e criança escapam da morte

Câmeras de segurança de um estabelecimento comercial registraram o momento exato em que um menino de 5 anos e a avó, de 56, foram atropelados por um carro. O caso aconteceu nesta terça-feira (21), na cidade de Anápolis, em Goiás, e foi motivado por outro acidente: a colisão entre dois veículos – um deles estava estacionado. Nas imagens, um dos automóveis passa por cima da cabeça da criança e derruba a avó. Após o episódio, a criança levanta ilesa e, naturalmente, ajuda a avó. A idosa e o neto foram socorridos e encaminhados para o Hospital de Urgências de Anápolis (Huana). De acordo com a unidade médica, as vítimas passaram por duas séries de exames, mas só foram registradas escoriações leves. A criança recebeu alta no mesmo dia, mas a avó foi liberada somente na manhã desta quarta-feira (22).
Informações do Bahia Notícias.

Indicado para o MS é investigado pelo MP

Arthur Chioro (PT) já assume ministério encrencado
Parece que o PT adora uma encrenca ou não consegue se livrar de problemas relacionados à corrupção no serviço público. O escolhido pela presidente Dilma Rousseff para comandar o Ministério da Saúde, Arthur Chioro, atual secretário da Saúde em São Bernardo do Campo (SP), é investigado pelo Ministério Público de São Paulo por improbidade administrativa. A promotora Taciana Trevisoli Panagio, responsável pela investigação, apura uma possível violação ao princípio da administração pública, já que Arthur é secretário municipal e sócio majoritário da empresa Consaúde Consultoria, Auditoria e Planejamento Ltda. que, segundo a promotora, presta serviços que confrontam a Lei Orgânica de São Bernardo do Campo. A consultoria, pertencente a Chioro desde 1997, trabalha para diversos municípios, principalmente os sob gestão petista, como Ubatuba e Botucatu. O inquérito civil público foi instaurado em setembro de 2013. A escolha por Chioro foi influenciada pela disputa entre Padilha e o ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel, pela indicação do futuro titular da saúde. Como de costume, a presidente Dilma optou por uma terceira via com a escolha do secretário. Chioro, que entrará no lugar de Alexandre Padilha, foi responsável pelo Departamento de Atenção Especializada do Ministério da Saúde, entre os anos 2003 e 2005, quando implantou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ele é formado em medicina e tem doutorado pela Unifesp.
Além disso, o petista Arthur Chioro é personagem de um episódio rumoroso ocorrido na Bahia, em 2007, quando o agora ex-secretário estadual de Saúde Jorge Solla quis impedir um jornalista correspondente da Folha de S. Paulo de deixar o seu gabinete. À época, o profissional da imprensa ouviu Solla sobre denúncias de que ele teria beneficiado uma empresa francesa da qual Chioro era consultor, a Conseil Santé, em uma licitação com o governo. Munido de documentos – entre eles papéis que apontavam a ligação entre a Conseil Santé e a consultoria de Chioro, a Comsaúde – o repórter foi questionado por Solla sobre o responsável pelo vazamento dos dados, segundo a coluna Satélite, do jornal Correio. O então secretário ainda pediu à Polícia Civil que impedisse a saída do jornalista. Como não conseguiu que o correspondente revelasse a informação, o liberou após três horas. Solla alegou fraude nos papéis e registrou queixa na Delegacia de Crimes Econômicos e Contra a Administração Pública. Chioro e Solla trabalharam juntos no Ministério da Saúde, durante a gestão do petista Humberto Costa. As informações são da Folha de São Paulo e do Bahia Notícias.
Piso do professor: 1.697,00
O governo federal definiu em 2014 um reajuste de 8,32% no piso nacional dos professores da educação básica e causou atrito com a categoria no momento em que Aloizio Mercadante deixa o Ministério da Educação para assumir a Casa Civil da Presidência. Os docentes esperavam de 13% a 15%. Agora, acusam o MEC de ter "maquiado" os dados para o cálculo do índice, previsto em lei, como forma de reduzir o impacto nas contas de Estados e municípios -que pressionavam a União por um percentual menor. Em tese, com o índice, nenhum dos 2 milhões de professores da rede pública poderá ganhar menos do que R$ 1.697 - hoje são R$ 1.567. Uma merreca por 40 horas de trabalho!
Jornada Pedagógica de Cícero Dantas
Nesta terça-feira (21) teve início a Jornada Pedagógica de Cícero Dantas, realizada no pátio do Monsenhor Galvão. A novidade este ano foi a ausência do alcaide e dos edis na cerimônia. Anos anteriores, faziam filas os vereadores, principalmente da situação, para saudar os professores. Como perguntar não ofende, Será que é por conta da redução de direitos que os ilustres representantes não se fizeram presentes? É o ex-vice-prefeito Gilmar Santos que ironiza: “Como se diz lá na roça, quem tem rabo de palha não chega perto de fogo!”. É isso.
Mudança oportunista 
Do portal “Por escrito”, do jornalista Luís Augusto Gomes: “Após mais de 12 horas de sessão, a Assembleia Legislativa acaba de aprovar, por 38 votos a favor e sem a participação da oposição, o projeto de resolução nº 2.240/14, de autoria do deputado Zé Neto, que fixa em 32 o número mínimo necessário de deputados para solicitação de destaque, isto é, votação em separado de artigo ou parágrafo de projeto de lei. O novo texto do Regimento será promulgado pelo deputado Marcelo Nilo e provavelmente publicado no Diário Oficial de quarta-feira, iniciando-se sua vigência, o que permitirá ao governo fazer a votação do orçamento sem que a oposição possa utilizar plenamente o recurso da obstrução. A mudança é uma flagrante violação dos direitos da minoria e será objeto de recurso à Justiça, previamente anunciada pela oposição em caso de aprovação. Deputados oposicionistas chamaram a atenção dos governistas para o fato de que, caso passem para a oposição no próximo quatriênio, não terão autoridade moral para contestar mudanças que a nova situação deseje introduzir.” Vale tudo em fim de governo que nada transformou!

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Esquerda Bastarda em nova edição

     Saiu uma nova edição do romance A esquerda bastarda, do professor Landisvalth Lima. A editora Livronovo fez uma parceria com a editora Perse e isso permitiu uma edição mais barata para este ano. O valor impresso está por 25,70 no portal da Perse. Além disso há também a opção de edição eletrônica por apenas 7,30. Com essa nova edição, o professor espera que o livro continue fazendo sucesso e já projeta uma segunda edição de A mulher do pé-de-cabra, além da publicação do inédito A divina comédia brasileira. Para ter acesso ao portal da Perse, dê um clique aqui.

Freira dá à luz e se diz surpresa com gravidez

               DA BBC BRASIL
Catedral de Rieti, na Itália (foto:wikimedia)
Uma freira que deu à luz um menino em Rieti, centro da Itália, disse que não sabia que estava grávida, informou a imprensa local. A mulher de 31 anos e origem salvadorenha foi levada às pressas ao hospital na terça-feira, com dores abdominais, que ela achava serem cólicas estomacais. A imprensa informou que ela teria dado ao seu filho o nome de Francisco, em homenagem ao papa. A notícia trouxe atenção internacional à pequena Rieti, de 47 mil habitantes. A prefeitura pediu ao público que respeite a privacidade da freira. "Eu não sabia que estava grávida. Só senti dores abdominais", disse a jovem, segundo a agência Ansa.
CONVENTO 
No hospital, voluntários começaram a arrecadar roupas e doações para a mãe e a criança. A freira pertence a um convento próximo a Rieti, responsável pela administração de uma casa de repouso. Outras freiras do local se disseram "surpresas" com a notícia, e o sacerdote Fabrizio Borrello informou que a mãe pretende criar o bebê. "Acho que ela estava falando a verdade quando disse que chegou ao hospital sem saber que estava grávida", disse ele. Agora o mistério fica para saber quem é o pai. Mas isso a freira deve saber, não?

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

A angústia das esperas

Imagem do palavrasoupalavras.blogspot.com
       Landisvalth Lima
Meu prazo pessoal se esgotou. Minha fé na recuperação do governo de Ildefonso Andrade Fonseca está pendurada num graveto seco à beira de um precipício. Ana Dalva me pede mais prazo depois de uma nova conversa com Beto Fonseca, depois de umas tantas outras inoperantes. Parece que o rapaz é totalmente inexperiente e indeciso ou pensa que todo mundo é menos inteligente que ele. Mas Ana Dalva me pede tempo e diz que a salvação do município é mais importante que a nossa ira. Mas parece que Ildinho, ao conversar conosco e debater as nossas propostas para corrigir os rumos, pensa que está nos fazendo favor. Beto pensa ainda mais que isso. Chega a transpirar benevolência de entidade filantrópica. Só é humilde quando a desgraça se aproxima. Quer tempo o Beto? Daremos ainda esta semana. Gama viajou para Salvador. Eu e Ana Dalva temos que cuidar da saúde, já previamente marcado. Mas tem que ser esta semana. O tempo conspira contra o município. Não posso falar por Antônio Jackson, também da comissão, mas só tomaremos decisões em conjunto: Eu, Ana Dalva e Gama. E ainda falta Tiago Andrade que só participou da primeira reunião e desapareceu. Enfim, mais angústias de esperar e nada de concreto se resolveu. Só mais até sábado (25). E que o galho que ainda segura meu fiapo de esperança resista até lá. O que ninguém pode dizer é que não sentamos para conversar, que não temos projetos para melhorar o município, que só estamos nos apropriando do poder. Ninguém poderá dizer depois que o governo Ildefonso Fonseca fracassou porque não nos dispomos a ajudar. A bola está com você, Ildinho.