Exclusivo!

Vereador ignora decisão do TCM

Novidade

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Lula quer convencer deputados com mentiras

Num vídeo postado pelo canal do Instituto Lula no You Tube, o ex-presidente Lula se dirige aos deputados em Brasília. É a última cartada para tentar reverter a derrota que se avizinha no próximo domingo. Mas o velho Lula de guerra não cede. Continua chamando o impeachment de golpe e coloca a crise econômica como um problema da crise internacional. Em algum momento, admite que a governo cometeu alguns erros. Em outro prega que nenhum homem administrará este país se não obedecer ao que reza a Constituição, a mesma que teve o voto contra do PT e de Lula e a mesma que agora está sendo seguida para destituir a sua extraordinária gerente.
Em vários momentos, Lula mente. Chega a dizer que a comunidade internacional está contra o impeachment e fala em recuperar o prestígio internacional do Brasil. Só que passa a ideia de que é o processo de impeachment que está causando todas as nossas desgraças. Ele chega a dizer que é preciso lutar contra a corrupção. Nem sequer faz mea-culpa de que tudo é produto do seu falso governo socialista. Lula também reafirma que acredita que o impeachment não passará. Levantamento feito até meio dia desta sexta-feira indica que já há 346 deputados fechados para votar a favor do impedimento. Pelo lado do governo, ainda não há 130 votos contrários. Os poucos indecisos têm até domingo, às 14 horas, para decidir sobre o impeachment de Dilma Vana Rousseff. Veja o vídeo. 

A Câmara vai fazer a vontade das ruas

Os últimos dias de uma presidente

domingo, 10 de abril de 2016

Ildinho inaugura quadra do Tanque Novo

Ildinho inaugura a quadro do Tanque Novo
O prefeito Ildefonso Andrade Fonseca inaugurou mais uma obra. Desta vez foi no povoado Tanque Novo. Trata-se de uma quadra poliesportiva, anexa à Escola Municipal Tancredo Neves. A inauguração ocorreu neste domingo (10), iniciando o evento às 9 horas e 30 minutos. Os recursos são uma parceria entre o governo federal e o municipal. Antes da inauguração, a Banda Musimarcial Helvécio Pereira de Santana fez sua apresentação. Marcaram presenças, além do prefeito Ildinho, a primeira dama Santaninha, o secretário de Administração e Finanças Beto Fonseca, o ex-secretário de obras Raimundo Sabiá, o vereador Ronaldo Santana, dentre outras autoridades. 
Após a inauguração, Ildinho deu o pontapé inicial para realização de um torneio com várias equipes. A partida inicial foi entre a seleção de Heliópolis e a seleção do povoado Tanque Novo. Com a inauguração desta quadra, o prefeito inicia o período de comemorações pelos 31 anos de emancipação política de Heliópolis que, nesta segunda-feira, 11 de abril, terá inúmeras atrações artísticas. Também já está marcada uma Missa em louvor ao aniversário da cidade na Igreja Matriz do Sagrado Coração de Jesus.
Para ver todas a fotos da inauguração, dê um clique AQUI.

Mais um assassinato em Heliópolis

Anthony Pacheco Rosário assassinado aos 22 anos
Na véspera de completar 31 anos, o município de Heliópolis acorda chocado com mais um assassinato. Desta vez a vítima é Anthony Pacheco do Rosário, 23 anos, morador da cidade e natural de Natal - Rio Grande do Norte. O crime ocorreu provavelmente por volta das três e meia da madrugada. Anthony foi alvejado por arma de fogo pelas costas. Seu corpo foi retirado do local por volta das onze meia deste domingo (10), na Praça XV de novembro, no fundo do ponto de embarque (Rodoviária). Populares armaram uma barraca para proteger o corpo da vítima, enquanto não chegava o pessoal da Perícia Técnica da Polícia Civil da Bahia. O corpo foi levado para autópsia.
Segundo informações colhidas pelo policial civil Wellington Batista, a vítima participou de uma festa no povoado Tanquinho e retornou a Heliópolis por volta das três horas da madrugada. Ele estava sentado em um dos bancos da praça quando dois homens encapuzados chegaram em uma motocicleta e dispararam vários tiros de arma calibre 12. Anthony Pacheco foi atingido por cerca de 4 tiros e morreu no local. Wellington disse que não podia dar mais detalhes para não atrapalhar as investigações.
A Perícia Técnica já retirou o corpo do local (foto:Ana Lúcia)
Anthony já tinha passagem pela polícia. Em 2012, aos 18 anos, foi preso em Aracaju como integrante de uma quadrilha que atuava na capital sergipana e em algumas cidades do interior do estado. Os 21 presos, naquela época, praticavam roubos quase diariamente e agiam de maneira muito violenta. Os casos mais conhecidos praticados pela quadrilha foram a tentativa de roubo que aconteceu no estacionamento do Tribunal de Contas da União (TCU), que deixou um vigilante ferido, e um pai de família, que foi baleado no rosto quando se recusou a entregar imediatamente o carro porque queria retirar seus filhos que estavam no banco de trás do veículo.
Anthony Pacheco aos 18 anos
Segundo informações da polícia sergipana, o apelido de Anthony Pacheco era “Pança” e ele e os comparsas roubavam pedestres na rua e até grandes estabelecimentos. Na época, os roubos totalizavam entre R$ 40 e 50 mil. Com eles foram apreendidos aparelhos celulares, televisores LCD, aparelhos de som de carros, jogo de roda de carros, além de três armas de calibre 38. De lá para cá, não se tem notícia do envolvimento de Anthony com os líderes da quadrilha, Cássio Rodrigo, conhecido como ‘Neguinho’, Luiz Santos Vasconcelos e o cadeirante Thiago Rodrigues, que já respondeu junto à polícia por homicídio, roubo e tráfico de drogas. 
A quadrilha atuava desde 2008 no estado de Sergipe e todos já tinham passagem pela polícia. Anthony era um dos mais novos integrantes. Alguns chegaram até a pensar que ele havia tomado juízo e abandonado a vida de crimes. Ao ser assassinado nestas condições, em plena madrugada, indica sério envolvimento no mundo do crime ou então queima de arquivo. A Polícia Civil já iniciou as investigações e espera encontrar os assassinos e resolver mais este mistério. Uma coisa que deve contribuir para a demora das investigações é que o corpo ficou sem um policial militar para impedir a contaminação do local do crime. Só uma cápsula deflagrada foi enontrada. As outras, ou foram levadas por populares ou os bandidos recolheram do local.
Colaborou: Ana Lúcia