Estamos de volta!

Mudamos a linha editorial
O tom crítico continua
Mas falaremos apenas
Daquilo que vale a pena falar

Novidade

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Luís Américo: “Só haverá mudança com nova composição de poder em Poço Verde”

Luís Américo é a 3ª via em Poço Verde (foto: arquivo)
Luís Américo, candidato a prefeito de Poço Verde – SE, pelo PRB – Partido Republicano Brasileiro, tem 31 anos, nascido em 18 de novembro de 1984, filho de Izabel Ribeiro de Castro e Américo Oliveira Neto, empresário do ramo de construção, é o nosso entrevistado de hoje. Ele foi candidato a prefeito de `Poço Verde na eleição passada e disputou um mandato de Deputado Estadual por Sergipe em 2014, obtendo 1.184 votos.
LANDISVALTH BLOG - Quais são as possibilidades concretas que você vê que permitam sua eleição como prefeito de Poço Verde em 2016?
LUÍS AMÉRICO - Ao longo da minha vida sempre tive uma visão diferenciada daquela política que vem sendo praticada há muitos anos em nosso município, onde o processo político é continuamente construído com bases em grandes financiadores de campanha, o que leva a inviabilidade de todo um plano de gestão municipal efetivo, prejudicando diretamente a sociedade, o erário público e elevando os poderosos e as suas sistemáticas de corrupção.
Para que de fato pudesse pôr em prática as ações mais corretas para o bem comum do nosso município, há alguns anos busquei autonomia política e obtive êxito. Hoje possuímos composições importantíssimas, pessoas em vários seguimentos da sociedade, que trabalham juntos com o mesmo ideal, formalizando um novo conceito político de gestão pública e indo em desencontro a métodos políticos ultrapassados, desconstrutivos e que nos fazem hoje sentir as dores em nosso cenário político, tanto nacional quanto nas demais esferas.
No decorrer de outras candidaturas, a união, a transparência e o poder do nosso grupo foram crescentes e tudo isso nos elevou a uma base construtiva. Somos o novo, enxergamos com os olhos do atual brasileiro e levantamos a bandeira da mudança como o nosso maior objetivo. Queremos fazer na prática o real papel do gestor público e tornar a sociedade parte desse governo.
LANDISVALTH BLOG - Com quem ou com quais grupos políticos você está conversando?
LUÍS AMÉRICO - Para que possa levar adiante tal processo de renovação, faz-se necessário ter ao meu lado cidadãos que compartilhem do mesmo ideal. Em um primeiro momento busquei referências de pessoas que possuíam o mesmo objetivo na política. Foi primordial o apoio em grupos que não compactuassem com a mesmice e perpetuação do cenário político. No momento, o nosso grupo já possui uma base sólida. Estamos em processo constante de avaliação e discussão com representantes da base da atual gestão que se encontram insatisfeitos e dispostos a mudar.
LANDISVALTH BLOG - Você tem preferência pelo seu vice-prefeito ou vai depender das circunstâncias?
LUÍS AMÉRICO - Construímos ao logo dos últimos anos um grupo forte. Isso nos dá a possibilidade de que possamos concorrer às eleições com um quadro de candidatos competitivos e do próprio agrupamento.
LANDISVALTH BLOG - A candidatura sua é diferente das outras pertencentes aos dois principais grupos políticos? O que o povo de Poço Verde poderia esperar de novo na sua atuação política?
LUÍS AMÉRICO - A nossa candidatura é diferente das demais pelo comprometimento com a sociedade. Como dito antes, queremos levar ao conhecimento da população o verdadeiro papel do gestor, através de ações que possam promover o bem-estar e a qualidade de vida, ações essenciais.
LANDISVALTH BLOG - Até que ponto, caso fosse eleito, você seria capaz de fazer uma real transformação na estrutura social e econômica de Poço Verde?
LUÍS AMÉRICO - Só há mudança no conteúdo e na metodologia das políticas públicas e econômicas se houver também mudança nas elites políticas e na composição do poder público. É certo que mudanças mais substantivas só podem ocorrer quando efetivamente se redirecione a compostura do regime. Mas, é possível obter conquistas sociais através de mobilidade social, da ação coletiva, sobretudo quando essa passar a ter um conteúdo de proposição, de debate público sobre alternativas e não de mera crítica. Para isso é necessário que as temáticas sejam legitimadas por um amplo consenso e que tenham uma abrangência maior que os interesses corporativos ou setoriais. 
Luís Américo em selfie com o deputado federal Pastor Jhony
LANDISVALTH BLOG - O que há de errado em Poço Verde que pode ser corrigido por um prefeito distante do atual pensamento político?
LUÍS AMÉRICO - Em primeira instância, a população necessita voltar a enxergar que o voto é livre, que fazemos parte de um poder democrático e que o novo é a melhor opção para podermos demonstrar toda força da sociedade. Cada voto é, de fato, o verdadeiro detentor do poder. Dessa maneira, será possível iniciar uma gestão de forma limpa. Isso possibilitará o desenvolvimento de uma equipe técnica, distanciando a gestão de “dependentes” e “credores” públicos. Uma administração técnica torna todo o gerenciamento mais eficiente. Serão pessoas capazes de desenvolver mecanismos que possibilitem atender os fundamentais anseios da população.
LANDISVALTH BLOG - Como é ser uma terceira via sem repetir os mesmos erros dos prefeitos anteriores?
LUÍS AMÉRICO - Existe uma grande diferença entre o nosso projeto político e dos demais grupos, como já esclarecido nas perguntas anteriores. A população tem compreendido o verdadeiro intuito do nosso projeto e aceitado de forma positiva. Isso faz com que possamos pôr em prática as ações propostas pelo nosso plano de governo sem que devêssemos nada a ninguém.
LANDISVALTH BLOG - Quais as dificuldades que você enfrentaria para se tornar um prefeito diferente dos anteriores?
LUÍS AMÉRICO - Por ter o povo como principal aliado, não teríamos dificuldades, pois o papel do gestor é defender os direitos e zelar o bem-estar da população.
LANDISVALTH BLOG - Como você está vendo a conjuntura política atual? As dificuldades são passageiras ou o sistema político está falido?
LUÍS AMÉRICO - A atual situação política vem causando muita preocupação a toda parcela da população. Estamos todos preocupados com o rumo que nossa economia vem tomando nos últimos tempos. Mas como em todo momento de incerteza, a população busca alternativas para superar a crise. Tenho a concepção de que podemos sim enfrentar as mudanças buscando sempre o melhor e, dessa forma, sairemos fortalecidos e caminharemos novamente no rumo do progresso.
LANDISVALTH BLOG - Se eleito, como você pretende administrar um município de uma região pobre, com o estado de Sergipe sem dinheiro e com o governo federal em crise generalizada?
LUÍS AMÉRICO - Nas últimas administrações nos deparamos com gestores limitados, que não estabeleceram nenhum tipo de incentivo para as atividades agrícolas e que, em meio a toda crise, infelizmente, não foram capazes de elaborar mecanismos para superar todo esse conflito financeiro. Limitaram-se apenas a projetos e recursos proveniente do Governo Federal.
Poço Verde é um município com uma sociedade que possui grande riqueza intelectual, além da sua enorme potencialidade agrícola. Com isso, trazemos a possibilidade de sermos economicamente autossuficientes. Um exemplo é o incentivo ao cooperativismo. Poderemos unir duas das maiores riquezas do nosso município, trazendo benefícios à agricultura familiar e consequentemente ao comércio local. O propósito é agregar a riqueza, que naturalmente já possuímos, a artifícios obtidos através do poder público. Essa junção poderá possibilitar uma autonomia financeira da população.

Colaborou: Lourinaldo Lisboa.