Estamos de volta!

Mudamos a linha editorial
O tom crítico continua
Mas falaremos apenas
Daquilo que vale a pena falar

Novidade

quinta-feira, 7 de abril de 2016

Heliópolis terá 21 partidos nas eleições deste ano. 11 apoiam Ildinho

Pesquisa do Landisvalth Blog, realizada no portal do TSE – Tribunal Superior Eleitoral – verificou a situação dos partidos políticos para o pleito eleitoral de 2016. Ao todo, até esta data, 21 partidos estão aptos a disputar eleições em Heliópolis. Destes, 11 já estão confirmados no apoio ao prefeito Ildefonso Andrade Fonseca: SD, PTN, PTC, PSL, PSDB, PSD, PSC, PROS, PR, PDT e REDE. Dos outros dez, PP ainda não se sabe, PMDB também. Dos oitos restantes, três – PC do B, PSB e PT devem apoiar o candidato José Mendonça Dantas. Já o DEM e o PTB podem sair com o vice-prefeito José Gama Neves. Os três outros – PRB, PPS e PEN podem apoiar Gilberto Jacó para prefeito ou se aliarem a algum dos grupos citados. A realidade hoje de cada um destes partidos é o que veremos a seguir.
PC do B
Para nossa surpresa, o maior partido de oposição – o PCdoB – Partido Comunista do Brasil, estava inativo desde outubro de 2015, mesmo depois da constituição do seu diretório. Antes de fecharmos esta reportagem, consultamos novamente o portal e já havia uma Comissão Provisória constituída com José Mendonça Dantas na presidência, Silvano Pereira de Santana na vice, o vereador Claudivan Alves dos Santos como secretário de juventude, o vereador Doriedson Oliveira Santos como secretário de comunicação, José Lino Vital na secretaria de finanças, Josefa Elza Ribeiro como secretária de organização e Douglas da Silva Santos como membro. A referida comissão tem prazo de 1 ano e só vencerá em 30 de março de 2017. Pelos nomes, está claro que o partido tem um comandante em chefe que é o vereador José Mendonça. Observa-se também que já não há mais a presença do vereador Giomar Evangelista, que foi para o PTB, com as graças do vice-prefeito Gama Neves.
PSB
Com a ida do professor Landisvalth Lima para a Rede Sustentabilidade, abrindo mão do PSB – Partido Socialista Brasileiro – o caminho está aberto para que o professor José Mário possa reativar o partido. A sigla está inativa em Heliópolis desde novembro de 2014, data da última Comissão Provisória, que tinha José Mário como presidente, Clériston Bérgson, Emanoel Alves dos Santos, José Alberto, Jailton de Jesus Santos como membros.  
PTB
Ainda no campo das oposições, o mandachuva do Partido Trabalhista Brasileiro – PTB – é o presidente da Câmara Municipal de Heliópolis, Giomar Evangelista. O partido está no comando de sua irmã Aline Evangelista. O tesoureiro é o professor Adilson Nobre e ainda tem como membros Ramon Rodrigo Matos, Lucas de Jesus Santos e Marivaldo do Rosário Evangelista. Se o PTB fechar com Gama Neves, abandonando José Mendonça, tudo indica que Giomar será vice. Até porque não tem nenhuma justificativa sair do PC do B, com uma reeleição confortável, para ser vereador pelo PTB numa coligação arriscada com PRB e PPS, se é que eles vão mesmo entrar na parada.
DEM
Ainda no campo da oposição ao prefeito Ildinho, o partido que está organizado, com diretório e tudo mais é o DEM – Democratas. Também não poderia ser diferente, já que o seu presidente, o vice-prefeito Gama Neves, é o gerente do partido na Bahia. Além do vice-prefeito, o DEM conta com Esmeraldo dos Santos como vice-presidente, Cristiana Maria Santos Neves como secretária, José Alberto Moura dos Santos como tesoureiro, formando a Comissão Executiva Municipal do partido em Heliópolis. Resta apenas saber se Gama Neves vai de PCdoB ou se unirá a Gilberto Jacó e lançar a terceira via.
Solidariedade
Caso haja terceira via, quem não estará nela é o Solidariedade – SD. Em Heliópolis, o partido participará pela primeira vez de um pleito municipal e tem como presidente o ex-vereador Marivaldo Alves de Souza, o Toxó. Além dele, Josielma Bispo dos Santos como vice-presidente, Ivonilde Nunes Santos Souza na 2ª vice-presidência, Valdênia Nunes Souza como secretária geral, Valdenilson Nunes Souza como secretário do meio ambiente, desenvolvimento sustentável e agricultura, Jucimário Ribeiro de Jesus como secretário dos aposentados, pensionistas e idosos, José dos Santos Silva como secretário dos negros, índios e movimentos sociais, Jociele Bispo Santos como secretária da juventude, Josiele Bispo Santos como secretária da mulher, Olívia da Gama Dias como secretária do movimento sindical, e Eduardo Maciel Oliveira Santos como tesoureiro. Ao todo, o SD tem em sua comissão provisória 11 membros. Já tem um governo pronto. Tem secretaria para atender todos os reclamos. Tudo indica, pelo andar da carruagem, que o partido vai apoiar a reeleição de Ildinho.
PTN
Com a ida de Zeic Andrade para a secretaria de saúde, substituindo a vereadora Ana Dalva, o PTN – Partido Trabalhista Nacional – perdeu o seu único representante na Câmara Municipal de Heliópolis, mas está organizado no município e deve concorrer com novos nomes. Certamente apoiará Ildinho. Seu presidente é Thiago Andrade Vieira, a vice-presidente é Maria da Conceição Andrade, Regiane de Oliveira Barbosa é a secretária, Maria Nilde de Oliveira Barbosa é a tesoureira e José Pereira dos Santos e Onorina Gonçalves Pires são membros.
PTC
O Partido Trabalhista Cristão – PTC – está ativo no município de Heliópolis. O comando está sob a guarda do vereador em exercício José Emídio, o Zé do Sertão. Quem preside o partido é Emílio Ribeiro da Graça, Maria Amélia Reis Sales é a vice-presidente, Ozanias Marques Trindade é secretário geral, Salustiana Marques de Jesus está na 2ª secretaria geral, Darlene de Oliveira Nascimento na tesouraria geral, Gilvânia Maria de Souza como 1º vogal e Renan Vieira Tavares como 2º vogal.
PT
Apesar de estar em plena decadência, o Partido dos Trabalhadores está constituído em Heliópolis e não vai apoiar o prefeito Ildinho. O partido tinha duas secretarias, a de agricultura, com Zé Guerra, e a de assistência social, com Zélia Maranduba. Ambos estão fora do governo e devem apoiar o PC do B. Na presidência do PT está Zélia, com José Mendonça Nobre como vice-presidente, Aderaldo Sousa Nobre como secretário geral. Este já pediu desfiliação e seguirá apoiando Ildinho. Também estão na comissão o José Andrade Guerra como secretário de formação política, e Josefa Luciana Serafim como tesoureira.
PSL
O Partido Social Liberal – PSL – agora sob o comando do deputado Marcelo Nilo, tem em Heliópolis a presidência da comissão provisória com Fernando José Dantas Silva, que deixou o PPS, mas não seguiu com Ana Dalva para o Rede Sustentabilidade. Também estão no partido o Flávio Dantas da Silva como vice-presidente, Josefa Jocicleide de Santana como secretária, Joseval de Souza Alves como 1º secretário, Fabiana Dantas da Silva como tesoureira, José Correia da Silva como 1º tesoureiro e José Givaldo da Silva como membro. Se não houve mudança de última hora, este é o partido que abrigará a reeleição do prefeito Ildinho.  
PSDB
Outro partido que está sob o comando de Zé do Sertão é o PSDB, que deve também fechar com Ildinho. Seu presidente em Heliópolis é Vagner Ribeiro de Santana, Eraldo Gois de Andrade – ex-vereador – é o vice-presidente, a ex-vereadora Josefa Naudija Santos Bispo é a secretária, Josefa Marilis Santos Andrade é a 2ª secretária e Claudiana Santos Bispo Santana é a tesoureira.
PSD
O Partido Social Democrático – PSD – também está na aliança que deverá lutar pela reeleição do prefeito Ildefonso Andrade Fonseca. Seu presidente é José Evanilson de Sousa Araújo, com Leila Cristiane Santana Ribeiro Fonseca na vice-presidência, Joselito Andrade de Carvalho como secretário, Raul Tavares Sousa Oliveira como 1º tesoureiro e Itamar Santos Silva como 2º tesoureiro.
 PSC
O Partido Social Cristão – PSC – até então o partido do prefeito, continua na base de apoio a Ildinho e é o seu filho, Ivan dos Santos Fonseca, o atual presidente. Ainda figura como vice-presidente o atual prefeito, e Fabiana Dantas Silva, que estão no PSL. O tesoureiro é Ildefonso Andrade Fonseca Júnior, Carlos dos Santos Gama é o 1º vogal, Robson de Jesus Silva o 2º vogal e Jailton José dos Santos como 3º vogal.
PROS
O Partido Republicano da Ordem Social – PROS – também está sob o comando de Zé do Sertão. É sua filha, Joana Darte Emídio, a presidente. Também fazem parte da comissão administrativa da sigla, Josefa Valdilene Andrade Santos na vice-presidência, José Emídio Tavares, o Zé do Sertão, na 1ª vice-presidência, Josefa Vagna Nascimento Gama na secretaria geral, Suellen Barbosa Rios na tesouraria geral e Charles dos Santos Pereira como membro.
PRB
O Partido Republicano Brasileiro – PRB – caso não vá de Gama Neves, pode sair puxando o bloco da terceira via. Seu presidente é o professor Gilberto Jacó, com Claudio Jacó como vice-presidente, Larrisa Batista Carvalho Santos como secretária, Analize Jesus Santos como tesoureira e Cleverton de Jesus Santos, Aldirene Carlos Ribeiro e Gildário Jacó de Carvalho Santos como 1º, 2º e 3º vogais, respectivamente. Gilberto Jacó está disposto a sair candidato mais uma vez a prefeito, mas ele ainda pode ser vice de Gama Neves, vice de Mendonça ou disputar uma vereança. A última alternativa ele já descartou.
PR
Se eleição dependesse da quantidade de partidos, Zé do Sertão estava eleito para qualquer coisa em Heliópolis. Isto porque o PR – Partido Republicano – também está sob sua batuta. Quem preside o partido é Jéferson Emídio Santos, seu filho, com Pauliana Silva Santana como tesoureira, Claudilene Santos Bispo, José Eraldo Santos Andrade, Rodrigo de Santana Santos, Silmária de Sousa Oliveira e Simone de Sousa Oliveira como membros.
PPS
O Partido Popular Socialista – PPS- que desde 1995 estava sob o comando da vereadora Ana Dalva, inclusive com forte presença na Câmara Municipal, agora está em outra praia e pode caminhar ao lado de Gilberto Jacó. O presidente é Emanoel Alves dos Santos – ex-PSB. Também estão na comissão provisória Alcidézio da Silva Santos na secretaria, Joaquim Rodrigues de Oliveira como tesoureiro, Ademir Oliveira Sousa e José Carlos Souza Júnior como membros.
PP
O Partido Popular – PP – não mudou nada em relação ao último embate eleitoral. O problema é saber com que roupa ele vai à festa. Ligado ao ex-prefeito Aroaldo Barbosa, ainda não detectamos sinais de apoio ao prefeito ou aos opositores dele. Também não se fala em candidatura própria. É uma incógnita. Pode ser que siga as indicações do empresário Celso Andrade. O partido continua sendo presidido por Adelson Oliveira Andrade, com Laurinda Ribeiro dos Santos como tesoureiro, Josefa Verônica Oliveira de Andrade, Adelson Oliveira de Andrade, Everaldo Barbosa Reis e Everton Tavares dos Santos como membros.
PMDB
O Partido do Movimento Democrático Brasileiro – o velho PMDB de guerra – em Heliópolis não passa de um arremedo. Ninguém se arrisca a dizer que o partido vá para algum lugar. Não há perspectiva, desde que parou nas mãos de Maria Nilda Santana, que preside a legenda a partir do povoado Tijuco. A presidente já disse que será candidata, mas ninguém mais leva a sério depois do fiasco da última eleição. Se organizar tudo, pode sair forte porque o povoado Tijuco é um celeiro de votos e de bons nomes para disputar cargos no município. Mas a sindicalista Nilda Santana centraliza tudo e pode nada sair do lugar. Vamos ver. Além dela, estão dirigindo o partido Damião Rodrigues de Matos, Railton Souza Ferreira, Ronaldo Morais de Jesus e Vagna Rodrigues de Castro como membros.
PEN
Quem acha que o 51 é uma boa ideia, o PEN – Partido Ecológico nacional – vai inaugurar sua disputa eleitoral em Heliópolis este ano. E o partido vai reforçar a terceira via, caso Gilberto Jacó resolva sair mesmo candidato a prefeito. O seu presidente é Rivonei dos Santos Araújo, provável cândidato a vereador da legenda. Além de Rivonei, Clériston Sousa Barbosa é vice-presidente, Adriana Alves de Jesus e Joeline Pereira Alves Nascimento são secretárias, Lucimar dos Santos é secretária de ação política, Raimunda Gama Araújo é tesoureira e Moisés Rodrigues Menezes como 1º vogal.
PDT
O Partido Democrático Trabalhista – PDT – fará parte do grupo que apoiará o prefeito Ildinho. Preside a legenda o ex-vereador João de Deus Ferreira Lino. Também compõem a comissão, Alcilânia Sousa Lima, Carlos Feliciano dos Santos, o ex-prefeito Genival Nunes Santos e o ex-secretário José Quelton Almeida Santos, que deverá disputar, mais uma vez, uma vaga na câmara municipal de Heliópolis.
REDE 
A Rede Sustentabilidade ainda não oficializou a Comissão Provisória Municipal em Heliópolis porque deve passar por vários processos. Esta futura comissão será responsável pela preparação do partido para a disputa eleitoral. Ainda faltam debater algumas questões, mas os encaminhamentos já estão sendo feitos. Como o partido é novo, com práticas novas para evitar vícios velhos, as coisas não são tão céleres, mas vão acontecer. Uma coisa é certa, Ana Dalva não poderá assumir a coordenação geral da REDE em Heliópolis porque ela é detentora de mandato. Os membros do partido estão certos de que vão apoiar o atual prefeito, preparando o partido para disputar a prefeitura municipal em 2020.