Exclusivo!

Heliópolis: Populares reagem e bandido é morto em assalto a ônibus

Mais um assalto a ônibus acontece na zona rural de Heliópolis Mais um assalto a ônibus acontece em Heliópolis. Desta vez, o veículo ass...

Novidade

domingo, 6 de março de 2016

Um Vecinho Só chega ao 5º ano

Sinval e Vando marcaram presença em Um Vecinho Só
Foi no sábado, 5 de março, na mesma Avenida 7 de Setembro, em Heliópolis, que ocorreu a quinta edição da maratona musical Um Vecinho Só, evento dedicado a manter viva a música de Helvécio Pereira de Santana, o Vecinho, o mais importante e talentoso artista da história do município. A festa é complemente aberta e conta com o patrocínio da Prefeitura Municipal, políticos, comerciantes e pessoas em geral. É impressionante como, após cinco edições, o público continua fiel.
Marcaram presença vários músicos, sob a batuta de Paulinho Jequié. Silvano Pereira e banda, Tato Lemos, Zé Costa, Vando Reis, Sinval Gois, Felipe Mota, Giló Santana, Dinho Oliveira, Pedro Sampaio, Edir Carneiro, dentre outros. O momento mais ousado do encontro deste ano foi a apresentação de Silvano Pereira, irmão de Vecinho, transformando a música Serafim e seus filhos, de Helvécio, num extraordinário foxtrote. Vamos aguardar a imagens feitas pelo portal de Jorge Guedes, que cobriu o evento, para revermos mais uma vez o ótimo desempenho de Silvano. Quem desejar rever as apresentações do Um Vecinho Só, 4ª edição, é só dar um clique  AQUI.
A quase ausência de Sinval
Tato Lemos marcou presença mais uma vez
O mais estranho da realização do quinto Um Vecinho Só foi a ausência de um dos músicos mais requisitados pelos amantes da voz e do violão: Sinval Gois, de Poço Verde. Todos sabem da Paixão que Poço Verde tinha e ainda tem por Vecinho. Dizem que a cidade sergipana disputa com Fátima palmo a palmo como o local onde há mais adeptos da Vecinhomania. Muitos músicos de hoje optaram pela carreira árdua depois de ouvir Vecinho. Sinval, além de ter estilo próprio, é um admirador do músico heliopolitano.
Mas porque Sinval estava fora da lista, só se apresentando quando acompanhou Vando Reis? Esta pergunta foi feita ao cantor. Ele disse que nem tudo são flores no mundo artístico. Há muito ciúme, centralização. Disse ainda que há mais divisões no mundo da música do que no mundo da educação. A mesma pergunta foi feita a Silvano Pereira. O irmão de Vecinho não quis criar polêmica e prometeu que no ano seguinte Sinval estará na lista como seu convidado. Animador em tudo isto é saber que teremos outro Um Vecinho Só, em 2017. Enquanto as imagens deste ano não ficam prontas, matem a saudade com a apresentação de Érica Sá, em 2014, gentileza do portal Jorge Guedes.