Exclusivo!

Sentença em Sergipe, 23 dias; na Bahia, 28 meses

Quando os vereadores de Poço Verde Emilio de Jesus Souza, o Dii de Nilo, secretário de obras, Amaury Batista Freire, atual secretário d...

Novidade

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Por que Genildo Reis renunciou?

Genildo Reis dá lugar a Eulina (foto Facebook)
O vereador Genildo Reis, de Ribeira do Amparo, renunciou ao cargo de presidente da Câmara Municipal da Ribeira. Quem agora administrará o Legislativo será a vereadora Eulina Amorim, do PT. A grande pergunta é: Por quê? Conversando agora a noite com o Landisvalth Blog, Genildo Reis disse que não se trata de problema de saúde, nem de acordo político. “Eu quis dar uma oportunidade a uma companheira. Acho que ela também fará um bom trabalho. Só isso!”
Genildo, que é do PV, está de malas prontas para a Rede Sustentabilidade, aguardando apenas a janela em março. Mas ele também confessa que não pôde realizar tudo o que quis. “Na verdade, eu queria construir o prédio da Câmara Municipal. Cheguei até a juntar parte do dinheiro, mas esbarrei na burocracia e na politicagem. Tudo deveria ser autorizado pela prefeita. Como rejeitamos as contas dela e sepultamos a possibilidade da sua reeleição, ela queria usar isso como moeda de troca. Foi aí que comprei o carro e alguns equipamentos para a casa. O sonho foi adiado.”
Agora Genildo vai costurar a possibilidade de vitória da oposição. Ele confirma que também é candidato por fora, mas se houver união em torno dos nomes de Germano e Rocha, ele fecha também e vai lutar para eleição de nomes da Rede para a vereança. No mais, Genildo espera que a colega Eulina Amorim faça um bom trabalho e que consiga contornar os intermináveis problemas da política de Ribeira do Amparo.
Missa de Dona Vanda
A Igreja Matriz ficou pequena para Missa de 7º Dia de Dona Vanda
A família de Dona Vanda pode se orgulhar. Faltou espaço para tanta gente na igreja do Sagrado Coração de Jesus. A missa de 7º Dia pelo falecimento da ex-vice-prefeita da cidade foi muito concorrida. Padre João Maranduba disse que a presença daquele povo todo era o reconhecimento do bom que Dona Vanda fez em vida. Agora, ela já vivia em vida eterna, embora fizesse falta no cantinho da igreja que sempre ocupou nas missas. Várias homenagens foram lidas, uma inclusive deste professor e do ex-prefeito Zé do Sertão. Dr. Gabriel Fontes, neto de Dona Vanda, agradeceu a todos pelos pesares, pelas orações e pelas presenças no velório, no enterro e na missa.
Esqueceram de mim
Quem foi completamente esquecido foi o vereador Claudivan. Não seria ele que assumiria agora em 2016 a presidência da Câmara? Fontes confirmam que o acordo foi feito, mas nem mesmo o vereador acredita que aconteceria. E até que foi bom. Já imaginou os pepinos que Giomar Evangelista está deixando? É melhor ficar onde está, Claudivan!
Pepinos
Dois pepinos do vereador Giomar Evangelista. O primeiro é que ele publicou licitação em pleno recesso, coisa absolutamente infantil. Os oito dias úteis não podem correr neste período. Outro pepino foi fazer um aditivo três dias após o contrato estar vencido. Que Giomar tem um parafuso contábil folgado todo mundo sabe, mas o que está fazendo o pessoal da contabilidade, pagos com gordos recursos do povo de Heliópolis? Estão conspirando contra Giomar ou ele é teimoso mesmo?
O caso Ana Dalva
Talvez Giomar seja mesmo teimoso. Acreditem, ele ainda não cumpriu a determinação judicial de pagar a Ana Dalva. Pelo menos totalmente. É que ele só pagou o mês de janeiro de 2016 e ainda não deu pistas de quando pagará o atrasado. Alguém pode ter aconselhado a ele entrar com um embargo alegando falta de recursos para cumprir o que manda a Lei. É pura teimosia. É recurso protelatório. Só vai aumentar o sangramento. Vai ter que pagar tudo e saborear a máxima de que lei existe para ser cumprida e isto também serve para os presidentes. Quem lamenta são os credores da vereadora. Vão ter que esperar um pouco mais.