Exclusivo!

Presidente do OAB-SP critica lentidão da Justiça

'Temos juízes com férias de 60 dias e outros que não trabalham de segunda e sexta', diz presidente da OAB-SP sobre lentidão da Just...

Novidade

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Dona Vanda morreu!

O último ato político de Dona Vanda foi assistir ao discurso do governador Rui Costa
Ela tinha 75 anos e já foi vice-prefeita de Heliópolis por duas vezes.
A ex-vice-prefeita de Heliópolis na administração Aroaldo Barbosa, Evanilde Ribeiro de Souza, conhecida por Dona Vanda, faleceu esta noite. Ela era filha do maior lutador pela emancipação política de Heliópolis, José Dantas de Souza, o Nozinho, que foi prefeito de Ribeira do Amparo, município mãe de Heliópolis. Dona Vanda disputou a prefeitura municipal por duas oportunidades e não conseguiu seu intento de administrar o município que seu pai emancipou. Num acordo político com a oposição, elegeu-se vice-prefeita por duas vezes, em 1996 e 2000. Em seguida abandonou a política como disputa, mas nunca rompeu com ela definitivamente. Na visita do governador Rui Costa a Heliópolis, lá estava ela no meio do povo, lúcida, tranquila, olhando para tudo com sua visão serena de esperança. Sem saber, estava a dois dias de nos deixar.
A vereadora Ana Dalva, que passou a notícia inicial a este blog, ficou chocada. Eram colegas de academia e estava em plena saúde, apesar dos seus 75 anos. Nesta quinta-feira, Dona Vanda passou mal, foi atendida no posto médico de Heliópolis e levada às pressas para Ribeira do Pombal, Hospital Santa Tereza. Lá não resistiu a um ataque cardíaco e veio a falecer por volta das 21 horas. Ela era viúva de Antônio Fontes, ou Tonho de Vanda, e deixa quatro filhos: Isabel Fontes, Marcos Fontes, Ivan Fontes e José Dantas. O corpo está sendo velado na casa do filho Ivan, localizada na Praça que leva o nome do pai da ex-vice-prefeita, em frente à Prefeitura Municipal. O sepultamento será a partir das 15 horas desta sexta-feira (29).