Exclusivo!

Vereador ignora decisão do TCM

Novidade

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

A visita de Rui Costa I: A história

Rui Costa ao lado de Ildinho na Cajazeiras
Agora que passou todo o processo do antes, do durante e do depois, é possível fazer um apanhado melhor do que foi a visita do governador Rui Costa ao município de Heliópolis no dia 26 de janeiro deste ano. Neste artigo, faremos um raio X detalhado da vinda do governador que, para o povo do Estado da Bahia, foi mais uma visita com uma série de inaugurações. Para o povo de Heliópolis foi uma das três mais importantes que um chefe de estado já fez a nosso município.
Antes da chegada do governador, por volta das 8 horas, o prefeito Ildefonso Andrade Fonseca, o Ildinho, acompanhado de autoridades municipais e do deputado federal José Nunes, entregou ao povoado da Serra dos Correias uma quadra poliesportiva coberta e com vestiário, investimento de 510 mil com recursos do FNDE, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. O prefeito e sua comitiva seguiram para o povoado Cajazeiras onde o governador pousaria para inaugurar uma série de outras obras.
Chegada do helicóptero à cajazeiras
Rui Costa chegou de helicóptero num pouso às 9 horas 40 minutos, no campo de futebol do povoado Cajazeiras. Estava atrasado apenas 20 minutos. Ildinho, acompanhado de várias autoridades e de uma multidão, foi receber Rui Costa e o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo. Como o campo fica ao lado da quadra poliesportiva, esta foi a primeira a ser inaugurada, Quem ainda não conhecia a estrutura ficou pasmado. Um senhor chegou até a dizer: “Mas uma obra dessas aqui! Na Cajazeiras? Não tem uma dessas na cidade de Heliópolis!”. Era verdade, mas um outro retrucou: “Deveríamos ter uma dessas em todos os povoados de Heliópolis!”.
Enquanto isso, Ildinho, Rui Costa e Marcelo Nilo tentavam fazer gol na quadra nova. Conseguiram. A goleira foi generosa. José Nunes, Beto Fonseca e outros resolveram não arriscar. Da quadra coberta, com vestiário, mais um investimento 510 mil reais do FNDE, seguiram para a praça do povoado que agora foi batizada como José Vital da Silva, uma justa homenagem a Zezito da Cajazeiras. A esposa, dona Rosália, não resistiu à emoção e caiu em lágrimas diante do prefeito e do governador. O investimento total foi de 188 mil reais. Cajazeiras precisou esperar 30 anos para receber duas obras que deixam a comunidade cheia de orgulho.
Rui Costa com Ana Dalva, a equipe de saúde e Zé do Sertão
Do povoado, o prefeito e o governador seguem em comitiva para o bairro Santos Dumont, na sede. Lá foram recebidos pela secretária de saúde, vereadora Ana Dalva, pelo médico Dr. Adriano e toda a equipe de saúde da Unidade Básica do Santos Dumont. O investimento é de exatos 200 mil reais, com farmácia, ambulatório, administração e capacidade para realizar atendimentos de odontologia e clínica geral, além da equipe de enfermagem que atende no posto. O bairro mais carente da cidade já começa a ter investimentos necessários, mas é só o começo. Ainda há muito a se fazer pela comunidade.
Antes do governador seguir para o centro da cidade, a vereadora Ana Dalva pediu que o governador fizesse a doação ao município do prédio e do terreno da EBDA, que está desativada, para a construção da Praça do Estudante. Antes mesmo de chegar ao local onde estava o palanque, Rui Costa foi, acompanhado pelo prefeito, olhar o local e fez um sinal de positivo ao Ildinho aprovando a ideia. Agora é só preparar o projeto. Foi Ildinho quem nomeou como Praça do Estudante, por ficar ao lado do Colégio Estadual José Dantas de Souza, a poucos metros da Creche e do Colégio Waldir Pires.  
Rui e Ildinho num positivo para este blog
Em palanque armado na avenida Helvécio Pereira de Santana, no largo da Emancipação, a comitiva governamental chegou e lá várias pessoas usaram a palavra, depois da apresentação da Banda Musimarcial do município. No palanque havia políticos do grupo do prefeito, alguns do oposição, prefeitos e vereadores de toda região. Muitos aproveitaram para entregar pedidos e dar ideias. Usou a palavra a deputada Fátima Nunes, vaiada porque ousou falar em nomes dos opositores do prefeito. Também falaram o deputado federal José Nunes e o quase eterno presidente da Assembleia, Marcelo Nilo. O prefeito Ildefonso Andrade Fonseca seria o penúltimo a falar, mas, depois de umas poucas palavras, quebrou o protocolo, pediu desculpas ao governador, mas disse que seu filho, Beto Fonseca, é quem falaria por ele. E Beto não decepcionou nos agradecimentos àqueles que contribuíram para a inauguração das dez obras. Enquanto isso, a multidão não se cansava de aplaudir e isso continuou quando o governador Rui Costa usou a palavra.
Rui discursa ao lado do deputado José Nunes
Além de chamar atenção para as obras, as quadras poliesportivas da Cajazeiras e da Serra dos Correia, a pavimentação asfáltica, e em paralelepípedo, de diversas ruas e avenidas, que somam, juntas, mais de R$1,2 milhão. Rui Costa distribuiu 57 títulos de domínio aos agricultores de seis municípios da região, somando investimento da ordem de R$ 44,2 mil. Para o governador, todas as mudanças promovem melhoria na qualidade de vida da população de Heliópolis. "A lista de investimentos que estamos entregando aqui hoje não é pequena. São duas quadras, ruas pavimentadas, unidade de saúde. Juntos, esses investimentos, com recursos do Governo do Estado e da prefeitura, além de obras em andamento, somam quase R$ 4 milhões. Nada vence o trabalho e continuaremos trabalhando pelo povo humilde”, afirmou Rui Costa.
Rui Costa e Beto Fonseca no CEJDS
Segundo o governador, já existem, no município de Heliópolis, obras em andamento sob a responsabilidade da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) e, após inauguração, será assinado um convênio para fazer o restante da pavimentação. “Meu compromisso é continuar investindo e estamos montando consórcio de saúde que também chegará aqui nessa região". Um dos momentos mais importantes do discurso de Rui Costa foi pedir ajuda ao povo. Para ele, não adianta o governo fazer as obras se elas são danificadas ou subaproveitadas; não adianta colocar policias na rua se as pessoas não se educam.

Rui Costa com alunos, professores e equipe diretiva do CEJDS
Depois de posar para várias fotos e atender pacientemente políticos e pessoas, Rui Costa foi visitar o Colégio Estadual José Dantas de Souza. O CEJDS é a 147ª escola a ser visitada pelo governador. A ideia é aproximar o trabalho do Governo do Estado da realidade das escolas e lá foi recebido pelos professores Rivanda Nascimento, Gilberto Jacó e Landisvalth Lima, que formam o novo corpo diretivo da instituição, além do novo diretor da NRE-17, prof. Paulo Nery. O governador visitou todos os cômodos da escola e viu a realidade bem de perto. Também conversou com estudantes, entregou dez computadores, autorizou ao prefeito Ildinho o calçamento da frente do colégio e determinou providências para atender as necessidades do colégio antes do início das aulas. Foi uma visita importantíssima, não só pelas dez obras que inaugurou como pela nova visão de um governante à frente do Estado. Mas isso já é assunto para uma outra postagem.
Para ver mais fotos do evento, dê um clique AQUI