Exclusivo!

Rede com nova direção na Bahia

Os novos dirigentes da Rede na Bahia (foto: Landisvalth Lima) O partido Rede Sustentabilidade elegeu neste domingo (10) a sua nova com...

Novidade

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Saúde Sem Fronteiras em Cícero Dantas

Tendo como alvo principal a população com idade superior a 60 anos, o programa Saúde Sem Fronteiras, da Secretaria de Saúde da Bahia, está em Cícero Dantas esta semana para atender pessoas com problemas oftalmológicos na nossa região. A secretária de saúde de Heliópolis, vereadora Ana Dalva, vê no programa uma das poucas oportunidades de diminuir consideravelmente a fila dos inúmeros necessitados de tratamento da visão. “Chega ser assustador a quantidade de pessoas que necessitam de uma cirurgia de Catarata em Heliópolis e na região. Este programa vai ajudar muito as pessoas. São iniciativas como esta que temos que abraçar.”, disse.
Desde segunda-feira (23), o prefeito de Heliópolis, Ildefonso Andrade Fonseca, colocou todos os veículos à disposição para o transporte das pessoas até Cícero Dantas. “Não podemos perder oportunidades como esta.”, resume Ildinho. Ana Dalva revela que o mais confortante é sentir a emoção de uma senhora idosa, ao final da cirurgia, voltar a enxergar com precisão. “É o momento que nos indica que vale a pena tanto esforço de tantas pessoas pela saúde da população”, confessou.   
Os problemas da saúde pública na Bahia estão longe de serem resolvidos, mas é inegável que Saúde Sem Fronteiras reúne os serviços de rastreamento do câncer de mama (mamografia), oftalmologia, odontologia (Odontomóvel) e doação de sangue (Hemóvel). O lançamento ocorreu no dia 2 de outubro, em Porto Seguro, como parte da programação do Outubro Rosa, mês de atenção especial para as mulheres.
Com investimento anual de até R$ 40 milhões, os serviços foram integrados e ganharam atenção redobrada, com mais veículos e atividades indo aos quatro cantos do estado. Além dos serviços realizados em unidades fixas, o programa Saúde Sem Fronteiras foi ampliado e agora possui 16 veículos, com perspectiva de crescimento. Com isso, a Sesab pretende levar, cada vez mais, serviços considerados de difícil acesso para a população. 
O segmento do programa que está em Cícero Dantas é o que cuida especificamente da oftalmologia. Ao reconhecer a existência de vazios assistenciais e baixa cobertura de serviços oftalmológicos nos municípios, a Secretaria da Saúde do Estado busca ampliar o acesso da população nesta área. O programa prevê, em cada etapa, a realização de 5 mil consultas oftalmológicas e 1,5 mil cirurgias de catarata. O Saúde sem Fronteiras estará em Cícero Dantas até a próxima segunda-feira, 30 de novembro.

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

CEJDS deu luz à II FCC

Turma do 1º ano B na II FCC do CEJDS
O Colégio Estadual José Dantas de Souza realizou a segunda edição da Feira de Ciências e Cultura. Este ano o tema foi 2015: O Ano Internacional da Luz. A partir deste ponto, alunos das diversas turmas partiram para a montagem dos stands. Usando muita criatividade, o alunado deu um show. Foi-se da lâmpada de led às trevas na era das cavernas, da velocidade da luz à fotossíntese. Desde às oito da manhã desta quarta-feira (25), centenas de pessoas visitaram o CEJDS para entender o que a estudantada tinha para falar sobre o tema. Além disso, estudantes do 3º ano A fizeram uma homenagem ao escritor Lima Barreto. A sua obra, Triste Fim de Policarpo Quaresma, está completando 100 de publicada. Uma sala foi especialmente dedicada ao livro.
O prefeito Ildinho, Laura, Beto Fonseca, Zaqueu e prof. Quelton
Na parte da tarde, três eventos marcaram a II FCC do CEJDS. Primeiro foi a vez da entrega dos prêmios aos alunos que obtiveram melhor empenho na primeira avaliação do PAMEH, da Rede Municipal de Educação, aplicada em 2014. A aluna Laura Santos Batista, do 1º ano B, foi classificada em 1º lugar. Ela obteve um aproveitamento de 75% nas provas aplicadas aos alunos do 9º ano e recebeu das mãos do Prefeito Municipal, Ildefonso Andrade Fonseca, um Notebook. O vice-campeão foi o aluno Zaqueu Matos Oliveira, natural do povoado Viuveira e aluno do 1º ano C. Ele recebeu das mãos do secretário de Educação, prof. José Quelton, um táblete.
A turma do Poço Verde Cordas & Sons
As outras duas atrações foram musicais. O grupo Poço Verde Cordas & Sons, liderado pelo professor Josafá, grupo musical do Colégio Estadual Professor João de Oliveira, do município de Poço Verde, no estado de Sergipe, marcou presença com apresentação de músicas clássicas, desde o chorinho até o forró. Logo após, o professor Sebastião liderou uma cantata de músicas atuais, da sofrência ao sertanejo, sem nenhuma preocupação com a luz da razão, ou seja, só com o império da emoção.
Pontos negativos
O amontoado de livros nos corredores formava uma parede que impedia o trânsito pelas áreas entre os corredores. Cadeiras amontoadas na área aberta em frente ao pátio davam a impressão de desleixo e abandono. A aparelhagem de som foi estrategicamente colocada na entrada do banheiro feminino para que os músicos pudessem sentir o odor de um ambiente sem os devidos cuidados higiênicos. Os portões do estacionamento e da entrada do pátio estavam semiabertos, impedindo o entrar e sair de veículos e pessoas. Além do vai e vem atrapalhando músicos e controladores, o som era ruim de doer na alma. Quase ninguém ouvia o que o diretor dizia e acabou atrapalhando o que já era bem atrapalhado. 
Os equívocos acima, apesar de tudo, não impediram que o colégio brilhasse, pelo esforço gigantesco dos alunos, dos funcionários, dos professores e colaboradores do Colégio Estadual José Dantas de Souza. Também, já não é mais segredo, a infraestrutura da escola carece de reforma e ampliação. Mas esta última parte fica a cargo do Governo do Estado, e o tempo é de vacas magras. 
Para ver as fotos do evento, dê um clique AQUI.

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Poço Verde realiza II Flap com sucesso

A segunda edição da Feira de Literatura e Artes de Poço Verde – II FLAP - chegou ao fim nesta terça-feira (24) – véspera do feriado de Emancipação política de 62 anos do município – com uma quantidade enorme de shows, lançamento de livros e apresentações diversas. Este ano o evento foi realizado na Praça da Juventude e recebeu um público considerável. A II FLAP é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Educação e da Prefeitura Municipal de Poço Verde.
A Feira de Literatura e Artes Poçoverdense começou na segunda-feira (23) e trouxe como tema este ano a Cultura Etinocorracial: Por uma educação de cores e sabores. Passaram pelo evento Os Bugigangas, Sérgio Soares, Joel Gogó de Ouro, Aline Almeida, Henrique Santos, Paú Barroca, Hiago  Vieira e banda, Fagner Melo e outros.
Na terça-feira, pela parte da manhã e tarde, as escolas da rede municipal apresentaram seus trabalhos culturais. Pela noite, Renailson Poeta, Alto da Colina, Romário Lenon, banda Tio Messias, Alan Vinícius e Matheus, Lua Vermelha, Poço Verde Cordas & Sons e o cantor e compositor Sinval. A proposta já faz parte do calendário cultural de Poço Verde e região. Diversos segmentos colaboraram com o evento, inclusive os artistas não cobraram cachê. O público já está pensando na terceira edição da FLAP.

Para ver algumas fotos do evento, dê um clique AQUI