Exclusivo!

Lula aposta no convencimento da mentira

Novidade

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Ritual de impeachment deixa PT nervoso

Dilma Rousseff lutando contra o impeachment
O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), leu nesta tarde o ritual da abertura de um processo de impeachment da presidente em resposta a uma questão de ordem do líder do DEM, Mendonça Filho (PE). Foi o suficiente para o plenário lotar de súbito e começar a confusão. Parece que a palavra impeachment está deixando muita gente nervosa, inclusive o PT. Opositor do governo, mas contra o impeachment, o deputado Miro Teixeira (PROS-RJ) fez uma reclamação do plenário. Lembrou que a leitura por si só neste momento, com o governo fragilizado, pode parecer um golpe. Fica a dúvida se Miro está defendendo a democracia ou a presidente Dilma.
O líder do PT, Sibá Machado (AC), pediu o tempo da liderança para protestar. Indicou para discurso o deputado Wadih Damous (PT-RJ), ex-presidente da OAB seccional Rio, que já tinha uma defesa pronta. Parece que estão prevendo tudo. Já pensaram o PT fazendo isso quando governa? Certamente o país não estaria nesta situação. Mas o Wadih lembrou que o presidente atropelou a pauta, porque o tema não estava na ordem do dia, e ele não poderia usar o tempo da sessão para responder a questão de ordem com teor dessa magnitude. Recordou ainda palavras do então deputado Nelson Jobim, de 1992, que não cabe ao presidente da Casa dar opinião sobre tal questão em sessão.
Ouvindo isso, é ironia pensar num PT legalista agora, defendendo regimentos e tudo mais. O partido não fez isso na Petrobras. Agora, o Partido dos Trabalhadores vai entrar com mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal para tentar derrubar esta sessão. A oposição vê com naturalidade a leitura da resposta. Partidos governistas apontam uma tentativa de mandar recado a Dilma e criar um clima para uma eventual abertura do processo. Mesmo estando num centro de um furacão, a presidente Dilma viaja a Nova York para participar da assembleia geral da ONU e volta até o fim da semana que vem.

(Com informações do BLOG COLUNA DA ESPLANADA, de Leandro Mazzini, do UOL)