Exclusivo!

Polícia Militar faz cerco a veículos irregulares

Sargento PM Cunha palestra no CEJDS (foto: Landisvalth Lima) O comandante do destacamento da Polícia Militar de Heliópolis, Sargento C...

Novidade

sábado, 22 de agosto de 2015

Corrupção: Bonitinha, mas ordinária!

 Em Bom Jardim, no Maranhão, Polícia Federal reforça vigilância em aeroportos e rodoviárias para prender a bela prefeita Lidiane Leite, considerada foragida da Justiça. Secretários já estão presos por desvios milionários.
Lidiane Leite: beleza ostensiva pronta para corromper 
A Polícia Federal reforçou a vigilância em aeroportos e rodoviárias do país para capturar a jovem prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, também conhecida como Lidiane Rocha, considerada foragida desde quinta-feira (20), quando foi deflagrada a operação que investiga denúncias de desvios de verbas da educação no Município.
Na quinta (20), foram presos o ex-secretário de Agricultura, Antônio Gomes da Silva, conhecido como “Antônio Cesarino”, e de Assuntos Políticos, Humberto Dantas dos Santos, conhecido como Beto Rocha, namorado e padrinho político da prefeita.
Esquema
A polícia investiga transferências de cerca de R$ 1 mil realizadas da conta da prefeitura para a conta pessoal de Lidiane que chegam a R$ 40 mil em um ano. Também foram feitas transferências para o advogado da prefeitura, Danilo Mohana, que somam mais de R$ 200 mil em pouco mais de um ano.
Bom Jardim: 40 mil habitantes roubados
Além da prefeita, secretários, ex-secretários e empresários também estão sendo investigados por causa de irregularidades encontradas em contratos firmados com “empresas-fantasmas”. Houve duas licitações para reformar 13 escolas, pelas quais a “Zabar Produções” obteve R$ 1,3 milhão e a “Ecolimp” recebeu R$ 1,8 milhão. Nenhuma das empresas foi encontrada.
Em 2013, a prefeitura firmou contrato com 16 agricultores para o fornecimento de merenda escolar nas escolas municipais, pelos quais cada agricultor receberia em média R$ 18 mil por ano. Os agricultores afirmaram que não receberam os pagamentos. Em dezembro do ano passado, Lidiane havia sido afastada por tais irregularidades. O Tribunal de Justiça do Maranhão determinou dias depois o imediato retorno de Lidiane Rocha ao comando do Executivo Municipal de Bom Jardim. A decisão foi da presidente do TJ, desembargadora Cleonice Freire. 
Ostentação
Secretários já estão presos
Lidiane se tornou prefeita aos 22 anos, em 2012, depois que o namorado dela na época Beto Rocha, candidato a prefeito, teve a candidatura impugnada ao ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa. Ela assumiu o lugar dele e foi eleita.
Depois que assumiu o cargo, Lidiane passou a compartilhar fotos da nova rotina nas redes sociais. Nos perfis pessoais, ela escreveu: “eu compro é que eu quiser. Gasto sim com o que eu quero. Tô nem aí pra o que achem. Beijinho no ombro pros recalcados”. Em outro post, ela diz: “devia era comprar um carro mais luxuoso pq graças a Deus o dinheiro ta sobrando”.

Informações do blog da jornalista Silva Pereira.