Exclusivo!

Vereador é multado e devolverá mais de 13 mil à Câmara de Heliópolis

Giomar Evangelista recebeu subsídios indevidamente e vai ter que devolver  Bem que ele poderia ficar calado, mas, boquirroto e falastrã...

Novidade

domingo, 24 de maio de 2015

100 bilhões de rombo!

                                          Landisvalth Lima
Não me venha para cá dizer que foi a incompetência do PT que fez com que necessitássemos de cortar gastos de até 70 bilhões do Orçamento, além das medidas de aumentos de impostos e corte de direitos e benefícios que o Congresso está aprovando. Somado tudo, chegaremos aos 100 bilhões desejados pelo ministro Levy. Essa grana toda é o pagamento da corrupção do governo do PT. Estamos pagando pela eficiente competência do partido em roubar. Amanhã o PT vai se orgulhar de ter enganado a maioria esmagadora do povo brasileiro por 12 anos seguidos. Talvez um dia veremos algum petista nas redes sociais chamar os eleitores do PT de otários.
Um colega chegou a me dizer que as medidas são necessárias. Acho que agora não seriam ainda porque o governo não fez o dever de casa. Onde está o corte dos ministérios desnecessários? O Poder Judiciário está fazendo algum sacrifício? O Poder Legislativo deu alguma contribuição? Não. Ao contrário. Juízes tiveram aumentos, deputados idem, senadores idem. A Câmara gastará 1 bilhão na construção de um shopping... Como se pode ver, medidas de alta importância para o desenvolvimento do Brasil. Nós construímos estádios para a Copa do Mundo e estamos com novas obras para as Olimpíadas do ano que vem. Tudo coisa inadiável.
Entretanto, colocado em prática em 2010, no primeiro ano de mandato da presidente Dilma Rousseff, como uma estratégia do Ministério da Educação para induzir a ampliação da jornada escolar, o programa Mais Educação, uma das principais bandeiras da campanha da reeleição no ano passado, para transformar o Brasil na “Pátria educadora”, o programa sofrerá inúmeros cortes. Inclusive, levantamento feito por ISTOÉ verifica atraso na parcela referente ao segundo semestre de 2014 em secretarias de educação de 15 estados do País, o que está comprometendo a rotina escolar de milhares de alunos, obrigados a ficar fora das suas escolas. Em Aracaju (SE), por exemplo, dos 34 colégios registrados no programa apenas 16 conseguem manter as atividades.
Mas não é só os bobozinhos do fundamental que vão perder. A Universidade Federal da Bahia em Vitória da Conquista confirmou que o curso de medicina não terá início neste ano de 2015. O Ministro da Saúde, em visita recente ao município, chegou a garantir a vinda do curso para a cidade, mas não contava na época, que o rombo no orçamento da União fosse tão grande e inviabilizasse a iniciativa. Em nota oficial, assinada pelo diretor do campus da Ufba Conquista, Orlando Caires, “o curso de medicina do IMS/UFBA será implantado”, porém sem prazos definidos. E para o pessoal que está esperando a UFNB – Universidade Federal do Nordeste da Bahia – para 2017, prepare seu arsenal de frustrações. Não precisa nem falar na Saúde, não é? Já estava capenga, agora é que é coisa. O Sonho de Ildinho e Ana Dalva de colocarem médico 24 horas no município está indo para o léu! A não ser que tirem leite de pedra. Nem mesmo sei se vão conseguir manter o que já conquistaram.
Pior que isso é constatar que não temos oposição. Nossa oposição está sendo feita limitadamente pela imprensa, contando com o trabalho de abnegados policiais federais e alguns promotores e juízes, como os da operação Lava jato. E não estou sendo injusto. Quem pensar que a operação Lava Jato foi trabalho de oposição, esqueça. Foi fogo amigo somado ao trabalho eficiente da Polícia Federal, do Ministério Público e do Juiz Sérgio Moro. PSDB, DEM, PSOL, PSB, PPS, PSC e outros só fazem zoada. E muitos destes partidos, de forma gentil, votaram a favor do governo nas medidas de ajustes. Caso do DEM, liderado pelo ACM Neto, e representado pelo ilustre José Carlos Aleluia. Alegaram que estavam fazendo o correto. Tem que fazer os ajustes para que o país não quebre de vez. Poderiam pelo menos exigir cortes de ministérios, mas a questão era outra e merece um outro artigo.
Panfleto por debaixo da porta
Zé do Sertão
Copiaram a reportagem deste blog, do dia 22 de maio do ano passado, exatamente há um ano, e colocaram debaixo das portas de várias casas. A ação deve ter a assinatura do presidente da Câmara Municipal de Heliópolis, vereador Giomar Evangelista, ou de algum seguidor de sua pregação. E a razão deve ser por ter o vereador José Emídio defendido a atual secretária de saúde. Quem o fez deve estar confundindo as coisas ou tentando confundir as coisas. Bem que ele poderia aproveitar as mais de 70 postagens escritas com denúncias da vereadora Ana Dalva contra a administração do ex-prefeito do PC do B, o mesmo partido do presidente da casa, inclusive as 18 denúncias enviadas ao Ministério Público de Paulo Afonso que, somadas às irregularidades detectadas pela CGU, gerou a Operação 13 de maio e registrou um rombo de quase 20 milhões só em Heliópolis. Se o vereador fosse defensor do povo, daria um prêmio a Ana Dalva e não procuraria produzir articulações ridículas para tentar calar o vereador Zé do Sertão e prejudicar o trabalho da vereadora frente à secretaria de saúde.