Exclusivo!

O predador da Petrobrás

Sérgio Gabrielli (foto: Terra.com) Em apenas uma única obra da Petrobrás, o Comperj – Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro, localiz...

Novidade

sexta-feira, 13 de junho de 2014

Convenção do PSB em Salvador


A Executiva Estadual do PSB-Bahia iniciou a mobilização da militância do interior para convenção estadual da sigla, que será realizada neste sábado, dia 14 de junho, das 8 às 17h, no Bahia Café Hall, em Salvador. No evento, que contará com as presenças do pré-candidato à Presidência da República, Eduardo Campos, e sua vice, Marina Silva, serão confirmados os nomes das pré-candidatas à chapa majoritária, Lídice da Mata e Eliana Calmon, que pleiteiam uma vaga ao governo da Bahia e ao Senado Federal; e os nomes dos pré-candidatos a chapa proporcional, que disputam vagas para Assembleia Legislativa e Câmara federal. A expectativa da direção do PSB é que a convenção reúna uma média de duas mil pessoas, entre militantes e lideranças do PSB-Rede, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores de todas as regiões do Estado. De Heliópolis já estão confirmadas as presenças do professor Landisvalth Lima e da vereadora Ana Dalva.
Dilma vaiada
Dilma e Blatter
A presidente Dilma Rousseff teve de ouvir nesta quinta-feira um coro não muito agradável na estreia do Brasil na Copa do Mundo contra a Croácia, na Arena Corinthians, em São Paulo, quando torcedores presentes hostilizaram a presidente. Presente no estádio, Dilma não declarou aberta a Copa e sequer teve seu nome anunciado no estádio. Ainda assim, não escapou dos insultos da torcida. "Ei, Dilma, vai tomar no c...", gritaram torcedores pouco antes do início da partida entre Brasil e Croácia que abre o Mundial. Aparentemente alheia aos protestos, Dilma comemorou bastante o gol de pênalti marcado por Neymar, que colocou o Brasil à frente no placar. Logo depois, no entanto, o coro pouco amistoso à presidente voltou a se repetir em parcela da torcida presente na Arena Corinthians. A Copa tem sido alvo de uma série de protestos que vão desde a críticas aos gastos com a realização do Mundial, até reivindicações por melhores serviços públicos. Na terça-feira, Dilma fez pronunciamento em cadeia nacional de rádio e TV no qual defendeu os gastos com a Copa e garantiu que as contas do Mundial serão "minuciosamente" analisadas pelos órgãos de fiscalização. Na abertura da Copa das Confederações no ano passado, Dilma recebeu uma sonora vaia da torcida em Brasília na partida entre Brasil e Japão, que abriu o torneio. Após o incidente, nem Dilma nem o presidente da Fifa, Joseph Blatter, também vaiado no ano passado em Brasília, falaram antes do pontapé inicial de Brasil e Croácia nesta quinta. A presidente Dilma Rousseff respondeu nesta sexta-feira (13) às vaias que ouviu na abertura da Copa do Mundo, no Itaquerão. Ela evocou lembranças da ditadura e do período em que foi torturada pelo regime militar para retrucar ofensas que partiram das arquibancadas do estádio durante o jogo do Brasil.  “Não vou deixar me perturbar por agressões verbais. Não vou me deixar perturbar. Eu não vou me deixar atemorizar por xingamentos que não podem ser sequer escutados pelas crianças e pelas famílias. Aliás, na minha vida pessoal enfrentei situações do mais alto grau de dificuldade. Situações que chegaram ao limite físico. Eu suportei não foram agressões verbais, mas agressões físicas”, disse Dilma, em meio a gritos de uma plateia composta de operários e trabalhadores do sistema de trânsito do DF.
Eduardo Campos: “Colhe o que se planta”
Eduardo Campos (PSB)
O presidenciável do PSB, Eduardo Campos, disse que "se colhe o que se planta", em relação às vaias e hostilidades direcionadas à presidente Dilma Rousseff no jogo de abertura da Copa, realizado ontem no Itaquerão. Em entrevista à rádio CBN de Cascavel (PR), Campos ressalvou contudo que as manifestações podem ter sido inapropriadas. "Talvez possa não ter sido a melhor forma de expressar esse mau humor, essa discordância (da população), mas o fato é que vale o ditado: Na vida a gente colhe o que a gente planta", disse o pessebista. Campos repetiu que o desejo de mudança é crescente na população brasileira, o que o leva a estar confiante na vitória dele e de sua vice Marina Silva nas urnas em outubro. O pré-candidato foi questionado sobre suas propostas para o Paraná, ao que respondeu que o Estado não pode continuar sendo "perseguido" por causas de brigas políticas. "O Paraná é um Estado que tem dado muito ao Brasil e que tem recebido pouco do Brasil. Não se pode misturar interesses de um Estado com os interesses de partidos políticos." Enquanto a Presidência é do PT, o Paraná é governado pelo tucano Beto Richa, que tenta a reeleição com apoio do PSB local. Com relação a propostas concretas para o Paraná, Campos disse que, se eleito presidente, trará mais recursos para obras de infraestrutura, como de ferrovias que façam a ligação do oeste paranaense aos portos. No plano nacional, Campos voltou a criticar a condução da economia e o número de ministérios do governo Dilma Rousseff.
Lula chama manifestantes de mal educados
Ex-presidente Lula
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou nesta sexta-feira (13) as vaias à presidente Dilma Rousseff na abertura da Copa do Mundo ontem na Arena Corinthians, dizendo que educação é algo que se recebe de casa e que nem dinheiro nem escola nem títulos de doutor dão educação para as pessoas. Lula deu as declarações em Teresina, no Piauí, durante ato político com o pré-candidato a senador Elmano Ferrer (PTB), o pré-candidato ao governo do estado Wellington Dias (PT) e o senador e presidente do PP, Ciro Nogueira.  “Eu vi uma parte da manifestação contra a presidenta Dilma e eu fiquei pensando que não é nem dinheiro nem escola nem títulos de doutor que dão educação para as pessoas. Educação se recebe dentro de casa. Eu nunca tive coragem de faltar com respeito a um presidente da República”, disse Lula. “E não era nenhum pobre [vaiando Dilma]. Parece que comeram até demais, estudaram até demais, porque perderam a educação e o respeito”, completou. O ex-presidente afirmou que ainda há muito a ser feito no país, mas imaginou que "as pessoas iam ficar felizes ao verem os pobres começarem a comer". "Mas não, eles se incomodam. Eles preferiam um avião vazio, com meia dúzia de ricos", afirmou. Sobre os avanços do país, Lula disse ainda que, quando chegou à Presidência, havia 399 doutores no Nordeste e hoje há 1996 por ano. "É pouco. Precisamos formar mais cientistas e professores no Nordeste”. Sobre a eleição, Lula disse que não é isso que está em jogo. “Está em jogo a escolha do tipo de projeto que queremos eleger. Se queremos voltar para a velha política do passado, ou se queremos avançar muito mais”. Para Lula, “nós não temos o direito de fazer esse país retroceder”. Disse isso dando a entender que só é possível avançar com o PT.

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Fátima Nunes fora da lista de candidatos do PT

Fátima Nunes
Há certas coisas que não dá para entender, por mais que se possa ter boa vontade. Está mais que visível a derrapagem do PT ladeira abaixo, mas não se imaginava que o Partido dos Trabalhadores chegasse ao ponto de expor tão abertamente sua chaga de incompetência. Está lá no portal do partido que o pagamento das contribuições partidárias, por meio do Sistema de Arrecadação de Contribuição Estatutária (SACE), é condição indispensável para exercer cargo partidário ou para disputar as eleições. Diz ainda que eventuais débitos de candidatos ou candidatas devem ser quitados até o dia 4 de junho de 2014. Aqueles que não estiverem na Lista de Aptos não terão direito à legenda e não poderão participar do pleito. Há de se enaltecer o esforço do responsável pelo setor para dar moralidade ao partido, que necessita disto como nunca dantes na história.
Pois bem. Não é que na última segunda-feira (9) o PT divulgou sua lista de pré-candidatos e lá não consta o nome da deputada Fátima Nunes? A relação, que abrange políticos de todo o país, deixa de fora ilustres baianos como o ex-secretário de Saúde do governo Wagner, Jorge Solla – que pretende concorrer a uma vaga na Câmara Federal –, e os deputados estaduais Yulo Oiticica – também aspirante a Brasília – e Fátima Nunes, que tentará a reeleição. Também não está lá o tal do Luiz Moura-PT de São Paulo, aquele ligado ao PCC, porque foi suspenso pelo partido. Sabe-se que os diretórios regionais petistas foram comunicados antecipadamente pela executiva nacional do partido sobre os integrantes que tinham pendências financeiras com a contribuição mensal de manutenção da sigla. Ou seja, Fátima Nunes, Jorge Solla e Yulo estão devendo ao próprio partido e foram barrados. Duvido que isso não se resolva, mas que ficou feio ficou. Ou o PT não presta a estas ilustres figuras ou elas não prestam ao PT. Com a palavra o governador!
Com informações básicas do Bahia Notícias e do portal do PT.

terça-feira, 10 de junho de 2014

Rede estadual de Sergipe mantém paralisação

Professores querem o reajuste de 22,22% de 2012
Em assembleia ocorrida nesta segunda-feira (9/6), os professores da rede estadual de ensino do Estado de Sergipe votaram pela manutenção da paralisação, em virtude de o governo somente ter apresentado uma tese para a reconstrução da carreira, e não uma proposta concreta, que só deve apresentar até o dia 13. Uma nova assembleia será segunda-feira, dia 16, que pode ser antecipada caso a proposta chegue antes do dia 13.
Nesta terça-feira, dia 10, os professores da rede estadual fazem um ato, com concentração às 8h, na Praça General Valadão. Além de reivindicarem a restruturação da carreira, os professores protestam também contra o vereador por Aracaju, Agamenon Sobral (PP), que vem agredindo sistematicamente, na tribuna da Câmara Municipal de Aracaju e em veículos de comunicação, professores e professoras da rede pública de Sergipe. O vereador parece ter vocação para o espetáculo e vem ofendendo várias categorias de servidores.
Em Poço Verde, os professores da Rede Estadual optaram pelo término do semestre. Como a paralisação foi determinada na semana de avaliações, os professores optaram pela realização das provas para não prejudicar os alunos. Eles acham que, se o governador Jacson Barreto não apresentar uma resposta convincente à categoria, não haverá início do segundo semestre na rede pública estadual de Poço Verde.
Processo seletivo
A prefeitura municipal de Heliópolis - Ba publicou edital para Processo Seletivo Simplificado em algumas áreas, inclusive para professor. Vários concursados preparam representação contra a medida, já que há ainda muitos classificados que não foram convocados. Ao Landisvalth Blog, o secretário de educação, prof. José Quelton, afirmou que consultou a Promotoria de Cícero Dantas e recebeu o OK. “Trata-se de contratação temporária para cobrir licenças, tratamento de saúde, gestantes, ocupantes de cargos comissionados, etc e o município não poderá efetivar alguém para vagas temporárias”, disse. Ocorre que sempre haverá pessoas que ocuparão os cargos comissionados, mulheres que ficarão grávidas e servidores que terão direito a licença. “Então, estas contratações serão eternas? Não seria melhor convocar os classificados para fazer isso, como reza a Lei?”, questiona uma professora classificada e que aguarda convocação. Outros duvidam de ter o Promotor autorizado tal processo. “Qualquer pessoa que conhece um pouco de lei sabe que não se pode fazer nenhum processo seletivo enquanto o concurso estiver no prazo de validade e ainda houver classificados para serem convocados.”, afirmou um classificado que pediu para não colocar o nome. Pelo sim, pelo não, o prefeito Idelfonso Fonseca corre sério risco de enlamear a parte mais nobre de sua administração, que foi a realização do concurso público de forma limpa e com muita lisura. É uma pena.

domingo, 8 de junho de 2014

FIRJAN: Heliópolis, Cícero Dantas, Canudos e Novo Triunfo entre os piores!

      
Vista aérea de Heliópolis
     O Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal (IFDM), criado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN) para acompanhar a evolução dos 5.565 municípios brasileiros, revelou em sua 6ª edição que somente 42 dos 417 municípios da Bahia apresentaram nível de desenvolvimento moderado, ou seja, 87% das cidades baianas ainda possuem desenvolvimento baixo ou regular. Além disso, o nosso estado da Bahia tem 182 cidades entre os 500 piores resultados brasileiros. Desde o início da nova série histórica do IFDM, em 2005, a Bahia permanece sem municípios em alto desenvolvimento. Na nossa região, como já era esperado, Cícero Dantas, Heliópolis, Canudos e Novo Triunfo disputam palmo a palmo os últimos lugares. Estas cidades estão entre as 50 piores da Bahia e as 200 piores do Brasil. Para não dizer que estamos no fundo do poço, Paulo Afonso, Fátima, Ribeira do Pombal e Santa Brígida estão frequentado a faixa mediana da tabela, mas ainda não são considerados desenvolvidos. A mensagem do FIRJAN é que ou prefeitos, eleitores, empresários, estudantes, professores, vereadores tomam juízo ou não sairemos do lugar. Precisamos de uma transformação geral de mentalidades. Que tal colocarmos no lugar da esperteza a meritocracia? 

     Confira os números de alguns municípios da nossa região:

Nacional
Estadual
IFDM Consolidado
Estado
Município
2653º
22º
0.6423
BA 
Paulo Afonso
4239º
88º
0.5382
BA
Fátima
4430º
107º
0.5221
BA
Ribeira do Pombal
4589º
130º
0.5094
BA
Santa Brígida
5006º
224º
0.4666
BA
Tucano
5007º
225º
0.4663
BA
Jeremoabo
5049º
236º
0.4620
BA
Ribeira do Amparo
5099º
251º
0.4556
BA
Euclides da Cunha
5118º
257º
0.4536
BA
Antas
5150º
272º
0.4478
BA
Banzaê
5186º
282º
0.4414
BA
Nova Soure
5203º
290º
0.4394
BA
Coronel João Sá
5207º
292º
0.4387
BA
Pedro Alexandre
5319º
333º
0.4203
BA
Uauá
5329º
337º
0.4176
BA
Cipó
5333º
338º
0.4160
BA
Sítio do Quinto
5420º
368º
0.3964
BA
Cícero Dantas
5428º
370º
0.3927
BA
Heliópolis
5486º
399º
0.3609
BA
Canudos
5510º
408º
0.3029
BA
Novo Triunfo

   Olimpíada da Matemática
Prof. Quelton, Emerson e Delson (foto: Sec.Municpal)
O aluno Emerson Batista Silva, do 2º ano A do Colégio Estadual José Dantas de Souza, de Heliópolis, recebeu a Menção Honrosa pela participação destacada na 1ª OBMEP – Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas. O certificado foi entregue no CETEP - Centro Territorial de Educação, em Alagoinhas, no último dia 3 de junho. Emerson estava acompanhado de seu pai, Delson Silva, do Secretário Municipal de Educação, prof. José Quelton de Almeida e do coordenador municipal de educação, prof. Renam. Não deixa de ser uma boa notícia. E que venha a medalha de ouro!
PAMEH
O coordenador do PAMEH – Plano de Ações e Metas da Educação de Heliópolis – Prof. Eraldo Neves já trabalha para finalizar a parte de recolhimento das notas da 1ª unidade de todos os alunos da rede municipal. Após isso, haverá a elaboração das avaliações para aplicação em toda a rede, priorizando nesta primeira parte os alunos do Fundamental II. Eraldo explica que esta primeira etapa é diagnóstica. “Queremos saber onde estão os problemas. Depois encontraremos as soluções. ”, disse. Para Eraldo, o projeto está acontecendo, mas ainda carece de algumas medidas. Ele cita uma potente máquina xerox para impressão das provas, uma sala para implantação do C.A.E. – Centro de Avaliação e Estatística – e mais alguns funcionários para execução das tarefas futuras. “Já passamos para o secretário, o prof. José Quelton, que está empenhado em fazer o Plano acertar. Acredito que estamos no caminho certo e a administração do prefeito Ildinho tem um bom remédio para curar nossa educação. É só um pouco de boa vontade que a gente chega lá.”, concluiu.
Mais ambulâncias
Prefeito Ildinho com uma nova ambulância
Mais 86 ambulâncias foram entregues a 85 municípios baianos pelo governador Jaques Wagner, na tarde da última quinta-feira, 5 de junho, durante evento realizado no pátio do DERBA em Feira de Santana. Os investimentos somam R$ 5,4 milhões. Sem muito a oferecer aos gestores, já que a Bahia está também com o pires na mão, o lote de 300 ambulâncias que o Governo da Bahia está destinando ao atendimento no interior representa investimento de R$ 19 milhões e não deixa de ser um agrado aos prefeitos em ano eleitoral, mas ainda insuficiente para resolução dos graves problemas enfrentados na saúde da Bahia. "Como Feira é o Portal do Sertão, estamos fazendo essa entrega [na cidade] para facilitar aos municípios da região. Teremos outra entrega em Vitória da Conquista nesta segunda-feira, 9 de junho," disse o governador Jaques Wagner. O prefeito Ildefonso Fonseca estava lá para receber a ambulância destinada a Heliópolis. É uma ajuda, mas não resolverá os crônicos problemas de saúde no município. De qualquer forma, é bem-vinda. Só para se ter uma ideia do baixo investimento feito na saúde da Bahia, o secretário estadual de Saúde, Washington Couto, informou que há apenas 56 unidades de UTI Móvel do Samu 192. O número é bem inferior ao do Estado de Sergipe, que possui 75 municípios e a Bahia tem 417!
Com informações básicas do Joilson Costa, Rádio Pombal FM, Jeremoabo Agora e Bahia Notícias.