Exclusivo!

Mais duas mortes trágicas em Heliópolis

Mariza Alves sofria de asma Adriano faleceu em acidente A cidade de Heliópolis tem vivido uma das maiores epidemias de mortes de...

Novidade

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

LOA de Heliópolis vai para pauta segunda


Ana Dalva vai colocar Loa em votação
A vereadora Ana Dalva anunciou que não tem mais como adiar e colocará em discussão a Lei Orçamentária Anual na pauta da sessão desta segunda-feira. Na última segunda, embora já estivesse com os Pareceres das comissões da casa, não foi possível colocar em discussão porque os vereadores só se reuniram no mesmo dia antes da sessão. Além disso, ainda não havia sido feita a modificação pedida por Ana Dalva para diminuir o percentual de 100 para 70% do limite de remanejamento de verbas.
Apesar de já estar com os Pareceres favoráveis à matéria, o vereador Mendonça deve apresentar em Plenário emenda estabelecendo percentual de 20% para o limite de remanejamento.  Como tem minoria nas comissões, a oposição quer jogar a propositura para a votação no campo onde o jogo favorece aos opositores do prefeito Ildinho. Segundo afirmam, o vereador Valdelício já está de mala e cuia nos braços do PCdoB, por influência do vice-prefeito Gama Neves. O objetivo deles é diminuir ao máximo o poder do prefeito na Câmara para emplacar o futuro presidente do Legislativo.
Sobre a eleição que vai definir o futuro da Câmara Municipal de Heliópolis, Ana Dalva se mostra tranquila. “Fiz minha parte. Esta casa cumpriu o seu papel nos meus dois anos de mandato. Foi um poder altivo, independente. Se querem levá-la de volta ao passado, assumam as consequências. Eu quero continuar, mas não posso vender minha alma para isso. Não vou entrar no jogo de servir a um plenamente e massacrar o outro. Acho que Heliópolis não merece mais isso!”, concluiu.
O primeiro a se lançar candidato foi Giomar Evangelista, mas o nome de Mendonça ganhou corpo e até o de Doriedson foi ventilado como alternativa nova. Mas tudo está indefinido. Até porque o prefeito ainda não entrou em campo para dizer o que quer. Se já o fez, não quer revelar as dificuldades que está passando. Certo é que o PCdoB, unido ao DEM e ao grupo da ex-secretária de assistência social, que é parte do PT, não descansam. Querem fazer o próximo presidente para destilar sua vingança contra o prefeito. A última coisa que pensam nesta hora é sobre o correto, o adequado ou mesmo sobre o melhor para Heliópolis.
PT da Bahia recebeu mais “doações”
Rui Costa recebeu mais doações
O governador eleito Rui Costa (PT) foi o que recebeu o maior montante de doações das empresas investigadas pela Operação Lava Jato da Polícia Federal (PF), segundo levantamento da Folha de S. Paulo. A publicação faz a estimativa um dia após veicular que o executivo Augusto Ribeiro de Mendonça Neto, da Toyo Setal, afirmou em delação premiada que parte da propina paga para o ex-diretor de Engenharia e Serviços da Petrobras, Renato Duque, eram “doações oficiais ao PT”. Rui Costa recebeu a doação de R$ 9,4 milhões, o que significou 29,2% de sua receita total. Somente o governador eleito da Bahia e Renan Filho (PMDB-AL) constituem quase 30% do total obtido pelos candidatos. Sete das nove empresas sob apuração da PF repassaram ao menos R$ 38,9 milhões às campanhas de 19 governadores eleitos e reeleitos. As doações foram feitas pela UTC, Odebrecht, Queiroz Galvão Engenharia e Camargo Corrêa com subsidiárias. Viva a democracia!
Assassinato de José Carlos em Paripiranga
 Parece engraçado ouvir ou ler algo sobre a luta da deputada Fátima Nunes em desvendar o mistério que envolve a morte do Dr. José Carlos, ex candidato do PT a prefeito em Paripiranga. Mas é interessante o texto do Bahia Notícias, quando diz que a segurança pública na Bahia, num ponto, é republicana: a pessoa pode ser parlamentar, amiga do governador, da presidente da República, que isso não vai ajudar em nada a investigação de um crime que a tenha afetado. É o caso da deputada Fátima Nunes (PT), que há sete meses, desde o infortunado acontecimento, espera uma providência das autoridades para esclarecer o assassinato do médico José Carlos de Carvalho, em Paripiranga, e prender os culpados. “Não têm sido poucas as idas e vindas às audiências públicas com o secretário da Segurança Pública, com os delegados, com toda a equipe”, discursou Fátima na Assembleia Legislativa, lamentando por não ver” um sinal que aponte para qualquer punição.”. Se é assim com os aliados, imagine com os opositores. É muita incompetência!
Pombal de Luto
Acidente matou cinco pessoas
Pelo menos cinco pessoas morreram e outras 22 ficaram feridas em um grave acidente, ocorrido na madrugada desta quinta-feira (4), na BR-381, na altura do município de Bela Vista de Minas, na região Central de Minas Gerais. O ônibus da empresa Gil Tur saiu de Ribeira Pombal, na Bahia, e seguia para São Paulo. Conforme informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de João Monlevade, o motorista teria perdido o controle do veículo, que saiu da pista e caiu em uma ribanceira. O acidente aconteceu em um trecho sinuoso da rodovia, mas não chovia no momento. Ainda não se sabe a causa do acidente. Os feridos receberam os primeiros atendimentos no Hospital Margarida, em João Monlevade. Uma adolescente de 16 anos e um homem de 51, em estado grave, foram transferidos para o Hospital de Pronto-Socorro (HPS) João XXIII, em Belo Horizonte. As vítimas ainda não foram identificadas. São três homens e duas mulheres.
Marcelo Nilo desobedece Justiça
Para os comuns, a desobediência à Justiça é motivo de prisão imediata, mas isso não acontece com os grandes na Bahia. O Tribunal de Justiça do Estado da Bahia determinou, nesta quarta-feira (3), que o presidente da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (AL-BA), Marcelo Nilo (PDT), seja intimado a responder mais uma vez sobre o não pagamento de dívidas dos servidores da Casa Legislativa. Caso Nilo não responda à intimação, ele pode ser preso em flagrante, além de pagar uma multa – não especificada. A montante seria de cerca de R$ 120 mil por mês. De acordo com o documento, a intimação é resultado do descumprimento da decisão que requereu “a intimação pessoal dos servidores Sr. Gervásio Prazeres de Carvalho, Superintendente de Recursos Humanos e o Sr. Marcus Vinícius de Barros Presidio, Superintendente de Administração e Finanças, ambos da Assembleia Legislativa da Bahia. Como se vê, parece brincadeira o que estão fazendo com a Justiça baiana. O atual governador, até hoje, não cumpriu a determinação de contratar os coordenadores aprovados em concurso. Vai sair do governo numa boa, com pensão vitalícia garantida e ainda é cotado para ministro de Dilma. Pode quem manda e quem tem juízo não obedece.