Exclusivo!

Juiz recebe 500 mil de salário. Direito ou privilégio?

Mirko Vincenzo Giannotte recebeu 503 mil em salários. Direito ou privilégio? A pressa em divulgar uma notícia pode levar um jornalista ...

Novidade

terça-feira, 22 de abril de 2014

Bahia terá aumento na conta de luz

Mais aumento para o consumidor da Bahia
A conta de luz dos consumidores baianos fica mais cara a partir de hoje. O reajuste de 14,82% para as residências e 15% para as empresas é valido para a capital e mais 415 municípios da Bahia. Nas ruas, o consumidor que só deve sentir o aumento pesar no bolso a partir do mês de maio, não recebeu bem a notícia. No entanto, para não ter surpresas é importante ficar atento a algumas medidas simples que farão a diferença no final do mês. Entre as empresas, o reajuste aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica(Aneel), é de 15% para o consumidor de baixa tensão e 16,04% para os de alta tensão. Na Bahia, segundo a Aneel, pelo menos 5,3 milhões de consumidores serão afetados com a nova tarifa. As cidades de Jandaíra e Rio Real são as que ficarão de fora do aumento já que são abastecidas pela Companhia Elétrica Sergipana.
Ainda de acordo com o órgão, o reajuste médio aprovado, de 15,35%, ficou abaixo do pedido pela Coelba, quer era de 18%. A companhia justificou que a compra de energia, teve elevação em torno de 17%. As despesas dos últimos 12 meses que precisam ser quitadas, também contribuíram para o reajuste. O segurança noturno Vandeilson Costa dos Santos não recebeu bem a notícia do aumento. “Em casa usamos lâmpadas florescentes e lembretes espalhados em todos os cantos para que não esqueçamos de apagar as luzes quando não estamos no local. Mas mesmo assim ainda acho o reajuste acima da nossa realidade”. Já a dona de casa, Luciana Ferreira, de 48 anos, confessa que não costuma ficar atenta a economia de energia em casa. “Na correria do dia muitas vezes a gente passa despercebido. Assim como Luciana, milhares de pessoas não costumam se preocupar em economizar. De acordo com a Coelba, o condicionador de ar é um dos eletrodomésticos de maior consumo de energia. E a dica é que os consumidores utilizem-no apenas quando necessário.
 Irmão de Marcelo Nilo comete suicídio
Luiz Nilo
     O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), deputado Marcelo Nilo (PDT), sofreu um baque na manhã desta terça-feira (22) ao perder o irmão, Luiz Eumar Nilo. Ele cometeu suicídio se jogando do apartamento, no décimo andar, em que morava na Pituba, em Salvador. Nas eleições passadas, em Antas, Luiz foi candidato a vice-prefeito (PDT), e esteve envolvido numa acusação de espancamento de um adversário político na localidade conhecida como Nova Anta. O candidato a prefeito de sua chapa era Valdevino Nunes, que foi derrotado por Wanderlei Santana (PP), nome indicado pelo ex-prefeito Agnaldo Félix (PP). Segundo a 13ª Companhia Independente de Polícia Militar, todos os indícios sugerem que Luiz Nilo, 56 anos, tenha pulado por conta própria. O caso foi no final da manhã de hoje, na rua Sargento Astrolábio, no prédio Cidade Jardim. Segundo a PM, Luiz deixou uma carta para familiares, saiu de seu apartamento e foi até o terraço do prédio, de onde caiu. O caso foi registrado na 16ª Delegacia como suicídio a investigar. Uma sessão extraordinária que estava prevista para esta tarde na Assembleia foi suspensa em solidariedade a Marcelo Nilo. O sepultamento ainda não tem data e nem local para acontecer, já que a notícia tomou a todos de surpresa. Ninguém falou sobre quais os motivos que fizeram Luiz Nilo tirar sua própria vida.
PAMEH na berlinda

O primeiro projeto de metas e ações na educação de Heliópolis para os próximos três anos está encalhado na Câmara Municipal de Heliópolis. É que a Urgência Urgentíssima foi derrubada pelos vereadores, por 5 votos a 3. O voto decisivo foi o do vereador Valdelício Dantas da Gama. Conversando com alguns edis, a vereadora Ana Dalva tranquiliza as pessoas da educação informando que estas brigas políticas sempre acontecem e ela não vê possibilidade de reprovação do projeto. “Os vereadores estavam com um pé atrás só na questão da urgência. Acredito que será aprovado porque foi algo discutido com a comunidade escolar.”, tranquilizou. O problema agora é de prazo. Se o projeto for colocado na próxima sessão, já com os Pareceres favoráveis das respectivas Comissões, e havendo aprovação de sessões extraordinárias, é possível que na próxima semana seja sancionado. Sendo assim, o professor Quelton informa que será possível aplicá-lo ainda na 2ª unidade deste ano letivo.
Com informações do IG e do Bahia Notícias.