Exclusivo!

Rede com nova direção na Bahia

Os novos dirigentes da Rede na Bahia (foto: Landisvalth Lima) O partido Rede Sustentabilidade elegeu neste domingo (10) a sua nova com...

Novidade

sábado, 25 de janeiro de 2014

Municípios do semiárido recebem equipamentos do PAC2

Foram entregues máquinas do programa federal do PAC2 e aconteceu a assinatura de ordem de serviço para construção de via de acesso ao aeroporto de Feira de Santana
José Ronaldo, Zé Neto e Otto Alencar na assinatura da
ordem de serviço para melhorar Aeroporto de Feira.

foto: Elói Corrêa/GOVBA
O governador em exercício e secretário de Infraestrutura, Otto Alencar, entregou nesta sexta-feira (24), em Feira de Santana, 262 equipamentos, sendo 70 caminhões-pipa, 116 pás-carregadeiras e 76 caminhões-caçambas, a municípios do semiárido baiano. “Os equipamentos irão ajudar os municípios da região, principalmente os que mais sofrem com a estiagem”.
A ação é uma forma de ajudar municípios do semiárido que não têm condições sequer de alugar os equipamentos. É um número de maquinário suficiente para ajudar os prefeitos a realizar diversas obras, principalmente na zona rural, com várias tecnologias visando acumular água, possibilitando que os moradores produzam mais e vivam melhor nos períodos de estiagem.
Ordem de serviço
Também nesta sexta, o governador em exercício assinou a ordem de serviço para a construção de uma via que vai interligar o Aeroporto de Feira de Santana à Avenida Contorno, trecho da BA-503. São quase seis quilômetros de estrada que irão facilitar também o acesso a cidades como Coração de Maria e Conceição do Jacuípe. 
Atualmente, o aeroporto passa por reformas e, até o final desde ano, deverá receber voos regulares, de acordo com informações de Otto Alencar, que visitou as obras. Segundo ele, ainda não há previsão do número de voos ou se vão ser diários ou semanais. “Vai depender da análise da demanda, mas Feira de Santana e as cidades localizadas ao redor possuem mais de um milhão de habitantes, o que valida a necessidade de um aeroporto que faça jus à região”.