Exclusivo!

Poço Verde nega título a Lula. E daí?

A cegueira ideológica impede a transformação real da sociedade (foto: porvir.org.) Dizem que o Brasil está tão dividido que é preciso ...

Novidade

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Protesto de centrais sindicais deixam capitais sem ônibus

Manifestações acontecem em todo o país nesta sexta-feira
As centrais sindicais planejam manifestações para esta sexta-feira em todo o País. Denominado "Dia Nacional de Manifestação e Luta", os atos desta sexta reunem trabalhadores ligados à Central Única dos Trabalhadores (CUT), Força Sindical, Conlutas, CTB, Nova Central e CGTB e são uma continuação do ato conjunto de 11 de julho que, apesar do alarde de grande paralisação, não tomou a proporção dos protestos populares de junho. Em São Paulo, além de previstos alguns atos pela cidade e da expectativa de uma paralisação de ônibus pela manhã, o principal ato deve ser na Avenida Paulista, a partir das 15h. O Sindicato dos Motoristas, porém, não confirmou a greve parcial. As centrais reivindicam do governo o cumprimento da pauta trabalhista, que tem entre os itens o fim do fator previdenciário, a redução da jornada de trabalho para 40 horas e contra o PL 4.330, que amplia a terceirização. Em Vitória, todos os acessos à Capital seguem fechados desde as cinco horas da manhã. Manifestantes de 20 diferentes categorias sindicais se reúnem em frente à Findes (Federação Nacional das Industrias) a partir das 11 horas para dar seguimento aos protestos que também paralisam vias de outras cidades da região metropolitana. O transporte coletivo em Salvador voltou a funcionar a partir das 8h30. Apesar de a paralisação já ter sido suspensa, a movimentação nos pontos e estações de transbordo da cidade é intensa porque, além do movimento dos rodoviários, chove na capital baiana, deixando o trânsito lento e congestionado. Quebradeira em terminais de ônibus em Fortaleza. Já na madrugada quando os ônibus urbanos começaram a parar, os usuários e manifestantes depredaram, equipamentos dos terminais e nos ônibus. Todos os sete terminais de integração e a Rodoviária Interestadual foram atingidos. Manifestantes entre professores e estudantes ocupam a Assembleia Legislativa. Estão parados motoristas de ônibus, servidores federais, professores e estudantes das redes oficiais municipal, estadual e federal. Houve confronto nos terminais com disparos de tiros e bombas de gás.
Câmara, um poder corrupto e apodrecido
Artigo do jornalista Samuel Celestino é uma pérola. Este blog assina em baixo o reproduz na íntegra:
De pouco adianta o PSDB e o PPS acionar o Supremo Tribunal Federal para pedir a anulação da sessão que referendou o mandato enlameado e corrompido do prisioneiro da Papuda, deputado Donadon,  integrante de uma Câmara dos Deputados entulhada de canalhas que, juntamente com o Senado de Renan Calheiros, forma o que de mais podre existe nesta República tropical. A Câmara é um amontoado de corruptos, com as exceções de praxe, daí porque reuniu maioria suficiente para salvar o mandato do colega condenado a 13 anos de prisão. Dificilmente o STF acatará o pedido porque a sua parte ele já fez e, na primeira etapa do julgamento do mensalão, muito se discutiu sobre a cassação dos parlamentares condenados. A Câmara tomou posição contrária à pretensão da corte e disse que a questão competia a ela decidir, e não ao Supremo. O ministro Marco Aurélio, em pronunciamento curto sobre o caso Donadon, riu da Câmara e afirmou que uma condenação determina, de imediato, a suspensão dos direitos políticos do condenado. A situação da Câmara dos Deputados chegou ao extremo da safadeza e desrespeito à cidadania. Não surpreende. Agora, diante da repercussão negativa, justo quando os movimentos das ruas dela exigia seriedade e mudanças imediatas na forma de agir, passou a prometer medidas rápidas para colocar um ponto final no voto secreto, isso já na próxima semana. Coisa nenhuma. De há muito se discute o fim do voto secreto para que a população acompanhe o procedimento  e a atuação dos seus parlamentares e representantes. O projeto rolou pelas gavetas e nunca entrou em pauta. A Câmara está envolvida no medo de que haja, nas próximas eleições – e isso deve ser feito – uma varredura para a mudança de grande parte dos seus atuais integrantes, embora seja impossível vassourar todos os corruptos. Se atingir a Câmara, atingirá também o Senado, que será renovado em um terço. O Congresso Nacional é uma vergonha, uma excrescência, um poder apodrecido ao longo do tempo, mal cheiroso, sem ética e sem moral. É o um dos poucos, senão o único colegiado legislativo que tem uma “excelência” tão ou mais criminosa dos que seus pares (da Papuda) a ser chamado de “nobre prisioneiro”.”
Ditador manda matar ex-namorada 
O ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-Un, mandou matar uma ex-namorada. A garota foi fuzilada em público por ter gravado e distribuído filmes pornográficos. A cantora Hyon Song-Wol foi executada junto com outros 11 músicos da Orquestra Nacional que se apresentavam com ela. Todos foram condenados à pena de morte por participação em filmes de sexo explícito, divulgados clandestinamente no país, que proíbe a pornografia. Popular na Coreia do Norte, a jovem ganhou fama há dez anos, quando surgiram rumores sobre seu romance com Kim Jong-Un, filho do ditador que então comandava o país comunista. Depois da morte do pai, há dois anos, Kim assumiu o poder e se casou com outra cantora, também da Orquestra Nacional. 
Informações do Bahia Notícias e do Estadão.