Exclusivo!

Juiz recebe 500 mil de salário. Direito ou privilégio?

Mirko Vincenzo Giannotte recebeu 503 mil em salários. Direito ou privilégio? A pressa em divulgar uma notícia pode levar um jornalista ...

Novidade

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Banzaê: Manifestantes exigem recuperação da BA 388

A manifestação que aconteceu hoje na BA 388, rodovia que liga Banzaê à BR 110, é o retrato do esgotamento de um governo. Não é possível aceitar que numa cidade governada pelo PT, com um governador do PT e uma presidenta do mesmo partido, tenha uma rodovia nas condições atuais. É a prova certeira de que alinhamento político é uma balela eleitoral. O que precisamos é de governantes responsáveis. E ainda posso acrescentar que há os pregadores da necessidade de haver representante na região, tanto na Câmara Federal como na Assembleia. Temos, e nada está adiantando. O problema é que o PT envelheceu. Um partido que luta para reeleger a família Sarney no Maranhão e que tem como candidato na Bahia um Ruy Costa, o preferido do governador, mesmo tendo em seus quadros parlamentares como Walter Pinheiro, está mesmo caminhando para um triste fim.
Segundo o portal Banzaê News, desde as primeiras horas do dia, o povo fechou a BR 110 no entroncamento do Povoado Nova Esperança (Barata). A manifestação foi pacífica e tinha como objetivo e grito principal a reforma urgente da rodovia, numa extensão de 27 Km. O povo cansou de tapa-buraco. Foi a deputada Fátima Nunes (PT), eleita pela região, que afirmou que a obra teria o seu início em janeiro de 2014. Ninguém quer esperar tanto. A deputada está no seu 2º mandato e a rodovia continua em situação precária há muito tempo.    Depois de entrar em contato com representantes do Governo, Fátima falou ao povo e disse que o blogueiro Josivan Ribeiro, idealizador da manifestação, receberá um oficio comunicando que a operação tapa-buraco é somente uma maneira de amenizar as péssimas condições da BA e que o Governo do Estado se compromete a fazer a recuperação geral da mesma o mais breve possível. Os manifestantes tiveram significativa ajuda da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil e Militar, das emissoras de rádio Pombal FM e Educadora AM de Ribeira do Pombal, que fizeram uma cobertura impecável do ato, dos Blogues de Joilson Costa, Pombal Alerta, Sandro Aguiar, Banzaê News, do pároco de Banzaê, Padre Mário Gonella e do povo em geral.  
O que precisa ser dito é que não houve apoio em nenhum momento das autoridades municipais, nem de Ribeira do Pombal nem de Banzaê. Nessas horas, os políticos  desaparecem porque não querem seus nomes ligados a movimentos reivindicatórios. Só isso já é uma prova de que não são defensores dos seus municípios, mas dos seus mandatos. Vários proprietários de ônibus, que transitam pela estrada e sofrem com o seu estado, não quiseram participar do evento, impedindo a participação dos índios Kiriris em grande quantidade. Apenas seis participaram do evento. A manifestação serviu para colocar o mandato da deputada Fátima Nunes em xeque. Agora é a hora de justificar a sua reeleição. Se a obra não se iniciar em breve, haverá o risco de o povo perceber que não adianta muito eleger deputados alinhados com os governos.

Informações complementares do Banzaê News.