Exclusivo!

Novo Triunfo é a cidade mais pobre do Brasil

Novo Triunfo é a cidade mais pobre do Brasil (foto: Google) Ser Nordeste duas vezes não é fácil. Nossa região está localizada no Norde...

Novidade

quinta-feira, 20 de junho de 2013

São Pedro de Heliópolis já tem bandas confirmadas

A prefeitura municipal de Heliópolis já colocou os anúncios dos festejos juninos da cidade, que acontecerão nos dias 5, 6 e 7 de Julho. Na peça publicitária, de bandas conhecidas do grande público, e já confirmadas, só Gatinha Manhosa, Forró Maior e Danielzinho. Quem bolou o cartaz teve bom gosto no uso das cores, mas colocou um homem gordo que não deu para entender qual o objetivo. Assim que sair a programação divulgaremos aqui. Outra coisa que chama atenção é o trio que apoia o evento: Bar do Fabinho, Farmácias São Lázaro e Frigorífico Preço Bom. Não sei como estas empresas vão ter dinheiro para apoiar o evento, mas seu que elas não deveriam fazer tantos sacrifícios porque os seus proprietários exercem cargo de confiança na Prefeitura Municipal de Heliópolis. No caso ainda do frigorífico Preço Bom, pelo que consta, é uma empresa do prefeito municipal e, mesmo que esteja no nome do seu filho Ivan Fonseca, não é aconselhável. Trata-se de patrocínio nepótico. Gostaria de saber quem é o gênio que cuida da publicidade da prefeitura. Seria o senhor 20%?
Ex-vice-prefeito é assassinado
O ex-vice-prefeito da cidade de Aurelino Leal e pastor da Igreja Assembleia de Deus, Giovani Lopes Gagliano, foi assassinado na manhã desta quinta-feira (20) no município de Santo Antônio de Jesus. Ele estava dentro de seu carro em frente à casa onde morava, no bairro São Benedito. De acordo com a Polícia Militar, cinco tiros foram disparados contra o veículo. A Polícia Civil, que investiga o crime, suspeita que o homicídio tenha motivações políticas, já que a vítima foi acusada de mandar matar o outro ex-prefeito de Aurelino Leal Gilberto Ramos Andrade, em maio de 2007. Em 2011, Gagliano foi absolvido pelo júri popular. De acordo com o pastor Lindomar, amigo e parente da vítima, o político realizava trabalhos com dependentes químicos em Santo Antônio de Jesus.
PT quer golpear manifestações
Segundo o jornalista Samuel Celestino, âncora do Bahia Notícias, o Partido dos Trabalhadores vislumbrou uma estratégia para blindar os governos petistas. Por decisão do presidente nacional da legenda, Rui Falcão, a ordem de comando é a convocação dos seus militantes para se infiltrarem e participar das passeatas e manifestações Brasil a fora. É visível a estratégia do comando do partido: impedir que o movimento ganhe uma conotação que vá de encontro a seus líderes, de maneira que não haja prejuízo para a imagem da presidente Dilma e que não dificulte a sua campanha à reeleição, precipitada por Lula, que permanece entocado em São Bernardo, pelo que se presume. O movimento dos jovens é apartidário e, sob este aspecto, ganhou força e até elogios no exterior. A infiltração petista nas manifestações irá maculá-la com as suas bandeiras e palavras de ordem, quebrando a isenção dos jovens que querem, agora, o que o PT não conseguiu dar, pelo contrário, participou, através dos mensaleiros e de outras figuras mais: combater a corrupção. O movimento contra o aumento das passagens dos coletivos urbanos ficou para trás. Os meninos e as meninas, sem bandeiras de partidos, venceram. Querem mais: diminuir a desigualdade social, combate efetivo à inflação, saúde pública e educação compatíveis com as necessidades do País. São essas as novas bandeiras que sustentarão o movimento. O despertar democrático da juventude brasileira,  não quer mais apenas futebol, não necessita da intromissão de partidos políticos, seja o PT, o DEM, o PMDB ou PMDB, para não citar um rosário deles. Portanto, o que comando petista pretende, imiscuindo-se nas manifestações, é golpeá-las de modo a não lhe causar prejuízos eleitorais.
PEC dos bandidos e sugestão a Dilma
Do jornalista Luís Augusto Gomes, do blog Por Escrito, duas pérolas: 1) Das bandeiras desfraldadas nas ruas, uma de vital importância é a da rejeição à proposta de emenda constitucional nº 37, conhecida como “a PEC dos Bandidos”, que retira do Ministério Público o poder de investigação. Essa vitória do movimento será indispensável para qualquer projeto de Brasil que se tenha para o futuro, porque, se com o MP em franca atividade já somos o país da impunidade, onde iremos parar sem a vigilância sincera e competente dos promotores e procuradores? 2) O deputado Álvaro Gomes (PCdoB) tem um proposta para a presidente Dilma Rousseff conquistar o apoio dos manifestantes: “Basta ela estabelecer o salário mínimo do Dieese, de 2.500 reais, taxar as grandes fortunas, nacionalizar os bancos, fazer a reforma agrária e implantar a jornada de trabalho de 36 horas.”.
É guerra?
Segundo o jornalista Fernando Rodrigues, do seu blog do UOL, a presidente interino da Câmara, deputado André Vargas (PT-PR), convocou para 15h de hoje (20.jun.2013) uma reunião com todos os líderes partidários para discutir o que fazer a respeito dos protestos de rua que estão sendo realizados em todo o país. André Vargas está preocupado, sobretudo, com a manifestação programada para hoje em Brasília. Na última vez, os manifestantes quase invadiram o Congresso. No Senado, um grupo de senadores se mobiliza para ficar dentro das dependências da Casa no momento da manifestação. Estão nesse grupo, entre outros, Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), Pedro Taques (PDT-MT), Pedro Simin (PMDB-RS) e Cristovam Buarque (PDT-DF). A direção do Senado orientou a todos os funcionários que retirem seus carros da imediação antes do final da tarde e do início dos protestos. Parece que estão se preparando para uma guerra!