Novidade

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Tudo sobre a Greve da PM: A Bahia está um caos!


     Ministro fala de guerra psicológica
Cardozo com Wagner: Guerra psicológica
(foto: Manu Dias/Secom)
O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse neste sábado (4), em reunião com autoridades em Salvador, que as ações criminosas sofridas na capital baiana e no interior após a deflagração de greve por parte da polícia militar, tem ocorrido também em outros estados brasileiros. “Isso faz parte de uma guerra psicológica, uma estratégia dos movimentos. As providências estão sendo tomadas, a lei e a ordem serão cumpridas”, considera. Ele afirmou que já pediu a reserva de vagas em dois presídios de segurança máxima para transferir, se for preciso, os policiais que cometeram atos contra a Lei. Segundo Cardozo, a presidente Dilma Rousseff decretou, nos termos da legislação em vigor, a Operação de Lei e Ordem, o que significa a possibilidade de mobilização da Força Nacional, da Polícia Federal e das Forças Armadas sob o comando do Ministério da Defesa. “Isso nos permite trazer para a Bahia o maior contingente operacional que já se fez em situações dessa natureza. São mais de três mil homens, somando as Forças Armadas e o Ministério da Justiça em estreita relação com o Governo do Estado da Bahia”, disse. Cardozo destacou que a vinda à Bahia, junto com o chefe do Estado Maior das Forças Armadas, é uma orientação da chefe de Estado. “Nós estamos dando ao Governo da Bahia todo o apoio incondicional para que seja possível cumprir a missão na defesa da ordem e do estado de direito", assegurou.
     José Eduardo Cardozo pede reserva de vagas em presídios
O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou neste sábado (4), durante reunião com autoridades em Salvador, que já pediu a reserva de vagas em dois presídios de segurança máxima para transferir, se for preciso, os policiais militares que cometeram atos criminosos. Cardozo disse que a Polícia Federal já está orientada para que transgressões à lei sejam apuradas e punidas com o máximo rigor. O titular da Justiça ressaltou que depredações e ataques a equipamentos que estão submetidos à Operação de Lei e Ordem configuram crime federal. “Portanto, a Polícia Federal poderá investigar, apurar e submeter as ações ao Ministério Público Federal, para que as medidas corretas sejam tomadas, sem prejuízo das sanções no âmbito do Estado e nas ações que o Ministério Público Estadual deve adotar”. O presidente da Associação de Policiais e Bombeiros do Estado da Bahia, Marco Prisco, negou que os grevistas tenham sido responsáveis pelos atos de vandalismo vividos em Salvador desde que a paralisação foi deflagrada. Ele disse que, por iniciativa espontânea do movimento, as 16 viaturas trazidas por grevistas para frente da Assembleia Legislativa serão devolvidas. Ainda assim, a Justiça determinou no final da manhã deste sábado (4) a reintegração de posse dos veículos apreendidos ilegalmente pelos manifestantes.
Policias aderiram à greve em Itabuna
     Atos de vandalismo chegam a Vitória da Conquista
O vandalismo em estabelecimentos comerciais atinge também Vitória da Conquista, no sudoeste do estado, onde a polícia militar aderiu à greve. De acordo com informações do Blog do Anderson, na Travessa Justino Gusmão, próximo ao terminal da Avenida Lauro de Freitas, a loja Baratão dos Calçados teve uma das suas vidraças destruídas e em seguida quatro pessoas invadiram o local.  Dois deles fugiram e levaram produtos. Um agente da Tecnoguard, responsável pelo sistema de monitoramento da empresa, esteve no local e acionou a Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE), que registrou a ocorrência.
     Policial civil assassinado
Um policial civil foi assassinado por volta das 10h deste sábado (3) na Avenida Antônio Carlos Magalhães. De acordo com a assessoria da Polícia Civil, João Carvalho Filho, 48 anos, foi morto com cerca de 15 tiros na região do tórax. Ele havia levado a mulher ao médico e aguardava dentro do carro do casal, quando foi abordado pelos criminosos. Segundo a 6ª Delegacia (Brotas), o policial foi executado próximo ao Hiper Posto, no bairro do Itaigara. A polícia não informou se o policial reagiu ou se foi morto após os bandidos descobrirem que ele era policial. Os criminosos também roubaram a pistola do civil antes de fugirem do local . Ele foi socorrido por uma viatura da PM para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos e morreu depois de dar entrada na unidade médica. O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
     Vídeo mostra loja sendo saqueada em Pirajá
“A casa vai ficar bonita para o carnaval”, ironizou o cinegrafista amador que filmou o arrastão na loja Selfshop Eletro, no bairro Pirajá, em Salvador, em meio à greve dos policiais militares na Bahia às vésperas da festa momesca. A loja de produtos eletrônicos localizado na Rua Oito de Novembro sofreu o atentado por volta das 15h. O vídeo postado no Youtube mostra geladeiras, televisores, móveis, produtos ainda na caixa que foram levados por saqueadores muitas vezes nas costas.
Justiça determina reintegração de posse
A Justiça determinou no final da manhã deste sábado (4) a reintegração de posse das viaturas apreendidas ilegalmente pelos manifestantes ligados à Associação dos Policiais, Bombeiros e dos seus Familiares do Estado Bahia (Aspra), em um dos acessos à Assembleia Legislativa da Bahia, localizada no Centro Administrativo. A Secretaria de Segurança Pública ordenou que a decisão judicial seja cumprida imediatamente no início desta tarde. Os manifestantes, além de apreender as viaturas, furaram os pneus dos veículos.
     Em outros estados PMs podem também entrar em greve
A greve de cerca de um terço dos policiais militares baianos, iniciada na noite de terça-feira (31), poderá provocar um movimento nacional, segundo informações do A Tarde. Conforme o secretário da Associação Nacional de Entidades Representativas de Praças Militares Estaduais (Anaspra), Roberto Caetano, que visitou os PMs baianos amotinados na Assembleia Legislativa, há uma possibilidade de a categoria do Rio de Janeiro aderir à paralisação. A informação foi confirmada pelo coronel Almir Rosa, comandante do policiamento militar carioca. Segundo ele, haverá, na próxima sexta-feira (9), uma reunião na Cinelândia do Rio de Janeiro, para discutir se haverá greve. Se acatado, o movimento no Rio começa no dia 10 de fevereiro. O motivo da mobilização é a busca de melhorias de condições de trabalho da categoria. Caso o comando da PM carioca decida entrar em greve, haverá a solicitação do apoio das polícias militares de outros estados brasileiros. Para tentar conter a ameaça de greve, o governador do Rio, Sérgio Cabral, enviou uma mensagem na abertura dos trabalhos na Casa Legislativa do Estado, que já altera as regras dos reajustes previstos para a categoria. Segundo o novo modelo, em fevereiro será concedido 10,15% de aumento.
Exército chegando para dar reforço
     Polícia afirma que muitas notícias sobre saques são boatos
Os rumores de arrastões e saques em diversos pontos da capital baiana têm gerado insegurança na população local, mas, segundo a Central de Polícia, muitas situações não passam de boatos gerados pelo clima de instabilidade. No bairro de Cosme de Farias, notícias de que o supermercado da rede Todo Dia havia sido invadido por saqueadores foram desmentidas pela polícia. Segundo informações da 58ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), uma viatura foi deslocada ao local, mas não constatou nenhum tipo de anormalidade. Na Ribeira, próximo ao campo de futebol do bairro, rumores de que homens encapuzados e armados circulavam pela região causaram pânico na população, mas não foram confirmados pela polícia. Também não foram ratificadas as informações de onda de assaltos na Avenida Silveira Martins, no Cabula, e na Avenida Lima e Silva, na Liberdade, onde os comerciantes fecharam as portas no final da manhã.
     Ricardo Eletro e Cesta do Povo arrombadas
As lojas da Cesta do Povo, no bairro do Comércio, e da Ricardo Eletro, na Baixa dos Sapateiros, foram arrombadas e saqueadas na madrugada deste sábado (4), em Salvador. Segundo informações da Central de Polícia, o estabelecimento da Cesta do Povo teve a janela lateral danificada e diversos produtos roubados. Já na Baixa dos Sapateiros, suspeitos ainda não identificados arrombaram a porta principal da Ricardo Eletro e levam vários produtos, entre eletrodomésticos e eletroeletrônicos. Os dois estabelecimentos encontram-se fechados neste sábado. Nos dois casos, o Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi acionado para realização de perícia. Nenhum suspeito foi identificado ou preso até o momento.
     Roubaram até doações para Iemanjá
Criminosos invadiram a Colônia de Pescadores do Rio Vermelho, na manhã deste sábado (4), e roubaram as doações em dinheiro para Iemanjá que estavam guardadas em um cofre. “Nós limpamos a casa ontem [3], coletamos todas as ofertas colocadas dentro da gruta de Iemanjá e guardamos dentro desse cofre. Só que enquanto eu esperava um caminhão-pipa passar por aqui, alguém arrombou a nossa casa, quebrou as janelas e levou o cofre”, contou o presidente da Associação de Pescadores, Marcos Souza. A estimativa é de que tenha sido roubada uma quantia de aproximadamente R$ 600 em moedas. O cofre foi encontrado vazio por um pescador pouco depois, na praia do Rio Vermelho. “Quem quebrou o vidro da janela e arrombou a colônia conhecia o local, conhecia a nossa rotina, sabia que eu estava fazendo a limpeza na casa e que o cofre estava ali dentro”, denuncia. O roubo foi registrado na 7ª Delegacia (Rio Vermelho), que ficará responsável por investigar o caso. Informações do jornal Correio.
     58 carros roubados em 24 horas
Cinquenta e oito carros foram roubados em Salvador e Região Metropolitana (RMS) nesta sexta-feira (3), quarto dia de greve de parte do efetivo da Polícia Militar (PM) na Bahia. Os números foram divulgados no site da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-BA). A Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV) conseguiu recuperar outros 17 veículos roubados no mesmo período. Os bairros campeões em número de ocorrências foram Brotas, com seis automóveis roubados, e Itapuã, onde foram registradas cinco ações deste tipo. Neste sábado (4), mais um carro foi levado por bandidos, dessa vez no bairro do Imbuí.
      Informações do Bahia Notícias.

Nego e Lourival estão hospitalizados


José Ildefonso (Nego) - Prefeito de Fátima
Lourival, o Vice

       Na quinta feira, dia 2, o prefeito Municipal de Fátima, José Ildefonso (Nego), cumpriu os seus compromissos e até bateu um baba no estádio do Expressinho. Ao anoitecer, ele não se sentiu bem e foi levado para a maternidade Maria Jovita do Nascimento. Lá foi atendido por Dr. Maurício. Imediatamente foi feito um ECG. Após o resultado, o prefeito foi encaminhado para um hospital em Aracaju. Submetido a um cateterismo para corrigir problemas cardiovasculares, Nego se recupera e já está bem. Seu estado é satisfatório. Já na sexta-feira, dia 3, o vice-prefeito Lourival fraturou o nariz ao tentar concertar um veículo em rua próxima a sua residência. Ele foi atingido por uma peça do carro que se soltou, chegando a atingir o seu rosto e fraturar o nariz. O vice também foi conduzido para a maternidade, onde foram realizados os primeiros atendimentos pelo Médico plantonista Dr. Maurício. Em seguida, teve que ser encaminhado para um hospital na capital sergipana. O prefeito e o vice estão se recuperando bem, apesar do susto que ambos passaram e, até o momento, não há motivos para acreditar que o município sofre perigo administrativo.
     Informações e fotos do SOFATIMA.NET.

Antônio Coca vence Concurso de Poesia Falada de Propriá

Antônio Coca recebendo o prêmio das mãos do
prefeito de Propriá José Américo Lima

     Eu infelizmente não pude estar presente a um dos mais importantes eventos culturais do Estado de Sergipe. Não pude mudar a data de uma prova e perdi uma agradável viagem com o poeta Antônio Pedro Caldas, o nosso Antônio Coca. No dia da homenagem feita a Helvécio Santana, encontrei-me com o filho do peixe, Calango da EBDA. Poeta também de alta estirpe, disse-me do desempenho do pai: “O velho tocou na veia certeira do coração saudoso do povo de Propriá. Tirou em 1º lugar.” E tudo aconteceu numa quarta-feira não muito distante, no dia 25 de Janeiro deste ano. O Concurso de Poesia Falada "Poeta João Fernandes de Britto", realizado pela Prefeitura Municipal de Propriá, marcou mais uma programação do XXV Encontro Cultural de Propriá. Para premiar os concorrentes, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, selecionou 12 trabalhos. Foram eles:
Ivilmar, o 2º colocado, recebendo o prêmio entregue
pelo Secretário de Cultura de Propriá
1.       A LINHA DO TREM - SANDRA SUELI DA SILVA CRUZ
2.       CADÊ VOCÊ - ADEMAR VIEIRA FILHO
3.       INEXORÁVEL - DARQUIRAN COSTA
4.       LAMENTOS DE UM “VELHO” - GILBERTO DOS SANTOS
5.       MUDANÇA - ANDREIA DA SILVA MELO
6.       O AMADURECER DO MATURI - MÁRIO CEZAR REZENDE
7.       O BELO FRANCISCANO - MARCIA DONATO SANTANA
8.       O BRILHO DA FELICIDADE - WANDERLELIA GUIMARAES SILVA
9.       PEQUENOS CALOTES DIÁRIOS - IVILMAR DOS SANTOS GONÇALVES
10.     “RAIO X” - NÉVITON JOSÉ DOS SANTOS
11.     RECORDANDO PROPRIÁ - ANTONIO PEDRO CALDAS
12.     ÚLTIMO ESPETÁCULO… LUCIDEZ DE UM PALHAÇO - PÉRICLYS DA ROCHA SANTOS
Antonio Coca e seus amigos do Cedro
     O poesia vencedora foi “Recordando Propriá”, de autoria de Antônio Pedro Caldas. O nosso Antônio Coca faturou um prêmio de R$ 1.000,00. A premiação de melhor intérprete saiu para Ivilmar dos Santos Gonçalves, que também ficou como o vice-campeão de melhor poesia intitulada “Pequenos Calotes Diários”. De acordo com o prefeito José Américo Lima, com a realização da festa do Bom Jesus dos Navegantes e Encontro Cultural, Propriá reassume em 2012 o compromisso com a cultura popular do Estado. “Seja através das apresentações artísticas e culturais ou deste concurso de poesia falada, o nosso intuito é fazer com que este seja mais um passo na retomada à glória de outros tempos, já que esta cidade é um celeiro de grandes mestres nas artes”, afirmou Américo. O Secretário Municipal de Cultura e Meio Ambiente, José Alberto Amorim, agradeceu ao prefeito José Américo e à equipe de trabalho empenha na realização do concurso de poesia falada João Fernandes de Britto. “O resgate deste encontro representa o estímulo à produção poética, artística e cultural nesta cidade e em todo o Estado. Por este motivo é que neste momento quero agradecer o empenho do prefeito José Américo Lima e a toda equipe da Prefeitura, que se empenhou na realização deste concurso tão brilhante”, acrescentou Amorim.
Parentes e amigos de Cedro marcando presença
     Filho ilustre de Cedro de São João, Antônio Coca reside em Heliópolis há mais de uma década e por onde vai carregando sua poesia leva o nome da sua terra natal e desta cidade. A presença da família Caldas não se resume aos versos que “seu” Antônio distribui generosamente por onde passa, alegrando o ambiente. Sua filha Socorro Caldas, também poetisa de mão cheia, é a atual Chefe do Cartório da cidade e seu filho, José Alberto Caldas, o Calango da EBDA, é funcionário público estadual da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrário. Jorge Caldas, este ainda desempregado, tem forte aptidão para a música popular de raiz poética. Toda a família cheira a arte. Mas a marca maior de Antônio Pedro Caldas não é somente ser um extraordinário poeta popular. É o fato de nunca negar sua origem. Antônio Coca sabe de onde veio, onde está e para onde quer ir. De carroceiro a viúvo aposentado, trilhando nos caminhos deste sertão maltratado, Antônio Coca vai deixando marcas nas estradas. Marcas registradas com palavras conotativas, metafóricas, embebidas numa suave e encantadora rima que parece inigualável e que nos apontam para novos semanticismos.
Caravana de amigos de Cedro de São João presente
Esta foi a poesia vencedora:

Recordando Propriá  
                                Antônio Pedro Caldas

Depois de velho e cansado
Residindo em outro Estado
Com tantas rugas na testa
Vim procurar um abrigo
Na casa de um amigo
Pra falar sobre esta festa.

Vim recordar o passado
Ao velho Chico encostado
Perguntando em Propriá
Cadê o nosso navio
Que navegou neste Rio
Aonde será que ele, está?

Ele Nunca naufragou
Se venderam, alguém comprou
De quem será que ele é?
Outra pergunta da boa
Cadê a maior canoa
Com o nome de Canindé.

Respondam sem brincadeira
Quem comprou a salineira
E a canoa campinas
Outra pergunta suave
Cadê nossa Marialves
De todas, a mais grã fina?

Esta canoa descia
No outro dia subia
Fazendo a gente sorrir
Trazendo seus passageiros
Lembro até do canoeiro
Era o mudo Davi.

Outras que eu não lembro mais
Que passavam por São Brás
Subindo para o sertão
Às vezes sem levar nada
Mas voltavam carregadas
Com arroz, milho e feijão.

Hoje olhando nosso rio
Com seu leito vazio
Dá uma dor no coração
Digo na rima modesta
Ainda fazem esta festa
Por causa da tradição.

Mas Jesus Cristo está vendo
O velho Chico morrendo
E eu perante a luz
Eu tenho a maior certeza
Quem destrói a natureza
Não acredita em Jesus.

Agora pra terminar
Vou pedir em Propriá
Aumentando a minha voz
Grito e peço neste instante
Ao Bom Jesus dos Navegantes
Que proteja a todos nós.

   Informações complementares do portal da Prefeitura Municipal de Propriá (Diego Góis). Fotos: Diego Góis e arquivo pessoal de Antônio Pedro Caldas. Vídeo: arquivo pessoal de Antônio Pedro Caldas.

Sede da ASPRA é lacrada e mulher que amamentava é assassinada


Segundo informações da assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), a sede da Associação dos Policiais, Bombeiros e dos seus Familiares do Estado Bahia (ASPRA), que comanda a greve dos policiais militares, localizada na Rua da Forca, Edifício Barão de Cotegipe, 5º andar, sala 501, foi lacrada nesta sexta-feira, 3, por determinação da Justiça.
A ação foi realizada em cumprimento à decisão da juíza Janete Fadul de Oliveira, do Plantão Judiciário, que deferiu pedido feito pelo Ministério Público.
Com a determinação, fica proibida a realização de assembléias e reuniões entre os integrantes da ASPRA. O oficial de justiça responsável pela comunicação da ordem, Marcus Alexandre Moreira Araújo, do Plantão Judiciário do 1ª grau, encontrou a associação vazia no momento da apresentação da certidão, o que não impediu o isolamento do local.
A ação contou com o apoio da Polícia Civil. De acordo com o oficial de Justiça, a solicitação do Ministério Público visa à garantia da ordem em Salvador e no interior do Estado, abalada a partir da declaração da paralisação, iniciada dia 1º deste mês.
Moradora de rua morta
Um homem foi ferido e uma mulher foi morta, na noite desta sexta-feira, 3, na Praça da Piedade, em Salvador. De acordo com a assessoria da Polícia Civil, dois homens desceram de um carro, de modelo ainda não informado, e saíram atirando a esmo.
Uma moradora de rua, que amamentava uma criança, foi atingida por vários disparos e morreu na hora. Um outro homem, que corria na região durante o tumulto, também foi atingido pelos tiros e foi encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE).
Este foi o segundo ataque contra moradores de rua registrado nesta sexta, 03, em Salvador. Nesta manhã, por volta das 5h, quatro deles foram mortos no bairro do Imbuí.
     Informações de A TARDE.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Salvador tem arrastões e lojas sofrem saques


Capital baiana vive onda de violência depois que parte da PM entrou em greve; Força Nacional de Segurança chegou à cidade
Tiago Decimo – de O ESTADO DE SÃO PAULO
Pelo menos cinco lojas de eletrodomésticos foram saqueadas na madrugada desta sexta-feira, 3, em bairros centrais de Salvador. Segundo testemunhas, grupos grandes, de mais de 30 pessoas, a maioria encapuzada e algumas armadas, promoveram o arrombamento e o furto de mercadorias dos estabelecimentos, que estavam fechados na hora dos ataques. Não há registro de feridos. Os ataques ocorrem em meio à paralisação parcial da Polícia Militar na Bahia, iniciado na tarde de terça-feira pela Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra), uma das entidades que representam a categoria. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, pelo menos dois terços do efetivo policial do Estado trabalha normalmente, mas o governo baiano pediu o reforço de tropas da Força Nacional e do Exército. Segundo o secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, a intenção da medida é "aumentar a sensação de segurança" da população.
FSN. No fim da noite de ontem, chegaram à Base Aérea de Salvador os primeiros 150 integrantes da Força Nacional que vão fortalecer o contingente no Estado. Outros 500, que estão se deslocando por terra, são aguardados hoje, bem como 2 mil militares, que devem atuar no policiamento ostensivo nas principais cidades baianas. "Vamos nos reunir, na tarde de hoje, para determinar como as forças serão distribuídas e os limites de atuação de cada unidade", afirma o secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa. "Vamos restabelecer o mais rápido possível a sensação de segurança da população."
Os PMs atravessaram um ônibus na pista
foto: Margarida Neide. Atarde
Ônibus na pista. Barbosa afirma que a principal preocupação da secretaria é com as maiores cidades e com os pontos de maior circulação de pessoas. Na noite de ontem, grandes congestionamentos foram registrados em Salvador depois que policiais à paisana, armados e encapuzados, tomaram ônibus coletivos e os atravessaram nas pistas de algumas das principais avenidas da cidade. Temendo arrastões, o comércio fechou mais cedo no Centro.  "Para cada ato de vandalismo estamos instaurando um inquérito, que será conduzido pela Polícia Civil e pelo Ministério Público, a justiça será feita", promete Barbosa. "Não podemos aceitar que policiais armados façam o que estão fazendo." Apesar de o comando da Polícia Militar ter informado o envio de reforços para a segurança dos dois municípios, parte do comércio das cidades continua fechado. Em Feira de Santana, rodoviários e empresas de transporte coletivo optaram por não tirar os veículos das garagens.
Mulheres e crianças. Em Salvador, cresceu a presença de manifestantes acampados na frente da Assembleia Legislativa. Preocupados com um possível confronto com integrantes da Força Nacional, cerca de 400 grevistas se juntaram aos 100 que ocupavam o local desde terça-feira. Mulheres e filhos de policiais também são vistos no local. A Aspra, que congrega cerca de 2 mil filiados, do universo de 32 mil PMs e bombeiros da ativa na Bahia, cobra do governo a incorporação de gratificações aos salários, além de regulamentação para o pagamento de adicionais, como de periculosidade e acidente. As outras associações de classe não aderiram à paralisação e o comando-geral da PM diz não reconhecer a Aspra como entidade de classe. "Abrimos canais de diálogo com as (três) principais associações de policiais, teremos reuniões hoje, mas não vamos negociar com quem quer criar clima de pânico e terror na população", afirma Barbosa. Ontem, o juiz da 6ª Vara da Fazenda Pública da Bahia, Ruy Eduardo Almeida Brito, havia determinado, por meio de liminar, a suspensão do movimento grevista, sob pena multa de R$ 80 mil por dia para a associação. O presidente da Aspra, o ex-soldado Marco Prisco, diz que a liminar não prejudicará a paralisação. Ele foi um dos articuladores da última grande greve da PM no Estado, em julho de 2001, e foi afastado da corporação pelo episódio. Em nota, o governador Jaques Wagner (PT) disse que vai usar "medidas enérgicas" para defender "os interesses maiores da população". "Não admitirei que a segurança seja colocada em risco por um pequeno grupo de pessoas, ainda mais porque estas desconsideraram a decisão judicial que considerou a greve ilegal", diz o texto.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Ironia: Novo ministro das Cidades é neto de mandante do assassinato de líder camponês

FLÁVIA FOREQUE – da Folha de São Paulo
Deputado e futuro ministro Aguinaldo Ribeiro
O novo ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro (PP), afirmou que sua tarefa agora será resolver "alguns entraves" da pasta e evitou falar de mudanças em cargos do ministério. Ele falou com os jornalistas após reunião com a presidente Dilma Rousseff, na tarde desta quinta-feira (2). Ribeiro vai substituir Mário Negromonte, que deixou a pasta após suspeitas de irregularidades. Sua posse está agendada para a tarde da próxima segunda-feira (6). "Vamos ter este fim de semana para nos inteiramos de todas essas questões com maior profundidade e apresentarmos o que a presidente quer, que é exatamente resultado efetivo dessas ações do Ministério das Cidades", afirmou Ribeiro. Ele citou ainda a necessidade de superar "entraves" e "dinamizar" a relação com a Caixa Econômica Federal, que está na linha de frente do programa Minha Casa, Minha Vida. O novo ministro disse não temer fogo amigo dentro do próprio partido. A falta de apoio político foi um dos motivos que levaram à queda de Negromonte. "O que nos motivou sempre com as mudanças na Câmara foi a melhoria e fortalecimento do partido. Nós sempre buscamos a unidade todo o tempo. E acredito que foi isso também que possibilitou que nós tenhamos agora esse caminho da unidade por alcançar num futuro muito próximo", disse.
Aguinaldo Veloso Borges, envolvido em 
assassinatos de camponeses na Paraiba
Questionado sobre o passado de seu avô, acusado em livros oficiais de mandar matar líderes camponeses na Paraíba, o novo ministro foi sucinto. "Eu nasci em 1969", limitou-se a dizer. O avô de Ribeiro, o ex-deputado Aguinaldo Veloso Borges, é apontado como mandante do assassinato de João Pedro Teixeira, fundador da Liga Camponesa de Sapé (PB), em 1962.  O avô do ministro também é associado à morte da líder Margarida Maria Alves, em 1983. “É melhor morrer na luta do que morrer de fome”. Este era o lema cunhado por Margarida Maria Alves em seu último discurso antes de ser morta. Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Alagoa Grande (PB), terra onde nasceu Jackson do Pandeiro, foi covardemente alvejada no rosto no dia 12 de agosto de 1983, em frente a sua casa e ao lado de seu filho, por ordem de José Buarque de Gusmão Neto, usineiro de Alagoa Grande, ligado politicamente ao Veloso Borges, detentor de grande poder político e econômico no estado e, inclusive, no Colégio Eleitoral que elegia o Presidente da República na época da Ditadura Militar. Julgado somente 18 anos depois do homicídio, o usineiro e chefe político paraibano foi absolvido em junho de 2001. Nos anos de 1960, as famílias Lundgren, Suíssa, proprietária de todas as casas e toda a terra do município de Rio Tinto, metade das terras do município de Mamanguape e proprietária das antigas casas Pernambucanas, casas Paulistas e da Companhia de Tecidos de Rio Tinto, elegiam deputados na Paraíba e Pernambuco e ajudaram a formar grupos de famílias violentos no interior da Paraíba. Os grupos mais violentos eram: os Ribeiros Coutinho e os Veloso Borges, situados em Santa Rita, proprietário de fábricas e usinas, sendo Agnaldo Veloso Borges, Pedro Ramos Coutinho e Antonio José Tavares acusados de serem os mandantes do assassinato do líder João Pedro Teixeira. Aguinaldo Veloso Borges, sexto suplente de deputado na coligação UDN-PL, junto com o governador João Agripino Filho, numa trama espúria, fez com que os cinco suplentes anteriores se ausentassem e ele assumisse o mandato para adquirir imunidade. Ribeiro é aliado do antecessor de Negromonte na pasta, o ex-ministro Márcio Fortes, atualmente no comando da APO (Autoridade Pública Olímpica). Contra a sua indicação pesava o fato de responder a um processo que apura crimes previstos na lei de licitações.
SECRETARIA-EXECUTIVA
Corpo de João Pedro Teixeira, líder camponês assassinado
Margarida Maria Alves, também assassinada
O novo ministro evitou falar de mudanças em cargos do ministério com a saída do ministro Mário Negromonte, envolvido em suspeitas de irregularidades. Questionado se a atual secretária nacional de Habitação seria um bom nome para assumir o posto número dois do ministério --como vem sendo ventilado-- o novo ministro afirmou: "As referências que nós temos da secretária Inês Magalhães são muito boas. Mas não queria falar nisso nesse instante." A situação de Negromonte agravou-se na semana passada após a Folha revelar a participação dele e do secretário-executivo, Roberto Muniz, em reuniões privadas com um empresário e um lobista interessados num projeto do ministério. O episódio culminou com a demissão do chefe de gabinete do ministro, Cássio Peixoto, na quarta-feira. Muniz também deve sair.
HISTÓRICO
Negromonte é o primeiro ministro a deixar o governo da presidente Dilma neste ano devido a suspeitas de irregularidades em sua gestão. Em 2011, primeiro ano de governo da presidente, seis ministros deixaram o governo na mesma condição: Antonio Palocci (Casa Civil), Alfredo Nascimento (Transportes), Pedro Novais (Turismo), Orlando Silva (Esporte), Wagner Rossi (Agricultura) e Carlos Lupi (Trabalho). Neste ano, houve troca de ministros devido às eleições municipais: Fernando Haddad deixou a pasta de Educação para se dedicar à disputa pela Prefeitura de São Paulo. Aloizio Mercadante, então ministro de Ciência e Tecnologia, assumiu a função.

Negromonte pede demissão e diz que nada foi provado contra ele


Ministro aguarda ser chamado a qualquer momento pela presidente Mário e diz em sua carta de demissão que a presidente Dilma sempre poderá contar com ele
GERSON CAMAROTTI e DEMÉTRIO WEBER – do jornal O GLOBO
Mário Negromonte diz em sua carta de demissão
que a presidente Dilma sempre poderá contar com ele 

André Coelho / Arquivo O Globo


 
BRASÍLIA - Depois de afirmar que estava "mais firme do que as pirâmides do Egito", o ministro das Cidades, Mário Negromonte, viu sua permanência à frente da pasta escorrer como areia em ampulheta. Na carta de demissão que deve entregar à presidente Dilma Rousseff logo mais à tarde, ele diz ser um aliado de primeira hora da presidente e sempre fiel - em uma referência a seu apoio, desde o início, à candidatura de Dilma. O GLOBO teve acesso ao texto de Negromonte, no qual ele agradece a presidente. Os dois tinham uma reunião marcada para as 11h desta quinta-feira, mas a presidente pediu o adiamento do encontro porque está muito cansada da viagem que fez a Cuba e ao Haiti, da qual retornou nesta madrugada. Segundo interlocutores, Negromonte aguarda ser chamado a qualquer momento pela presidente. O nome mais cotado até o momento para substituir o ministro no cargo é o do líder do PP na Câmara, Aguinaldo Ribeiro.
Na carta, Negromonte também comentou sobre os problemas políticos que tem enfrentado e a “batalha na mídia”, mas reforça que não foi comprovado nada contra ele e, por este motivo, tem a confiança do partido e do governo. Negromonte declara também que volta para Câmara e afirma que a presidente sempre poderá contar com ele no que se refere aos projetos de desenvolvimento social do país. Ele reforça ainda que sempre se cumpriu os programas da pasta dentro do orçamento, em uma tentativa de rebater as críticas à sua gestão na pasta.
Gilberto Carvalho diz que saída de Negromonte não tira espaço do PP
O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, disse nesta quinta-feira que o PP manterá seu espaço na Esplanada dos Ministérios, mesmo que se confirme a saída de Negromonte. Ele afirmou que a vaga do PP no primeiro escalão do governo Dilma está assegurada, mas deixou em aberto se o partido continuará à frente do Ministério das Cidades ou se vai para outra pasta. Carvalho disse que tomou conhecimento, pela imprensa, da intenção de Negromonte de entregar uma carta de demissão à presidente Dilma.
- Se ele apresentar a demissão, a presidenta vai naturalmente consultar o partido e buscar um quadro para esse ministério ou para outro que ela julgar necessário, mas o PP continuará no Ministério. Isso é muito claro e tranquilo para nós - disse Carvalho, após participar do programa de rádio "Bom-dia, ministro", na sede da Empresa Brasil de Comunicação.
O ministro afirmou que Negromonte manteve sempre "um comportamento muito companheiro", mas evitou fazer um balanço da gestão dele no Ministério das Cidades, uma vez que a saída não foi oficializada. Ele lembrou que a bancada do PP na Câmara enviou carta de apoio unânime a Negromonte em dezembro.
- As razões que estão levando o ministro (Negromonte) a tomar essa atitude são razões do foro próprio dele e não nos cabe fazer especulações - disse Carvalho.
O chefe da Secretaria-Geral da Presidência destacou a importância que o PP tem para o governo Dilma:
- O PP não é um partido qualquer. Não é um partido incidental ao governo. O PP tem sido um parceiro para nós. Temos pelo PP um grande respeito. E é, portanto, muitíssimo provável que o PP continue integrando o Ministério da presidente Dilma. Se vai continuar no Ministério das Cidades ou não, eu não posso adiantar, porque, insisto, essa é uma competência exclusiva da presidenta.
Carvalho afirmou que a indicação do sucessor de Negromonte será tarefa da presidente Dilma:
- O Brasil não é um parlamentarismo. Os ministérios respondem à presidenta e a nomeação dos ministros é de competência exclusiva da presidenta, que naturalmente consulta os partidos.
O mesmo raciocínio, segundo Carvalho, vale para o PDT e a sucessão no Ministério do Trabalho, que é ocupado provisoriamente por Paulo Roberto dos Santos Pinto.
A amigos, ministro já havia dito que ‘não aguentava mais o tiroteio’
Negromonte comunicou sua decisão ao presidente do partido, senador Francisco Dornelles (RJ), com quem tomou café da manhã nesta quinta-feira. Dornelles vai tratar com o Planalto da substituição no comando o ministério.
Nos últimos dois dias, Negromonte deixou claro aos mais próximos que não ficaria no governo. Para integrantes do seu grupo político, ele fez um desabafo e disse que “não aguentava mais o tiroteio” e que, por isso, “não tinha mais motivação para continuar”. Num jantar em sua residência, na terça-feira, ele chegou a confirmar o teor da conversa que teve com Dilma, na segunda-feira, em Salvador. Como revelou O GLOBO, nesse encontro na capital baiana Negromonte pôs seu cargo à disposição da presidente. Em dezembro do ano passado, ele já havia dito que não brigaria para continuar no cargo e que “não fica de joelhos para ninguém”.
As denúncias contra o ministro das Cidades
Em janeiro deste ano, O GLOBO publicou uma reportagem na qual mostra que o Ministério das Cidades deu preferência a emendas da Bahia, estado de Negromonte. Em novembro do ano passado, o jornal “O Estado de S. Paulo” mostrou que o Ministério das Cidades aprovou documento forjado para mudar um projeto de transporte para a Copa do Mundo de 2014, em Cuiabá, no Mato Grosso. De acordo com a denúncia, o documento foi adulterado com aval de Negromonte. Em depoimento no Senado, o ministro negou as denúncias.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Empresário vende empresa e dá US$ 5 mil para cada funcionário


     Está pensando que aconteceu aqui no Brasil? Errou! Foi na Austrália!
     O proprietário de uma empresa de ônibus da Austrália deu a cada um de seus empregados cerca de US$ 5 mil (cerca de R$ 8 mil) depois de ter vendido a firma. Segundo a imprensa australiana, Ken Grenda (foto), de 66 anos, disse que queria recompensar a lealdade dos seus 1,8 mil funcionários, muitos que já estavam há anos na sua empresa, a Grenda Transit Management. "Nós temos funcionários que estão aqui há 40 anos, então isso é algo bacana de se fazer", disse o filho de Grenda, Scott, à rede de televisão australiana ABC News. Ken Grenda afirmou que a qualidade de qualquer empresa é um reflexo dos seus empregados, e que os seus eram fantásticos. "Nós temos pessoas aqui que são da segunda geração de famílias empregadas , e um sujeito que está no mesmo emprego há 52 anos." A imprensa australiana apelidou-o de o "melhor" e "mais generoso" chefe na Austrália. De acordo com os jornais, alguns empregados ficaram surpresos e chegaram a telefonar para seus bancos, para saber se havia algum erro nas suas contas correntes. De acordo com o jornal Herald Sun, todos os funcionários vão manter seus empregos sob a nova direção. Ele depositou o dinheiro nas contas dos empregados depois de a empresa ter sido vendida por US$ 400 milhões. No total, ele desembolsou mais de US$ 16 milhões com bônus a seus funcionários.
     Informações do portal Terra.

MEC gastará 110 milhões em tábletes sem projeto pedagógico


     O MEC vai gastar cerca de R$ 110 milhões na compra de tablets para serem usados em sala de aula, mesmo sem ter produzido um estudo definitivo sobre o uso pedagógico dos aparelhos. Uma licitação para a aquisição de 900 mil aparelhos teve início na semana passada. A informação é da reportagem de Breno Costa e Renato Machado publicada na edição desta quarta-feira da Folha. A pasta afirmou que o desenvolvimento do método pedagógico vai acontecer na prática, após a aquisição das máquinas. Elas serão usadas na formação de núcleos, como parte de um plano piloto, em que professores e alunos trabalharão com os tablets para depois disseminarem o aprendizado. A pesquisadora da UFRGS (Federal do Rio Grande do Sul) Léa Fagundes, coordenadora do programa ministerial no Sul e no Amazonas, afirma ser favorável ao uso do tablet, mas diz que a discussão sobre a compra do aparelho não passou por pedagogos.

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Depenaram o Largo do Cemitério!


Era uma vez um largo arborizado!

A bestialidade se confirmou: a administração municipal de Heliópolis depenou o largo do cemitério. Na contramão da história, derrubou árvores com décadas de vida. Absurdo é que as árvores não estavam ameaçando vidas humanas e nem mesmo colocando em risco alguma propriedade. O único pecado que elas cometiam era fazer sombras generosas. Em conversa com Genilson, ele disse que cortaria algumas e deixaria outras. Eu disse a ele que as árvores não estavam prejudicando em nada e que o largo ficaria bonito com elas. Não adiantou. Mesmo que ele porventura resolvesse aceitar meus argumentos, a derrubada estava decidida. Algum chefe superior determinou. Quando saí, ele disse a Jorge Souza que o problema era estético. Para o meu ex-aluno do curso de Letras da Ages, árvore enfeia o ambiente. Tamanha bestialidade nos deixa decepcionado. Agora, que não há mais árvores (só o Pinheirinho restou), matem a saudade da melhor paisagem que tínhamos no largo do cemitério. Guardei esta foto porque sabia que eles cortariam tudo só porque a vereadora Ana Dalva pediu que não cortassem. São vingativos. Agora, resta-nos sentar nos bancos de cimento debaixo de um sol forte ou ficarmos numa outra sombra, de longe, vendo o amarelo e o vermelho do largo, de estética duvidosa.
Nada de Nada!
Nem mesmo no dia do aniversário de Gama Neves houve alguma manifestação política por parte da dita oposição em Heliópolis. Estamos aguardando uma entrevista de Aroaldo Barbosa no jornal de Jorge Souza para ver se há algo que se possa vislumbrar no horizonte. Depois falará Gama Neves e, na sequência, Ana Dalva. Também já está na lista a ex-vereadora Zélia Maranduba.
Ana Dalva é Bicampeã
Ana Dalva
A vereadora Ana Dalva (PPS) terá mais um título para sua coleção: venceu pela segunda vez a Medalha de Ouro do Instituto Tiradentes, de Minas Gerais. Ela foi a mais citada numa enquete feita no portal do Instituto como a mais atuante em Heliópolis. A Medalha de Prata este ano ficou com Josefa Naudija (PSDB) e a Medalha de Bronze com o vereador José Clóvis (PSD). Com o título de melhor vereadora do primeiro ano de mandato e com a participação na lista dos destaques regionais do Joilson Costa, Ana Dalva já está na história como a vereadora mais atuante e a mais premiada de Heliópolis.
Dr. Jairo quer ser prefeito
Dr. Jairo
Se depender da vontade do Dr. Jairo (PT), vice-prefeito de Ribeira do Pombal, a eleição deste ano está nas mãos do Partido dos Trabalhadores em Ribeira do Pombal. Considerado um bom articulador, está em constantes conversas com Nilson Brito, Berguinho, Sampa Rio e até Dadá. E se Dadá lançar seu candidato? Dr. Jairo acha que fica bom também, desde que os outros opositores de Zé Grilo apoiem o PT. De todas as contas que faz, só sabe que o PT não será mais coadjuvante do processo. Estava na hora!
Zé Grilo procura candidato
Zé Grilo
Agora só restam os vereadores Toninho e Ricardo Maia. Um dos dois será o candidato de Zé Grilo. Numa pesquisa feita para consumo interno, deu Toninho com 34%, mas o prefeito ainda não bateu o martelo. Está aguardando chegar a hora tardia e está torcendo para que haja uns 4 candidatos. Sua vida ficaria bem facilitada.
Dadá e Fátima Nunes?
Fátima Nunes
Um forte cabo eleitoral disse a este blog que há um acordo sendo costurado em Ribeira do Pombal. Dadá apoiaria Dr. Jairo e teria o apoio fechado do PT para deputado estadual, com Fátima Nunes saindo para federal. E Nilson Brito? Este indicaria o vice-prefeito. Se eles conseguirem, segundo o informante, adeus, Grilos!
Acordo em Heliópolis?
Um outro acordo foi sugerido para Heliópolis: O filho de Aroaldo Barbosa, Adilson, seria o vice-prefeito do prefeito. Mas nesse caso o PT seria rifado da chapa. Como ficaria Renilson? Teria que se contentar com a reeleição para vereador mais uma vez! Celso Oliveira vai ser convencido a aceitar a proposta. Será?
E se fosse verdade?
Se o PT se ajeitar com o PCdoB, como ficaria a situação de Zé do Sertão? Fato é que Ana Dalva e Gama estão certos e ficariam na condição real de opositores do poder. E Zé? Lançaria candidatura a prefeito? Coligaria com o PCdoB? Chega a dar dor de cabeça!
Conselho de Dr. Jairo
Um recado dado por Dr. Jairo para Ana Dalva. Não aceitar esta história de Vice. “Se o PT de Pombal estivesse com um vereador eu estaria em posição bem melhor”, disse. “Se não for para a cabeça da chapa, qualquer acordo que vocês façam, não esqueçam de garantir o mandato de vereador ou vereadora.”, concluiu. Segundo Dr. Jairo, um bom mandato de vereador transforma um município e determina os rumos de uma política mais ética.
A candidatura de Zélia
Jailma
Gilmar
Um mesmo cabo eleitoral que revelou o possível acordo entre Dadá e Fátima Nunes também afirmou que a candidatura de Zélia Maranduba (PT) em Heliópolis é “negociável”. Explico: segundo ele, Jailma, prefeita de Banzaê, quer ser deputada estadual pelo PT em 2014. Neste tererê a esposa de Antônio Jackson pode ser “sacrificada” em nome de apoios para 2014. Isto envolve até mesmo Aroaldo Barbosa, Zé Guerra e Renilson Alves. Além disso, Jailma conta com a possível ida de Fátima Nunes para uma candidatura federal. É um grande angu de caroço! Quase tudo no PT é muito complicado. É pragmatismo demais para o meu gosto.
Um almoço da pesada
Depois do indigesto almoço entre Gilmar (PT), vice-prefeito de Cícero Dantas, e o ex-prefeito Zelito Ribeiro, a coisa esfriou para o petista. Ele continua candidato, mas sem a militância do partido. Ainda não engoliram o almoço. Falam até em Fátima Nunes como a candidata. Weldon de Zé de Isaac, prefeito, apoiaria e a vitória é quase um fato. Só que Fátima Nunes não quer ser prefeita. Deseja a Câmara Federal. Isto até Julho chegar. 

Marcelo Déda não vai processar Rita Lee


Rita Lee (foto: Maria Odília - FolhaPress)

     O governador de Sergipe, Marcelo Déda (PT), negou que tenha intenção de processar Rita Lee. Em mensagem postada em seu Twitter e enviada à imprensa pela assessoria do governo nesta terça-feira, ele afirma que o cachê pela apresentação já foi pago. "A hipótese de reaver o cachê foi aventada durante a confusão na madrugada do domingo e logo arquivada", diz o comunicado. "Show feito, cachê pago, caso encerrado." A ameaça de processo foi feita por Déda ainda durante a apresentação de Rita Lee após a cantora provocar a Polícia Militar.
    Rita estava em Sergipe fazendo a última apresentação de sua carreira. O imbróglio começou no meio do show, quando a cantora afirmou ter visto membros de seu fã clube --que viaja atrás dela pelo Brasil para vê-la ao vivo-- sendo agredidos por policiais. Primeiro, declarou que não os queria em sua apresentação. Ainda calma, disse: "Vocês são legais, vão lá fumar um baseadinho". Mas, quando os policiais vieram para a frente do palco, formando uma parede humana de frente para ela, a cantora se alterou. Lembrou já ter vivido o período da ditadura e disse não ter medo deles. Chamou os PMs de "cavalo", "cachorro" e "filho da puta".
     Terminado o show, Rita foi levada pela polícia à delegacia, onde prestou depoimento e assinou um boletim de ocorrência. A ex-senadora e hoje vereadora de Maceió Heloisa Helena (PSOL) estava no show e também assinou o documento como testemunha a favor da cantora. Logo após a apresentação, Déda disse ter testemunhado "um espetáculo deprimente" por parte de Rita. "A polícia não tinha feito nenhum tipo de ação que justificasse [a atitude da cantora]". Para o governador, a cantora tentou colocar o público --estimado em 20 mil pessoas pela organização-- contra os policiais, o que poderia levar a uma "confusão generalizada".
     Informações da ILUSTRADA FOLHA DE SÃO PAULO.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Mãe pariu bebê com mais de 6 quilos sem anestesia


Globo.com
O "grande" Asher e sua mãe resistente
Uma norte-americana deu à luz um bebê com 6,2 kg de forma completamente natural – sem cirurgia nem mesmo anestesia. Asher Stewardson nasceu com 59 cm de altura. O irmão mais velho de Asher, Judah, já era um bebê bem grande – nasceu com 5,5 kg. Pelo ultrassom, os médicos imaginaram que o caçula seria menor, mas ele é 7 centímetros maior do que o irmão era quando recém-nascido. “Todo mundo se espanta quando o vê, mas para nós é bem normal e [o parto] não foi muito pior do que provavelmente é para a maioria das pessoas”, disse a mãe Kendall. “Só de ter dois [filhos] que não têm absolutamente problema nenhum, já somos com certeza muito abençoados”, completou Joshua, o pai dos meninos.

Bebê de 1 ano arranca cabeça de cobra com mordida


Globo.com
Um bebê de 1 ano matou uma cobra de 35 centímetros após arrancar com uma mordida a cabeça do réptil na última quinta-feira em Shfaram, em Israel. A criança Imad Gadir não ficou ferida, mas foi levada para o hospital por precaução, segundo o jornal "Yedioth Ahronoth". Quando percebeu o que tinha acontecido, a mãe do menino começou a gritar. Ao ouvir os gritos, um vizinho pulou o muro da casa, entrou no quarto e tirou a cobra da mão de Imad. "Eu ainda não consigo acreditar no que vi", disse a mãe. O especialista Eli Cohen estima que a cobra tinha três anos de idade. Segundo ele, a picada é dolorida, mas não é venenosa.

Concursos ofertam 45,5 mil vagas


     Os salários chegam a R$ 23.826,57 no Senado Federal
         Com informações do CORREIO
Pelo menos 142 concursos públicos em todo o país estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (30) e reúnem 45.500 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 23.826,57 no Senado Federal. Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva, ou seja, os aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso. Só na Secretaria de Estado da Educação do Rio Grande do Sul são 10 mil vagas. Já na Prefeitura de Magé (RJ) são 2.354 vagas. No caso do INSS, são 1.875 oportunidades. 
Os órgãos que abrem as inscrições nesta segunda-feira para 3.456 vagas são os seguintes: Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo, Companhia Docas do Rio de Janeiro, Prefeitura de Afuá (PA), Prefeitura de Bacabeira (MA), Prefeitura de Cabaceiras do Paraguaçu (BA), Prefeitura de Guareí (SP), Prefeitura de Ilha Solteira (SP), Prefeitura de Ijuí (RS), Prefeitura de Itacarambi (MG), Prefeitura de Porto Ferreira (SP), Prefeitura de Rio Branco, Prefeitura de Sumaré (SP) e Secretaria de Saúde de Goiás.

Instituição/Órgão
Prazo
 
Vagas
Salário máximo
Escolaridade
Local de trabalho
Edital
Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina
16/02
   137
R$ 9.752,37
nível médio e superior
Rio de Janeiro
Banco do Brasil
14/02
cadastro
R$ 1.408
nível médio
Alagoas, Bahia, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, São Paulo e Tocantins
Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo
16/02/
4 e cadastro
R$ 3.169,45
nível superior
Espírito Santo
Brigada Militar do Rio Grande do Sul
31/01
2,1 mil
R$ 4.780,83
nível médio e superior
Rio Grande do Sul
Câmara de Vereadores de Teresina
03/02
36
R$ 7.460,68
nível médio e superior
Teresina
Casa da Moeda do Brasil
31/01
1.015
R$ 3.592,98
nível médio e superior
Rio de Janeiro
Companhia Docas do Rio de Janeiro
26/02
12
R$ 4.302,79
nível médio e superior
Rio de Janeiro
Companhia de Habitação de Londrina (PR)
16/02
13
R$ 4.251,03
nível médio e superior
Londrina (PR)
Companhia Paranaense de Gás
03/02
21
R$ 5.287
todos os níveis
Paraná
Conselho Federal de Medicina
20/02
7 e cadastro
R$ 7.830,65
nível médio, técnico e superior
Brasília
Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia
16/03
24 e cadastro
R$ 2.679,50
todos os níveis
Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campo Grande, Cuiabá, Florianópolis, Fortaleza, Manaus, Recife, Salvador e Vitória
Conselho Regional de Enfermagem de Minas Gerais
31/01
8 e cadastro
R$ 3.700
nível médio, técnico e superior
Belo Horizonte, Montes Claros e Uberaba
Conselho Regional de Enfermagem do Rio Grande do Norte
27/02
26 e cadastro
R$ 2.798
nível médio e superior
Rio Grande do Norte
Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Amazonas
16/02
38
R$ 4.905
nível médio, técnico e superior
Amazonas
Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo
10/02
2 e cadastro
R$ 1.567,90
nível médio
São Paulo e Adamantina
Conselho Regional de Farmácia de Tocantins
16/03
7 e cadastro
R$ 1.452
nível fundamental e médio
Palmas e Araguaína
Conselho Regional de Psicologia da 6ª Região (São Paulo)
24/02
12 e cadastro
R$ 3.784,57
nível médio e superior
São Paulo, Assis, Bauru, Campinas, Santo André, Santos, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Sorocaba e Taubaté
Conselho Regional de Psicologia da 14ª Região (Mato Grosso do Sul)
16/03
1 e cadastro
R$ 1.663
nível médio e superior
Campo Grande
Corpo de Bombeiros do Amapá
05/02
230
R$ 4.461,57
nível superior
Amapá
Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro
24/02
27
não informado
nível superior em direito
Rio de Janeiro
Departamento de Trânsito (Detran) do Rio de Janeiro
02/02
96
R$ 2.315
nível superior
Rio de Janeiro
Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco
17/02
177
R$ 875,21
nível fundamental e médio
Rio Branco
Empresa Pública de Transporte e Circulação de Porto Alegre
03/02
22
R$ 4.919,84
todos os níveis
Porto Alegre
Fundação Catarinense de Educação Especial
06/03
185 e cadastro
R$ 1.248
todos os níveis
Santa Catarina
Fundação Instituto da Pesca do Estado do Rio de Janeiro
12/02
31
R$ 2.801,85
nível técnico e superior
 
Rio de Janeiro
Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina
16/02
190
não informado
nível técnico, médio e superior
Santa Catarina
Fundação Parque Zoológico de São Paulo
31/01
66
R$ 3.368
todos os níveis
Araçoiaba da Serra e São Paulo (SP)
Fundação de Proteção Especial do Rio Grande do Sul
06/02
230
R$ 2.754,17
todos os níveis
Porto Alegre, Uruguaiana e Taquari
Fundação de Saúde de Rio Claro (SP)
31/01
67
R$ 7.291
todos os níveis
Rio Claro (SP)
Fundação Instituto Tecnológico de Osasco (SP)
26/02
78
R$ 1.388,44
nível fundamental e médio
Osasco (SP)
Guarda Municipal de Belém
23/02
272
R$ 2.583,80
nível médio
Belém
Indústria de Material Bélico do Brasil (1)
06/02
cadastro de reserva
R$ 3.470,02
todos os níveis
Brasília, Piquete, Itajubá, Juiz de Fora, Rio de Janeiro e Magé
Indústria de Material Bélico do Brasil (2)
22/02
cadastro de reserva
R$ 3.083,07
nível superior em ciências contábeis
Brasília, Piquete (SP), Itajubá (MG), Juiz de Fora (MG), Rio de Janeiro e Magé (RJ)
Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe) de São Paulo
13/02
241
R$ 3.951
nível médio e superior
São Paulo
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará
03/02
108
R$ 2.989,33
todos os níveis
Acaraú, Aracati, Baturité, Camocim, Canindé, Caucaia, Cedro, Crateús, Crato, Fortaleza, Iguatu, Jaguaribe, Juazeiro do Norte, Limoeiro do Norte, Maracanaú, Morada Nova, Quixadá, Reitoria, Sobral, Tabuleiro do Norte, Tauá, Tianguá, Ubajara e Umirim
Instituto Rio Branco
12/02
30
R$ 12.962,12
nível superior
Brasília
Polícia Militar de São Paulo
30/01
1.992
R$ 1.090
nível fundamental
São Paulo
Prefeitura de Afuá (PA)
10/02
1.179
R$ 5.000
todos os níveis
Afuá (PA)
Prefeitura de Alto Taquari (MT)
05/02
cadastro de reserva
R$ 3.530,70
todos os níveis
Alto Taquari (MT)
Prefeitura de Anamã (AM)
03/02
215
R$ 4 mil
todos os níveis
Anamã (AM)
Prefeitura de Angical (BA)
03/02
145
R$ 4 mil
todos os níveis
Angical (BA)
Prefeitura de Angicos (RN)
05/02
170
R$ 8.000
todos os níveis
Angicos (RN)
Prefeitura de Ariquemes (RO)
02/02
530
R$ 5.602,80
todos os níveis
Ariquemes (RO)
Prefeitura de Bacabeira (MA)
12/02
831
R$ 2.500
todos os níveis
Bacabeira (MA)
Prefeitura de Barra do Turvo (SP)
31/01
161
R$ 8.000
todos os níveis
Barra do Turvo (SP)
Prefeitura de Belford Roxo (RJ)
19/02
1.499
R$ 5.000
nível médio/ técnico e superior
Belford Roxo (RJ)
Prefeitura de Belo Horizonte (MG)
24/02
117
R$ 6.503,52
nível superior
Belo Horizonte (MG)
Prefeitura de Bertioga (SP) (1)
10/02
4
R$ 2.573,44
nível superior em direito
Bertioga (SP)
Prefeitura de Bertioga (SP) (2)
21/02
17 e cadastro
R$ 2.573,43
todos os níveis
Bertioga (SP)
Prefeitura de Breu Branco (PA)
04/02
779
R$ 5.450
todos os níveis
Breu Branco (PA)
Prefeitura de Breves (PA)
17/02
520
R$ 622
nível fundamental
Breves (PA)
Prefeitura de Cabaceiras do Paraguaçu (BA)
10/02
168
R$ 3.000
todos os níveis
Cabaceiras do Paraguaçu (BA)
Prefeitura de Caçador (SC)
22/02
116 e cadastro
R$ 11 mil
todos os níveis
Caçador (SC)
Prefeitura de Cachoeira de Piriá (PA)
05/02
539
R$ 2.830
todos os níveis
Cachoeira de Piriá (PA)
Prefeitura de Campinas (SP)
30/01
327
R$ 5.496,55
todos os níveis
Campinas (SP)
Prefeitura de Campo Mourão (PR)
08/02
431
R$ 8.000
todos os níveis
Campo Mourão (PR)
Prefeitura de Ceará-Mirim (RN)
16/02
412
R$ 2.500
todos os níveis
Ceará-Mirim (RN)
Prefeitura de Corrente (PI)
06/02
262
R$ 8.500
todos os níveis
Corrente (PI)
Prefeitura de Cubatão (SP)
06/02
83 e cadastro
R$ 1.419,43
nível médio/técnico e superior
Cubatão (SP)
Prefeitura de Cuiabá
16/02
743
R$ 6.572
todos os níveis
Cuiabá
Prefeitura de Eldorado (SP)
07/02
70
R$ 3.400
todos os níveis
Eldorado (SP)
Prefeitura de Embu-Guaçu (SP)
31/01
507
R$ 8.480
todos os níveis
Embu-Guaçu (SP)
Prefeitura e Câmara de Espírito Santo do Dourado (MG)
23/02
82
R$ 7.750
todos os níveis
Espírito Santo do Dourado (MG)
Prefeitura de Goiânia
16/02
1.021
R$ 1.046
nível fundamental
Goiânia
Prefeitura de Guapimirim (RJ)
29/02
476
R$ 1.392
nível médio e superior
Guapimirim (RJ)
Prefeitura de Guareí (SP)
09/02
128
R$ 5.434
todos os níveis
Guareí (SP)
Prefeitura de Ibiraci (MG)
31/01
50 e cadastro
R$ 6.002,87
todos os níveis
Ibiraci (MG)
Prefeitura de Igarapé Grande (MA)
31/01
108
R$ 3.200
todos os níveis
Igarapé Grande (MA)
Prefeitura de Ijuí (RS)
12/02
57
R$ 6.213,12
todos os níveis
Ijuí (RS)
Prefeitura de Ilha Solteira (SP)
10/02
62
R$ 10.113,19
todos os níveis
lha Solteira (SP)
Prefeitura de Imperatriz (MA)
05/02
105
R$ 941,76
nível superior
Imperatriz (MA)
Prefeitura de Inajá (PE)
03/02
126
R$ 5.500
todos os níveis
Inajá (PE)
Prefeitura de Inhapi (AL)
16/02
449
R$ 1.800
todos os níveis
Inhapi (AL)
Prefeitura de Ipatinga (MG)
16/02
278
R$ 3.254,28
todos os níveis
Ipatinga (MG)
Prefeitura de Ipumirim (SC)
24/02
78
R$ 12 mil
todos os níveis
Ipumirim (SC)
Prefeitura de Itacarambi (MG)
05/02
152
R$ 2 mil
todos os níveis
Itacarambi (MG)
Prefeitura de Itapevi (SP)
05/02
75
R$ 1.712,62
nível fundamental e médio
Itapevi (SP)
Prefeitura de Itarana (ES)
03/02
286
R$ 1.854,92
todos os níveis
Itarana (ES)
Prefeitura de Japonvar (MG)
17/02
146
R$ 3.000
todos os níveis
Japonvar (MG)
Prefeitura de Joinville (SC)
14/02
14 e cadastro
R$ 7.401,74
todos os níveis
Joinville (SC)
Prefeitura de Juazeiro (BA)
20/02
587
R$ 7.688,35
nível médio e superior
Juazeiro (BA)
Prefeitura de Lagoa da Prata (MG)
09/02
86
R$ 7.850
todos os níveis
Lagoa da Prata (MG)
Prefeitura de Londrina (PR)
05/02
260
R$ 909,22
nível fundamental
Londrina (PR)
Prefeitura de Maceió
10/02
289
R$ 1.175,28
todos os níveis
Maceió
Prefeitura de Magé (RJ)
02/02
2.354
R$ 2.700
todos os níveis
Magé (RJ)
Prefeitura de Mangaratiba (RJ)
05/02
127
R$ 1.474,31
todos os níveis
Mangaratiba (RJ)
Prefeitura de Maravilha (AL)
08/02
431
R$ 2.300
todos os níveis
Maravilha (AL)
Prefeitura de Matupá (MT)
06/02
144
R$ 7.500
todos os níveis
Matupá (MT)
Prefeitura e Serviço de Autônomo de Águas e Esgoto de Mineiros (GO)
04/02
193
R$ 5.028,84
todos os níveis
Mineiros (GO)
Prefeitura de Monte Mor (SP)
08/02
140
R$ 3.429,15
todos os níveis
Monte Mor (SP)
Prefeitura de Navegantes (SC)
14/02
264
R$ 8.500
todos os níveis
Navegantes (SC)
Prefeitura de Nova Fátima (PR)
06/02
109
R$ 4 mil
todos os níveis
Nova Fátima (PR)
Prefeitura de Nova Ubiratã (MT)
12/02
159
R$ 7.883,51
todos os níveis
Nova Ubiratã (MT)
Prefeitura de Paraguaçu (MG)
31/01
136
R$ 2.450,87
todos os níveis
Paraguaçu (MG)
Prefeitura de Peruíbe (SP)
31/01
226
R$ 1.968
todos os níveis
Peruíbe (SP)
Prefeitura de Pompéu (MG)
14/02
75
R$ 3.383,71
todos os níveis
Pompéu (MG)
Prefeitura de Ponta Grossa (PR)
23/02
84
R$ 8.039,40
todos os níveis
Ponta Grossa (PR)
Prefeitura de Ponte Nova (MG)
09/02
286
R$ 2.867,85
todos os níveis
Ponte Nova (MG)
Prefeitura de Porto Alegre
12/02
21
R$ 11.514,45
nível técnico e superior
Porto Alegre
Prefeitura de Porto Amazonas (PR)
31/01
59
R$ 8.500
todos os níveis
Porto Amazonas (PR)
Prefeitura de Porto Ferreira (SP)
10/02
52
R$ 1.038
todos os níveis
Porto Ferreira (SP)
Prefeitura de Presidente Dutra (MA)
10/02
319
R$ 3.270
todos os níveis
Presidente Dutra (MA)
Prefeitura de Registro (SP)
07/02
100
R$ 785,70
nível fundamental
Registro (SP)
Prefeitura de Rio Branco
26/02
732
R$ 647,03
nível fundamental
Rio Branco
Prefeitura de Salgueiro (PE)
23/02
184
R$ 5.582,99
todos os níveis
Salgueiro (PE)
Prefeitura de Salto do Jacuí (RS)
12/02
103
R$ 3.596,34
todos os níveis
Salto do Jacuí (RS)
Prefeitura de Santa Cecília (PB)
03/02
62
R$ 1.500
todos os níveis
Santa Cecília (PB)
Prefeitura de Santa Luzia (MG)
10/02
60
R$ 1.020
nível médio
Santa Luzia (MG)
Prefeitura de São José dos Campos (SP)
24/02
279
R$ 6.792,72
todos os níveis
São José dos Campos (SP)
Prefeitura de São José dos Ramos (PB)
03/02/12
193
R$ 6.730
todos os níveis
São José dos Ramos (PB)
Prefeitura de São Mateus do Sul (PR)
15/02
121
R$ 10.843,73
todos os níveis
São Mateus do Sul (PR)v
Prefeitura de Sobral (CE)
10/02
160
R$ 693
nível superior
Sobral (CE)
Prefeitura de Sumaré (SP)
17/02
22 e cadastro
R$ 13,49  hora/aula
nível superior
Sumaré (SP)
Prefeitura de Tatuí (SP)
05/02
87
R$ 2.959,35
todos os níveis
Tatuí (SP)
Prefeitura de Turmalina (MG)
15/02
244
R$ 3.380
todos os níveis
Turmalina (MG)
Prefeitura de Ubaí (MG)
17/02
158
R$ 2.500
todos os níveis
Ubaí (MG)
Prefeitura e Câmara de Uruoca (CE)
10/02
129
R$ 8.000
todos os níveis
Uruoca (CE)
Prefeitura de Varginha (MG)
10/02
212
R$ 3.780,20
todos os níveis
Varginha (MG)
Prefeitura de Viçosa (AL)
13/02
184
R$ 2 mil
todos os níveis
Viçosa (AL)
Prefeitura de Vila Velha (ES)
12/02
603
R$ 1.208,04
nível superior
Vila Velha (ES)
Prefeitura de Vitória (1)
06/02
76
R$ 4.803,20
todos os níveis
Vitória
Prefeitura de Vitória (2)
26/02
24 e cadastro
R$ 702,88
nível fundamental
Vitória
Prefeitura de Vitorino Freire (MA)
24/02
414
R$ 7.530
todos os níveis
Vitorino Freire (MA)
Procuradoria Geral do Estado do Acre
01/03
6
não informado
nível superior
Acre
São Paulo Obras
02/02
150
R$ 10.211,01
nível médio/ técnico e superior
São Paulo
Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos do Rio de Janeiro
30/01
95
R$ 3 mil
nível médio e superior
Rio de Janeiro
Secretaria de Estado da Educação do Rio Grande do Sul
03/02
10 mil
R$ 1.186,62
nível médio e superior
Rio Grande do Sul
Secretaria de Obras Públicas, Irrigação e Desenvolvimento Urbano do Rio Grande do Sul
03/02
54
R$ 2.720,37
nível superior
Rio Grande do Sul
Secretaria Municipal de Educação de Belém
01/02
1.288
R$ 1.467,57
nível superior
Belém
Secretaria de Saúde de Goiás
03/02
57
R$ 1.807,39
nível superior
Goiás
Secretaria do Trabalho, Emprego e Economia Solidária do Paraná
02/02
115
R$ 2.685,55
nível médio e superior
Paraná
Senado Federal
05/02
246
R$ 23.826,57
nível médio e superior
Brasília (DF)
Serviço Social de Saúde do Acre
10/02
837 e cadastro
R$ 15.750
todos os níveis
Acre
Terminais Aéreos Maringá (PR)
14/02
cadastro de reserva
R$ 2.714,52
nível médio
Maringá (PR)
Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás
26/02
145
R$ 5.542,30
nível médio e superior
Goiás
Tribunal de Justiça da Bahia
24/02
99
R$ 18.335,82
nível superior em direito
Bahia
Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro
06/02
284
R$ 4.647,33
nível médio e superior
Rio de Janeiro
Tribunal de Justiça de Santa Catarina
09/02
198
remuneração de acordo com os serviços prestados
nível superior em direito
Santa Catarina
Tribunal Regional Federal da 2ª Região (Rio de Janeiro e Espírito Santo)
07/02
cadastro de reserva
R$ 6.551,52
nível médio e superior
Rio de Janeiro e Espírito Santo
Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região (Mato Grosso do Sul)
22/02
3
não informado
nível superior em direito
Mato Grosso do Sul
Universidade Estadual do Piauí
03/02
250
R$ 957,24
nível médio e superior
Piauí
Universidade Federal do Amazonas
31/01
102
R$ 3.016,52
nível superior
Amazonas