Exclusivo!

Novo Triunfo é a cidade mais pobre do Brasil

Novo Triunfo é a cidade mais pobre do Brasil (foto: Google) Ser Nordeste duas vezes não é fácil. Nossa região está localizada no Norde...

Novidade

sábado, 28 de julho de 2012

Zelito Ribeiro tem candidatura barrada pela Justiça Eleitoral


     José Ribeiro da Silva, o Zelito Ribeiro, do PDT de Cícero Dantas, coligação Unidos por uma Cícero Dantas melhor, teve sua candidatura considerada inapta pelo juiz da 82ª Zona Eleitoral, Dr. Antônio Fernando de Oliveira. Na sentença detalhada, o magistrado afirma que não houve impugnação à candidatura do vice-prefeito da chapa, Rogério Oliveira de Carvalho, mas contra Zelito havia reclamação da coligação Luta, Trabalho, Progresso, Liberdade e Cidadania para Cícero Dantas, que tem como candidato a prefeito Helânio Calazans.
     Toda questão está relacionada a uma sentença transitada em julgado, datada de 2009, que retira os direitos políticos do ex-prefeito por oito anos e não cabe mais recurso. Portanto Zelito Ribeiro está inelegível até 2017 por improbidade administrativa. Não há nenhuma relação com a Lei Ficha Limpa, que trata de condenações a partir de 2010. É caso definitivo. A decisão está datada de 26 de Julho e os advogados da coligação devem recorrer, mas não há saída jurídica.
     Se não há solução, por que Zelito insiste com a candidatura? É que falta mudança de mentalidade nas velhas e carcomidas lideranças políticas de nossa região. Zelito aposta na desinformação do povo. Vende esperança por uma ideia estapafúrdia e isto não cabe mais nas nossas cidades. O povo da nossa região Nordeste tem evoluído muito, mas os políticos insistem nas velhas práticas, apostando na ignorância e na falta de conhecimento.
     Fosse um líder consciente, Zelito reunia o seu grupo e escolheria o melhor para representar a coligação como candidato a prefeito. Só há três meses de campanha. Não se pode perder tempo com jogadas ultrapassadas. Em Heliópolis, certa feita, um prefeito insistiu em lançar a esposa como candidata, afrontando a Lei Eleitoral. A ideia era que o nome ficasse impresso na cédula até o dia da eleição, mesmo que outro candidato estivesse concorrendo. Não deu outra: perdeu a eleição.
     Enquanto Zelito insiste, achando que o seu nome é imbatível e indo contra todos os prognósticos comuns, Helânio Calazans Oliveira, o adversário apoiado pelo atual prefeito Weldon, ganha terreno e pode ter sua vida mais facilitada para ser o vencedor no pleito de 7 de Outubro. E é bom que se diga: não é só Zelito que tem que mudar sua mentalidade, a maioria esmagadora dos agentes políticos de Cícero Dantas precisa urgentemente olhar para o futuro. Não cabem mais certas ações num processo eleitoral. Cícero Dantas e o seu povo não merecem mais ser tão maltratados.