Exclusivo!

Poucas & Boas 2017.3

2020 já começou? Alguns políticos de Heliópolis precisam saber que 2020 só começa após 2018. Ou seja, os resultados de 2018 podem in...

Novidade

domingo, 10 de junho de 2012

Gama e Adilson podem formar a chapa da oposição em Heliópolis


Adilson Barbosa
Gama Neves
Depois de uma semana de articulações, pesquisas e conversas de bastidores, numa reunião no último sábado (09), na casa de Dãozinho do Arrozal, parece que a oposição deu um passo mais sólido em busca da consolidação dos nomes que formarão a chapa definitiva para concorrer no pleito do dia 7 de Outubro. A atração principal da reunião foi Idelfonso Fonseca – o Ildinho. Ele tomou a palavra e disse que não queria ser candidato e retirava seu nome definitivamente do jogo. Deixou claro também que tinha preferência pelo nome de Gama Neves e disse a Adilson Barbosa que o filho do ex-prefeito poderia ser o nome para vice-prefeito. Apresentou, portanto, a chapa Gama e Adilson, a mesma que já havia sido apresentada pelo PPS como uma das oito opções.
Diante do quadro, Zélia Maranduba também retirou sua candidatura e manifestou apoio à chapa. Assim, Restam apenas para definir apoio o próprio Adilson Barbosa, que ficou de dar a resposta se aceitava ou não a vice; Tiago Andrade – que manifestou apoio, mas disse que a participação na campanha depende da situação do vereador Renilson (todos diziam que ele não tinha nada a ver com a situação do atual vereador!) e Zé do Sertão que, segundo fontes que o apoiam, está zangado e não conversa mais em reunião, inclusive estava ausente. O ex-prefeito quer apenas “conversas particulares” e já afirmou que será candidato e não abre mão.
Diante disso, mesmo não estando presentes a vereadora Ana Dalva e o professor Landisvalth Lima, o presidente do PR, Raimundo Lima, também representando o PPS, fechou apoio, só deixando a vaga de vice aberta. Caso Adilson aceite, o PPS é a favor da chapa, até porque já tinha apresentado este mesmo formato em outra ocasião. “Ana Dalva não se importa em disputar novamente a vereança, desde que haja apoio de todos à nova chapa.”, disse Raimundo. A missão de Gama Neves é ir a busca dos dissidentes. “E isso só posso fazer se o Adilson confirmar o convite de ser meu vice. Aí vou conversar com os que estão ainda fora do acordo.”, disse Gama Neves.
Vando em Heliópolis 
O deputado estadual Vando, do PSC, fez uma visita hoje a Heliópolis. Ele estava sendo esperado no último domingo, no encontro que houve na casa de Ildinho. A chegada do deputado pode jogar terra na chapa aqui anunciada. É que Roberto da Farmácia, que parece não ter aceitado a desistência de Ildinho Fonseca, ameaça agora em ir para os braços do PCdoB, indicando Ivan Fonseca – filho de Ildinho - para vice na chapa governista. É mais um problema que Gama Neves terá que resolver. Se a oposição está se reunindo para treinar como não cumprir acordos, é melhor que cada tribo lance o seu cacique. A existência de muitos candidatos é até bom para a democracia. Só assim o povo terá mais opções de escolha e ninguém precisa mais fingir.