Exclusivo!

A corrupção bolivariana do PT

Gleisi Hoffmann aposta no Brasil como uma Venezuela (foto:Wenderson Araújo)       A senadora Gleisi Hoffmann não é apenas a representa...

Novidade

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Paralisação dos professores continua e mães receberão flores


Os professores da rede estadual de ensino decidiram manter a greve da categoria, em assembleia realizada na manhã desta quinta-feira (10), 30º dia de paralisação na Bahia. O movimento será mantido pelo menos até a próxima terça (15), quando os docentes voltam a se reunir para discutir os rumos do movimento. Até lá, no entanto, os grevistas têm uma agenda cheia pela frente. Na noite desta quinta e no próximo domingo (13), os docentes farão um panfletaço no Estádio de Pituaçu, em Salvador, que será palco da partida do Esporte Clube Bahia contra a Portuguesa, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, e do clássico BA-VI, que vale o título do campeonato baiano. Já no sábado (12), a partir das 10h, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB) promove um ato simbólico em homenagem ao Dia das Mães. “Vamos distribuir rosas para chamar a atenção para a situação das professoras que tiveram os salários cortados e vão passar o dia das Mães sem dinheiro”, contou o presidente da entidade, Rui Oliveira, que viaja esta noite para Brasília onde participa de uma reunião na sede do Ministério da Educação (MEC). Antes disso, ele participa de um encontro com o arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, que tentará mediar as negociações entre professores e o governo do Estado.
Informações do Bahia Notícias.