Exclusivo!

Poucas & Boas 2017.3

2020 já começou? Alguns políticos de Heliópolis precisam saber que 2020 só começa após 2018. Ou seja, os resultados de 2018 podem in...

Novidade

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

João Dias recebeu 200 mil para ficar calado


O algoz do ex-ministro do Esporte, Orlando Silva (PC do B), o soldado da policia militar João Dias Ferreira (foto), teria recebido em sua casa na terça-feira (6) um total de R$ 200 mil em dinheiro para ficar calado. Segundo informa o advogado André Luiz Figueira Cardoso, que defende o delator das supostas cobranças de propinas em convênios da pasta, que acabou derrubando o ministro, o dinheiro foi enviado por emissários do governo do Distrito Federal. Segundo ele, em entrevista ao jornal O Globo, o dinheiro seria uma espécie de "cala boca", já que as denúncias respingam no atual governador do DF, Agnelo Queiroz (PT). Agnelo antecedeu Orlando Silva no comando do Ministério do Esporte e também é acusado de se beneficiar de um esquema de corrupção na pasta. João Dias foi detido nesta quarta dentro do Palácio Buriti, sede do governo do Distrito Federal, por suposta agressão. Segundo o advogado, o soldado teria ido procurar o secretário de Governo, Paulo Tadeu, para devolver o dinheiro, e acabou discutindo com seguranças. A emenda dos acusados está saindo pior que o soneto!
Informações do Bahia Notícias.