Exclusivo!

Juiz recebe 500 mil de salário. Direito ou privilégio?

Mirko Vincenzo Giannotte recebeu 503 mil em salários. Direito ou privilégio? A pressa em divulgar uma notícia pode levar um jornalista ...

Novidade

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Com o assassinato de Baiuca, vereança passa a ser atividade de risco em Pedro Alexandre


Adairton Nunes (Baiuca).Vereador assassinado

O vereador Adairton Nunes de Jesus, conhecido por Baiuca, (PTN), 47 anos, da Câmara Municipal de Pedro Alexandre, no nordeste da Bahia, foi assassinado na tarde desta quarta-feira (7) na zona rural da cidade. Segundo informações da polícia, o edil estava na garupa de uma motocicleta quando foi pego em uma emboscada por volta das 16h por um homem em outra moto. O piloto que dava carona a Adairton também foi executado. Ele ainda não foi identificado pela polícia. Segundo os investigadores, Adairton saia da casa de irmãos no povoado de Malhada Nova de carona com o motociclista para voltar para casa, no povoado de Lagoa dos Poços. Os corpos do vereador e da outra vítima foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Paulo Afonso. Segundo o delegado Maurílio de Araújo, ainda é cedo para saber o que teria motivado a execução.
José Adilson. Vereador assassinado em 2010.
Este é o terceiro vereador de Pedro Alexandre morto nesta legislatura e o segundo assassinado. O outro executado foi José Adilson Santos Melo (PRB), 36 anos, assassinado na noite de sexta-feira (21 de maio de 2010). Por volta das 19h daquele dia, dois criminosos armados com espingarda calibre 12, encapuzados, entraram em um salão de jogos onde estava o vereador, que foi atingido por dois tiros. De acordo com testemunhas, os presentes foram ordenados a se afastarem. Segundo o delegado Hidelbrando Alves, que era o responsável pela apuração do crime na época, ainda não havia pistas que levassem aos autores do homicídio, nem a motivação do crime.
Valgone Costa. Vereador morto em acidente
Outro edil de Pedro Alexandre que perdeu a vida, desta vez num acidente, foi o odontólogo Valgone Costa Bezerra (PTN). Morreu em acidente na BR-235, às 18h15 da segunda-feira, 27 de Setembro de 2010. A moto que o vereador conduzia colidiu com um caminhão não identificado, nas proximidades do povoado Boa Sorte, no trecho da rodovia que liga os municípios de Jeremoabo a Carira, em Sergipe. O vereador morreu na hora. Ele estava saindo da cidade de Coronel João Sá com destino a Pedro Alexandre. Valgone foi eleito na ultima eleição com 371 votos e na época era o cotado para ser o presidente da Câmara Municipal para o biênio 2011/2012. Valgone tinha 51 anos e foi casado com a enfermeira Lúcia Bezerra, a então diretora do Departamento de Vigilância à Saúde da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, com a qual teve três filhas.  
José Milton. Vereador de Caculé assassinado
Não faz muito tempo, desta vez em Caculé, no centro-sul baiano, José Milton Gonçalves, 49, vereador daquele município, foi assassinado a tiros no fim da noite do domingo, 31 de Outubro deste  ano,  em uma rodovia do estado de Minas Gerais. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) o edil estava em um carro, um Toyota Corolla, com dois amigos no trevo entre a BR-262 e a BR-452, próximo ao município de Araxá, no Triângulo Mineiro. O comerciante Leoni de Almeida Saraiva, estava com a vítima dentro do carro. Ele orientou a polícia durante o processo de reconstituição. A testemunha conta que toda a ação ocorreu de uma forma muito rápida. “Saímos da BR 452 e entramos na BR 262, quando de repente o carro nos abordou. Foi tudo muito rápido. Para mim tinham pelo menos três homens no carro, um deles saiu, encapuzado e atirou. O motorista do carro dirigiu ainda por dois quilômetros, quando ele viu que não conseguiria, eu peguei e direção e voltei para a cidade procurando hospital. Mas, foi tarde, logo depois de dar entrada ele veio a falecer”. Como se vê, a atividade de vereador está se transformando em algo de extremo perigo na Bahia, principalmente no município de Pedro Alexandre.
Fontes e fotos: Bahia Notícias, Correio, Joilson Costa, Adustina.net, Diário Sintonia, Carlino Souza, Ozildo Alves e Paulo Afonso Notícias.