Novidade

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Bahia é o campeão de favelados


     A Bahia é o estado nordestino com o maior número de pessoas (970.940) que vivem em aglomerados subnormais, nome técnico dado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para definir locais como favelas, invasões e comunidades com, no mínimo, 51 domicílios. A organização divulgou esse e outros números nesta quarta-feira (21) como uma complementação ao Censo 2010, do final de abril de deste ano. A região Nordeste é a segunda com maior número de moradores em comunidades carentes. O mesmo levantamento mostra que 11.425.544 pessoas – o que equivale a 6% da população brasileira – vivem atualmente nos chamados aglomerados subnormais. O contingente populacional corresponde a uma população inteira de Portugal ou mais de três vezes a do Uruguai.
     Informações do Bahia Notícias. Foto: Alex Robinson.