Exclusivo!

Poucas & Boas 2017.3

2020 já começou? Alguns políticos de Heliópolis precisam saber que 2020 só começa após 2018. Ou seja, os resultados de 2018 podem in...

Novidade

domingo, 13 de novembro de 2011

Presidente da OAB recebe salário ilegal há 13 anos


O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Figueiras Cavalcante Júnior (foto), é acusado através de uma ação civil pública de receber cerca de R$ 1,5 milhão através de salário ilegal pago pelo governo do Pará. A denúncia pede o ressarcimento do valor de treze anos do ordenado de R$ 20 mil pago e foi proposta por dois advogados paraenses. De acordo com os causídicos, Ophir está de licença remunerada do Estado há 13 anos, o que não seria permitido pela legislação estadual. Neste período, ele advogou para clientes privados e empresas estatais. A denúncia cria uma crise para a OAB, que costumeiramente se posiciona em tom crítico às denúncias de corrupção nos três poderes.
Informações da Folha de São Paulo com redação do Bahia Notícias.