Exclusivo!

Lula aposta no convencimento da mentira

Novidade

domingo, 13 de novembro de 2011

Mudança de discurso: Zé Dirceu critica luta contra corrupção


O ex-deputado e ex-ministro José Dirceu (foto), réu no processo do mensalão que deverá ser julgado no próximo ano, criticou, neste domingo (13), durante o 2º Congresso da Juventude do PT, em Brasília, o que considera como "luta moralista contra a corrupção". Para uma plateia de centenas de militantes, o petista afirmou que ações semelhantes às dos movimentos que têm cobrado o combate aos atos ilícitos dos políticos levaram Jânio Quadros e Fernando Collor à Presidência da República. “Nossa luta tem que remontar o passado. Nas duas vezes em que houve lutas moralistas contra a corrupção deu no Jânio e no Collor, um renunciou e o outro sofreu impeachment", comparou. Segundo ele, a intenção das denúncias contra o governo federal, que resultaram na queda de seis ministros da gestão de Dilma Rousseff, é atacar o Palácio do Planalto, pois a pressão à administração do PSDB em São Paulo seria menor. "Quando dizem que tem de responsabilizar o ministro e o partido por problemas no ministério, então tem que se responsabilizar o PSDB, o Geraldo Alckmin e o José Serra pelo escândalo das emendas em São Paulo", apontou. Ao final do discurso de cerca de 30 minutos, o secretário nacional da Juventude do PT, Valdemir Pascoal, entregou a Dirceu uma camiseta em apoio a ele. "Não aceitamos golpe. A Juventude do PT está aqui para dizer que é tudo mentira", falou o jovem dirigente, sobre as acusações contra o ex-parlamentar. Acreditem: este discurso aconteceu num congresso de jovens do Partido dos Trabalhadores. Onde vamos parar?
Informações do Bahia Notícias.